terça-feira, 15 de junho de 2021

Escrevi-lhe um poema no vento

...

Numa folha quis escrever emoção
Palavras doces saídas do coração
Poema que meu amor pudesse ler
E assim, numa folha amarrotada
Quis escrever, e não escrevi nada
Porque não sabia, o que lhe dizer
.
Voltei a pegar nessa folha singela
Pareceu-me tão triste, e tão bela
Enrugada, mas tão fina e distinta
Coloquei-a sobre a antiga mesa
Ia escrever mas, infinita tristeza
A caneta não tinha gota de tinta
.
Desanimado, não quis desistir
De nela escrever o meu sentir
Um lápis estava mesmo a jeito
Estava numa gaveta esquecido
Mas tinha o bico lasso, partido
Deu-me uma forte dor no peito
.
Entrei num desgostoso desatino
Maldisse o meu infeliz destino
Decidindo no preciso momento
Como não tinha como escrever
O texto que lhe queria oferecer
Escrevi-lhe um poema no vento

.................................................

"" R y k @ r d o ""

...

domingo, 13 de junho de 2021

É profundo o que sinto por ti

... 

Sinto que há luz, a iluminar, o meu pensamento
Que me acompanha através dos trilhos incertos
Um clarão de amor qual química de sentimento
Que me força a marchar por caminhos desertos
.
Em cada passo ouço o resmalhar da vegetação
Enfraqueço o meu ego na procura do teu olhar
Sinto como o vento parece ser a tua respiração
 Serenando a fadiga, existente no meu caminhar
.
Vagueia o sonho através das flores e quimeras
Onde a florescência é perfume de rosas e eras
Que aromam um sentimento, que não esqueci
.
Memórias que afloram à mente ao amanhecer
Saudade que não me deixa os trilhos percorrer
Pois é tão profundo o carinho que sinto por ti

......

"" R y k @ r d o ""

.

sexta-feira, 11 de junho de 2021

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

 ...

Fizeram-se ao mar as caravelas, nobres marinheiros
Enormes vagas, rochas sombrias, trepidez do além
Na coragem, no ânimo, na descoberta, os primeiros
A chegar a local inóspito, sito em terras de ninguém
.
Mapas desenhados sobre oceanos de sonhos e dores
Fortes as caravelas, que partiam, na infinita procura
Enigmas por desvendar. Ondas por vencer, temores
Homens sem receio, levando amor, na sua aventura
.
Procelas vencidas. Terras no horizonte, nobre glória
Tocava o corneteiro. Reuniam-se caravelas. Alto mar
Na visão da descoberta ouviam-se cânticos de vitória
Bebia-se a água salgada, posta nas vasilhas a destilar
.
Dia de Portugal, e nobres Comunidades Portuguesas
De Camões, insigne poeta, que ficou cego na guerra
Diz a lenda que em Ceuta. Mas não existem certezas
Boémio, mulherengo, e o mais que a história encerra
.
Escreveu o Lusíadas que perante o naufrágio, salvou
Nadando com um só braço. Na outra mão segurando
Os poemas que escreveu, e com tanto amor registou
Sendo a poesia desse livro, que de poeta, o eternizou

...
Comemorou-se ontem dia 10 de Junho
"" R y k @ r d o "
.

quarta-feira, 9 de junho de 2021

Amar-te simplesmente

 


Não quero ser apenas um amor vazio
Que nasceu apenas por te ver passar
Não quero ser como a água dum rio
Que passa para não mais voltar.
.
Não quero ser como o fresco vento
Que passa sem ninguém o ver
Não quero ser um mero passatempo
Que morre antes de nascer
.
Não quero ser o pôr-do-sol no além
Não quero ser um sorriso passageiro
Muito menos um olhar de desdém
E em teu coração não ser primeiro
.
Quero sim, ser sonho, doce alegria
Estar contigo de forma permanente
Poder caminhar através da fantasia
 E AMAR-TE, SIMPLESMENTE
.
"" R y k @ r d o ""
.

terça-feira, 8 de junho de 2021

Dentro da textura do verso branco

 ...

Ergui um musical com as notas do meu coração
E o meu universo com a luzência do pôr-do-sol
Grafei poemas com os metáforas da minha alma
Ouvi músicas odoradas pela fragrância do amor
.
Vi um Céu decorado por nuvens de cálidas águas
Li livros em folhas escritas, em versos sem rima
Senti prazer em poder juntar letras desalinhadas
Vivi cansados silêncios em desertos intemporais
.
Lindas pétalas ornamentam as flores do jardim
Desse jardim que com ternura, compõe o sonho
Na dança das rosas ouvem-se as notas musicais
Num lírico concerto que deleita o meu coração
.
Nas flores, que aromam, as veredas do destino
São os nossos desejos, sorrisos, felizes olhares
Dentro da textura do verso branco, se encontra
O suave poema, escrito pelo amor, de nós dois

..............................

"" R y k @ r d o ""
.

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Muros brancos e os grafites

... 

Olho os muros, ontem tingidos de branco
Hoje pintados de traços de variadas cores
A pureza que fascinava, mudou entretanto
Na evolução dos genes de outros pintores
.
Árvores, jardins, pinturas variadas, belas
Modificaram os muros brancos de beleza
A arte grafitada, pinturas através das telas
Tiraram aos muros a sua branca grandeza
.
A evolução mostra que tudo se transforma
O ser bonito, amanhã outra beleza se torna
E assim os velhinhos muros rejuvenescem
.
Para sua glória neles se centram os olhares
Pinturas abstratas, outros planos similares
Assim os muros de envelhecer se esquecem
...
"" R y k @ r d o ""
.

domingo, 6 de junho de 2021

Abençoados pelo fresco vento

... 

Deitados no areal, carinhos, amor
Céu azul, nuvens no firmamento
Como ondas que chegam e partem
Testemunhas da nossa paixão
Embaladas por um fresco vento
Onde as palavras são voz sem cor

Sussurros de carinho, suave ardor
Sorrisos, brilho no nosso olhar
Beijos trocados, almas carentes
Abençoados pela tua beleza
Aromando teu corpo de nua deusa
Emoção, delírio, sob a luz do luar

Sinto o teu corpo liso, aveludado
Tirando-me todo o discernimento
Onde num arfar compassado
Toco, mimo, em beijos ardentes
Abençoados pelo fresco vento
Que nos deixa ... inconscientes
.......................................................
Os silêncios são acordes musicais da alma, que esvoaçam, na solidão do pensamento.

Votos de um feliz domingo

"" R y k @ r d o ""

sexta-feira, 4 de junho de 2021

O cantar das invisíveis Sereias

... 

Olhar o mar. Olhar o horizonte, sentir o luar
Ouvir o silêncio. Ver as estrelas, luas cheias
Ondas que chegam. Murmúrios de encantar
Que parecem ser canções na voz das Sereias
.
Mil noites. Paixão de pensamento. Ternura
Que se ouve no som das lindas melopeias
Coração que se solta, deixando a moldura
Ao sentir a luzência do sorriso das Sereias
.
Infinitos versos lidos como textos em prosa
Espelhando-se sobre o mar a luz das ideias
As ondas, fino veludo, como pétala de rosa
Parecendo ouvir-se cantar as lindas Sereias
.
Dormir sobre o areal em buliçosa juventude
Sonhando sobre a rede, de fios de rijas teias
Um acordar feliz. Doce fantasia. Inquietude
Nos versos cantados pelas invisíveis Sereias

...

Para todas as amigas e amigos, uma sexta-feira feliz, extensivo a familiares e amigas/os. Se sair de casa use máscara. Cuide-se.
.
"" R y k @ r d o ""
...

quinta-feira, 3 de junho de 2021

Quero amar uma mulher sem pecado

... 

Quero para mim uma mulher sem pecado
Que tenha por mim um amor por inteiro
Que não me considere um laço apresado
Nem me deite fora como água em tinteiro
.
Serei um homem feliz se um dia acontecer
Essa mulher no meu caminho, encontrar
Irei amá-la e nem por um segundo sequer
A deixarei infeliz, sem amor, para lhe dar
.
Quero ser o homem mais feliz do mundo
Dedicar a essa mulher um amor profundo
Onde nunca deixe ficar nada para depois
.
Numa alegria que se reflita no nosso olhar
Que o nosso sorriso seja amor e bem-estar
Havendo felicidade no coração de nós dois

...

"" R y k @ r d o ""

...

terça-feira, 1 de junho de 2021

caminhos percorridos em destempo

...
Olho em frente por onde quero caminhar
Não quero seguir por mais nenhum lado
Mais além novo caminho quero encontrar
E assim poder esquecer o tempo passado
.
Não que considere um tempo esbanjado
Nem olvidar os carreiros por onde passei
Nesses trilhos reconheço ter encontrado
Primórdios com os quais, sempre sonhei
.
Andei por trilhos onde a noite era escura
Encontrei outros, cheios de luz e ternura
Outros ainda que não devia ter conhecido
.
Admito que em todos houve o momento
Em que a luz clareou o meu pensamento
Sendo feliz por um dia, os ter percorrido
.

"" R y k @ r d o ""

.

domingo, 30 de maio de 2021

É domingo. Ouço o passar do vento

...

Dançam as ramosidades, as flores do jardim
Que oferecem frescura a quem dela precisa
Sinto o perfume das lindas flores do alecrim
Que os meus sentimentos, aroma e suaviza
.
É domingo. Ouvem-se além os sinos da igreja
Pessoas aos pares, puras, passeiam silenciosas
O Sol brilha. Alegria. Existe pão sobre a mesa
As borboletas esvoaçam livres e maravilhosas
.
Pode o silêncio ser mágoa, dor, quiçá desunião
Querenças desalinhadas em palavras de vazio
Sentimentos silenciados no sofrer do coração
É domingo, ouço o vento, em liberto desvario
.
Cerram-se os termos num silêncio que faz doer
Quando nesse silêncio existe a gelada aragem
Os ciúmes fazem um coração secar e padecer
É domingo. Sopra o vento na bonita ramagem
...

Domingo muito feliz para todas as amigas e amigos
Cuide-se. Se saír de casa, use máscara.
...

"" R y k @ r d o ""
.

sábado, 29 de maio de 2021

O uso de máscara, o ladrão, e o medo

... 

Carnaval, baile, surgia o mascarado
Máscaras nos olhos, música louca
Viam-se os lábios, o olhar tapado
Agora usa-se uma máscara na boca
.
Antigamente, andar de cara tapada
Uso de máscara, um banco olhando
Tocava o alarme, gente atrapalhada
Ai Jesus que o ladrão está entrando
.
Agora, cara destapada, sorrisos puros
Notam-se os olhares assaz assustados
Sem máscaras, são agora os impuros
Já não existem ladrões mascarados
.
Era bom, a fina máscara não existia
Havia óculos escuros, sorriso, amor
Olhos escondidos, mas a boca sorria
Agora tudo tapado em horrível temor
.
Sendo tudo tão medonho e diferente
Pobre coração tão fino, tão sofredor
A máscara é adorno quase comovente
Que esconde os lábios de doce amor
.
Já nem os namorados se conhecem
Trocam um beijo quase sem o sentir
Tirando a máscara até empalidecem
Tão feias/os que só apetece … fugir
...


Um feliz fim de semana para todos/as os amigos e amigas

...............................
"" R y k @ r d o ""
...

sexta-feira, 28 de maio de 2021

As cores de um beijo

 ...

Queria pintar-te de perfume, de amor
Pintar os teus lábios, o teu olhar
Deixar-te mais linda que uma flor
Deixar-te como as estrelas, a brilhar
.
Queria pintar-se de amor profundo
Dizer-te ao ouvido o quanto te amo
Queria gritar bem alto ao mundo
Quando nem sabes, como me chamo
.
Queria pintar-te de todas as cores
Devagar, em silêncio, sem o sentires
De aroma de todos os odores
Para seres mais linda que o arco-íris
.
Não te posso dar um abraço, apertado
Porque pertences a outro jardineiro
És uma rosa num jardim ocupado
Onde outro alguém chegou primeiro
.
Nem por isso deixo de contigo, sonhar
De um dia concretizar esse desejo
De na mais linda textura te poder pintar
De todas as cores que pintam um beijo

...................

"" R y k @ r d o ""

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Que o amor abrase o coração

... 

Sinto que a vida passa e como o segredo
Dia após dia, nem se dá por ela passar
Existe um misto de certa alegria e medo
Que o ser humano nunca soube explicar
.
Como o lume, o amor, é chama erguida
Que vive dentro de um coração sentido
Nasce, cresce, e como tudo nesta vida
Apaga-se, como se não tivesse existido
.
Como não ter medo do termo escuridão
Quando se constata que o amor é ilusão
Quando é tão esfuziante senti-lo nascer
.
Como uma flor que perfuma a fina razão
Que o amor seja acesa chama no coração
Abrasando-o enquanto esse coração viver

.....................

"" R y k @ r d o ""

.

terça-feira, 25 de maio de 2021

Ainda existem sonhos de amor

 ...

Quando meu amor, passas por mim
E nem um simples olhar mereço
Inalo o teu perfume de alecrim
E num sentimento sem fim
Admito que já não te reconheço
.
Altiva como se nada mais existisse
Passas sem um olá, sem um olhar
Se o tempo um minuto permitisse
Talvez o teu coração me ouvisse
E a minha poesia pudesse escutar
.
Quando da rosa uma pétala é retirada
Parece ouvir-se no ar um grito de dor
Talvez essa rosa não esteja preparada
Para uma mão ingrata e desajeitada
Não sentir a sua angústia e tremor
.
Assim, como a rosa, sofre um coração
Quando os sonhos não têm luz nem cor
Sentindo as loucuras da sua ilusão
Não percebendo o sentido ou a razão
De ainda existirem sonhos de amor
................................

"" R y k @ r d o ""
.