quinta-feira, 4 de março de 2021

Amar como sentimento rebelde

( imagem da net )
... 

Amar não é na vida, desfalecer
Perante um amor que acabou
Nunca se pode deixar de viver
Quando nem saudade deixou
.
Amar é desejo, pranto, amargura
O coração viver, sempre acreditar
É o dia ficar como a noite escura
E as gotas não secarem no olhar
.
É beijar uns olhos que chorando
Mostram um coração, sangrando
Pelas feridas abertas da saudade
.
Amar nunca pode ser submissão
É livre amor enchendo o coração
Não fingir, sendo puro de verdade

...
"" R y k @ r d o ""
.

39 comentários:

  1. Amar é abraçar o Mundo, momentos felizes, sorrisos...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  2. Um poema muitíssimo reflexivo e bonito. O amor verdadeiro é livre, tem compromisso e é leve.
    Um bom dia, Ryk@rdo... Abç

    ResponderEliminar
  3. Hola Ricardo.
    Muy sentidas tus palabras y asi se siente cuando te roban el corazon. Te quedas vacio, triste y con una amargura......

    Un placer leerte.
    Besos.

    ResponderEliminar
  4. Lo sumiso pasó a la historia, amemos sin sumisión, con ese punto de rebeldía.
    Muy reflexivo.
    Un abrazo Rycardo.

    ResponderEliminar
  5. Que desespero anda aqui, Ricardo?!
    Soneto belo e comovente.

    Que todo o amor que no teu coração cresça
    Que nele a ventura floresça ❤️



    ResponderEliminar
  6. Muito bonito, este poema, RyKardo!


    Abraço e boa tarde

    ResponderEliminar
  7. Amar é isso mesmo Ricardo um poema lindíssimo ,,,um beijinho e um resto de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  8. Lindo demais e o amor é maravilçhoso! abraços,chica

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde Ricardo,
    Lindíssimo soneto!
    O amor é um belo sentimento, mas muitas vezes cheio de ressentimentos e dor.
    Que viva o amor em toda a sua essência de pura magia e em plena liberdade!
    Beijinhos e saúde.
    Ailime

    ResponderEliminar
  10. Gostei muito do poema tem muito amor um bjo.

    ResponderEliminar
  11. Magnifica poesia, Ricardo
    O verdadeiro amor nunca morre.
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderEliminar
  12. El amor no se paga,nace de sentimientos de la persona. Un bello poema. Abrazos !!

    ResponderEliminar
  13. Un amor entero, firme y para siempre, un amor que parte el corazon cuando no tiene continuidad. El poema es una belleza. Abrazos

    ResponderEliminar
  14. Gracias como siempre por tu aportacio y comentario
    te lo agradezco mucho
    Besos
    cuidate mucho

    ResponderEliminar
  15. Um soneto de amor, onde a inspiração e o talento estão bem patentes.
    Os meus aplausos.
    Continuação de boa semana, caro Ricardo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  16. Que bonito poema!
    Passei para desejar uma semana feliz!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira

    ResponderEliminar
  17. A pureza nunca ultrapassa os 99,999 por cento. Desiste,
    :)

    ResponderEliminar
  18. Una imagen y un poema que nos muestra lo que se siente al acabarse el amor que creíamos para siempre. Pero también como nos dices un nuevo amor puede cerrar esa herida.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  19. Um poema, como sempre, brilhante.! Amei, Poeta!

    Isto de comentar tem sido uma tortura! :(
    *
    Silêncios... d'outras paragens...
    *
    Beijos e uma noite feliz

    ResponderEliminar
  20. Amar
    Nunca se pode deixar de viver
    pois não e eu vivo sem amor algum

    mas não desisto de viver!

    Ricardo quanta inspiração
    Parabéns!

    no último post que fiz no blog
    http://orientevsocidente.blogspot.com/

    gostaria que visse pois mostro as STUPAS
    sabe o que é?
    nem eu sabia,
    só sabia que tinha feito aquelas fotos tão bonitas de algo bem pintado
    e só no dia que fiz o artigo para o blog
    é que fui pesquisar e fiquei a saber
    assim, meses ou quase 2 anos após a minha viagem
    ainda vou aprendendo sobre a mesma
    é um mundo infinito de conhecimentos
    daí o meu fascínio pelos BLOGUES

    Um beijo e um abraço forte 😘
    Cuide-se!

    ResponderEliminar
  21. A minha máxima, é que eles e elas voltam sempre

    ResponderEliminar
  22. Siempre elijo pensar en el amor como belleza
    sin ningun tipo de sometimiento ni de padecer
    porque entonces ya deja de ser amor.
    Interesante poema Rik@rdo!!! que tengas una noche plena de paz.

    ResponderEliminar
  23. Que poesia perfeita, realmente amar é viver.
    Abraços.




    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderEliminar
  24. Desilusões amorosas quem não as teve?
    Um abraço, bfds

    ResponderEliminar
  25. El sentimiento es unico y peronal. El dolor tambien, pero asi es vivir. Dicen que es aprendizaje. Un abrazo.

    ResponderEliminar
  26. El amor nace y se da,
    disfrutándolo los dos,
    lindo lo que escribiste mi amigo.

    Besitos dulces

    Siby

    ResponderEliminar
  27. Un logro de poema pelo conteúdo e pela forma que tam bem acae á temática do amor que se vai deijando feridas e que tam bem expresa a imagem que escolheu.
    Parabéms por esta mestría que amosa neste poema romántico.
    Uma aperta e boa fin de semana, Rikardo.

    ResponderEliminar
  28. BELO SONETO!

    DOU-LHE PARABÉNS POR ESTE E POR TODOS QUE PUBLICA SEM PARAR...

    PARABÉNS PELO ENORME TALENTO!

    TAMBÉM PELO APERFEIÇOAMENTO QUE TEM DADO NO DOMÍNIO DA MÉTRICA

    O QUE VLORIZA MUITO O SEU TRABALHO.

    CONTINUAÇÃO DE DIAS INSPIRADOS.
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  29. La rebeldía del amor es una de sus mayores delicias, Rykardo.
    Un abrazo!

    ResponderEliminar
  30. Sábias palavras num belíssimo poema.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  31. Muito verdadeiro.
    Amor tem de ser algo bom, quando não é já nada daquilo pode ser considerado amor.

    Tanta verdade dita num so poema.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  32. Amar... tem de implicar sobretudo "respeito" por "ser amado (a)"!!! Bj e 👏👏👏

    ResponderEliminar
  33. Notável poema com a força do amor!!!

    Saber amar é deixar voar...

    Beijinhossss

    ResponderEliminar
  34. Esquece todos os poemas que fizeste. Que cada poema seja o número um.

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.