terça-feira, 2 de março de 2021

Olhar que reside no coração

... 

O teu olhar mora dentro do meu coração
Teu corpo é a fonte do meu pensamento
O teu sorriso a causa da minha emoção
Os teus lábios a flor do meu sentimento
.
São as tuas palavras a voz que me embala
Sendo a luz que ilumina o meu caminho
O teu amor a pétala de uma flor que exala
Todo o aroma que ressalta do teu carinho
.
Gostava de marear nas ondas do teu amor
Seres no meu jardim, a mais sedutora flor
Que ondulasse perante a música do vento
.
Mostrando que o amor não é só queixume
Que pode ardejar no coração, como lume
Não devendo ser lembrado como lamento

..........................................

Citação minha
.
"" O amor é como o vento. Pode mudar a qualquer instante. ""
.
"" R y k @ r d o ""
.

66 comentários:

  1. Mais uma linda poesia e citação tua!abraços, lindo MARÇO! chica

    ResponderEliminar
  2. Oi Ricardo, bom dia!
    Que bom um começo de semana com esse poema lindo. Aproveito p/desejar uma semana abençoada p/vcs.
    Bjss amigo

    ResponderEliminar
  3. Gostei do poema. Não acredito que o amor seja como o vento.
    Abraço, saúde e um bom mês de Março

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amiga Elvira Carvalho

      Pensemos um pouco

      - O Vento não muda a qualquer momento? ( mais forte - menos forte)
      - O Amor não muda a qualquer momento? (mais forte - menos forte)

      - O vento que se faz sentir não pode deixar acontecer a qualquer momento?
      - O amor que se sente não pode deixar de se sentir a qualquer momento?

      - Ambos ( vento e amor ) não podem partir e voltar novamente a qualquer momento?

      Pergunto: Não serão análogos numa questão de mudança?

      Retribuindo o abraço, os votos de Saúde, e de um feliz mês de Março

      Eliminar
    2. Grata pela resposta, mas não me convence. O vento tão depressa sopra como morre. Um amor que assim morre de um momento para o outro não é amor. Tão depressa está norte como sul, sueste, ou nordeste. O amor não é um catavento. Pelo menos para mim não o é, embora o pensamento seja livre e cada qual pensa como quer ou sente.
      Abraço e saúde, com vento ou sem ele, mas com muito amor.

      Eliminar
    3. Amiga Elvira Carvalho

      E eu respeito totalmente a sua opinião. Sem mais, grato pela simpática resposta.
      Receba um abraço carinhoso e respeitoso

      O vento não sendo eterno
      Nasce e morre no Inverno
      Como morre e nasce no verão
      Como um amor sentido e jurado
      Nasce e morre em sorriso dado
      Como morre e nasce no coração

      Eliminar
  4. Bom dia, com boa poesia (rimei!).
    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. El amor es tan delicado que el viento lo puede romper. Un fuerte abrazo !!

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Ricardo.
    Por mais um poema lindíssimo o amor é mesmo assim muitas vezes é mesmo como o vendo mas isso é uma outra história um beijo do fundo do meu coração.

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito do teu poema!
    Quanto à citação não concordo. O vento que o leva volta a trazê-lo...Se for verdadeiro!
    *
    Um brinde a mais um dia vivido, ao sol posto
    *
    Uma excelente semana
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A citação NÂO diz que o vento que leva o amor não o volta a trazer. Por esse prisma entenda-se que:
      - O Vento vai e volta. O Amor vai e volta....Não serão nesse sentido análogos/iguais?

      O Vento não muda a qualquer momento? ( mais forte - menos forte)... O Amor não muda a qualquer momento? (mais forte - menos forte)

      Beijinho

      Eliminar
  8. Ricardo!
    Amei o teu poema como todos os que escreves nasceste para isso eu sou mais maluca e adoro cozinhar um beijinho e uma boa semana cheia de muito amor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Natércia Ramalho

      Se calhar podíamos dar uns ensinamentos/lições um ao outro, lol ( Estou a brincar )
      Escrever poesia e cozinhar são ambos, na minha opinião, artes perfeitas.
      Retribuo o beijinho e os votos de uma boa semana.

      Eliminar
  9. Belo e sentido poema, amigo Ricardo!
    Gostei muito!

    Boa semana e um abraço amigo!

    ResponderEliminar
  10. Belo soneto Jaime. Adorei! Com ênfase para o quarteto abaixo:

    São as tuas palavras a voz que me embala
    Sendo a luz que ilumina o meu caminho
    O teu amor a pétala de uma flor que exala
    Todo o aroma que ressalta do teu carinho

    Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado

    ResponderEliminar
  11. Perdão Ricardo. Troquei teu nome pelo de Jaime. Por favor, não zangues comigo.

    Abraços,

    Furtado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rosemildo Sales Furtado

      Sewm problema meu bom amigo...tudo bem
      Um abraço

      Eliminar
  12. Mais uma bela e emocional poesia .
    Abraços.

    ResponderEliminar
  13. El amor no debería ser nunca un arrepentimiento...al contrario, firmeza.
    Que bello lo dices Rycardo. Mi felicitación siempre a tu sentir en letras.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  14. Forte e verdadeiro o amor que inspira o Poeta. Lindíssimo poema!
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  15. Adivinha quem veio fuçar a poesia
    do amigo, adivinha... Isso mesmo,
    querido amigo. Euzinho. Silvinho
    das meninas, kkkk.
    Um abraço querido amigo.

    ResponderEliminar
  16. ¡Qué mejor para una mirada que vivir dentro de un bonito corazón!

    Abrazote utópico.-

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde, querido Ricardo. Seu soneto nos mostra o quanto guardamos em nós, de quem amamos. E com certeza, tudo nos faz reviver,momentos que já se foram, às vezes nos queixamos, mas por pura saudade.
    "Mostrando que o amor não é só queixume".
    Excelente sensibilidade. Abraço!

    ResponderEliminar
  18. Viva o amor - em todas as suas formas!


    Bom Março :)

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde Ricardo,
    Belíssimo este soneto de amor!
    Gostei imenso.
    Um beijinho e uma boa semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  20. El amor no atiende a razones… Él es y siente desde su maravilloso libre albedrío…

    Bello y sentido poema, Ryk@rdo.
    Abrazos, y muy feliz semana.

    ResponderEliminar
  21. Sempre muito inspirado por aqui!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  22. um olhar por vezes vale muito mais que outra coisa mais um lindo poema bravo bjs saude

    ResponderEliminar
  23. O que eu chamo xeixarmo nos embalar nos braços e nas asas do amor
    Gostei

    ResponderEliminar
  24. Que lindo soneto. Uma ode ao amor. Adorei Ricardo, parabéns
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  25. Eres la viva muestra de que no hay límites para escribir sobre el amor!
    Cada poema es un reto a la originalidad!
    Me encanta.
    UN beso.

    ResponderEliminar
  26. Ricardo,
    Um soneto que nos embala como o vento.
    Só não concordo com o pensamento, até rimou :)

    Abraço e boa semana!

    ResponderEliminar
  27. Otro soneto de una gran de una belleza singular y la cita tiene su punto de cierto.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  28. "" O amor é como o vento. Pode mudar a qualquer instante. ""
    Grande verdade, gostei muito do poema

    ResponderEliminar
  29. Que poema bonito!!!
    Boa semana :-)

    https://dreamsprincess20160.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  30. Eterno ou não, maravilhoso poema.
    Abraço!

    ResponderEliminar
  31. Há sempre um belo soneto nos esperar aqui, como uma boa brisa.
    Um abraço, Ricardo!

    ResponderEliminar
  32. Hermoso poema de amor. Grande tu inspiración amigo Ricardo. Saludos.

    ResponderEliminar
  33. Senti a ondulação, dobras de mar doce...

    Se o amor é como o vento e muda num estalar de dedos, isso significa que não se trata de amor, é parecido, amor não é. O amor tem profundidade! Não se dilui com essa facilidade.

    Abraço e boa semana

    ResponderEliminar
  34. Mais um bonito poema que vim cá conhecer!

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  35. Hermoso poema romántico, amigo Rykardo. Un abrazo grande.

    ResponderEliminar
  36. Que o vento, hoje, sopre devagar.
    Abraço

    ResponderEliminar
  37. Um olhar apaixonado e apaixonante sobre o amor.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  38. Que lindo!
    Te desejo força para lidar com esse momento tão doloroso... que Deus o abençoe! ♥

    garotastarfashion.blogspot.com

    ResponderEliminar
  39. Gostei muito do poema!
    Já a citação...
    Lamento a sua perda! Muita força!

    Abraço
    Liliana
    Ideias Recicladas e... não só!

    ResponderEliminar
  40. Mais um lindo poema, Ricardo.
    Deixo um carinhoso abraço nesta terça-feira.
    Verena.

    ResponderEliminar
  41. Amor sentido y demostrado. Muy lindo.
    Buen Martes. Cuídate.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  42. Oi, Ricardo!

    Gostava de marear nas ondas do teu amor
    Seres no meu jardim, a mais sedutora flor
    Que ondulasse perante a música do vento

    Tão singelo e puro!
    Continuação de uma abençoada semana!
    Um grande beijinho!
    Megy Maia☔💝☔

    ResponderEliminar
  43. Quando lhe dá o vento
    é como o catavento '_*)

    Bela noite aconchegada Ricardo
    que o frio
    dá mesmo arrepio, lá fora.

    ResponderEliminar
  44. Belo e inspirado poema.
    Ricardo, gostei muito.
    Beijo, um Março poético.

    ResponderEliminar
  45. Inesgotável e bela inspiração.

    Abraço

    ResponderEliminar
  46. O amor é como o vento quando o vento sopra para longe as nuvens que tapam o sol; principalmente se estivermos no inverno.
    :)

    ResponderEliminar
  47. Um poema repleto de emoção apaixonada. A citação é reflexiva e combina bem com os versos aqui.
    O meu abraço. Boa continuação de semana e de Março...

    ResponderEliminar
  48. Estou inebriado por suas palavras.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está em Hiatus de verão entre 05 de fevereiro e 08 de março, mas não deixaremos de comentar nos blogs amigos. Também tem posts novos no blog.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  49. Preciosas palabras has empleado, para expresar tu sentimiento al ser amado.

    Besos

    ResponderEliminar
  50. Adorei o poema! Refrescou-me um dia tenso e chato. Obrigada :)

    https://jiaescreve.blogspot.com/ (sou uma iniciante neste mundo dos Blogs)

    ResponderEliminar
  51. Um excelente poema acompanhado de uma bela imagem.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  52. Un bello poema y muy sentido,
    y bella imagen.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderEliminar
  53. Quiçá um dia, o sopro do amor me alcance.
    Quiçá.

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.