A minha Lista de blogues

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024

Amor livre e consciente

 


Não vale a pena pedir o que não se pode dar
Quando se rejeitou tudo o que foi oferecido
O amor só é lindo se for vivido sem rejeitar
Aquele doce beijo que no coração é sentido
.
Que o coração ame com verdade e livremente
Que aceite com alegria o amor que lhe é dado
Que os lábios sorriam de um amor consciente
Que o amor nunca deixe o coração, magoado
.
Que o coração se abra para um amor sincero
Que viva sem nostalgia, e com todo o esmero
O mundo ouça o seu bem-estar, num só grito
.
Seja ouvido com toda a tranquilidade e calma
Dando brilho ao olhar, como a janela da alma
Chegando esse brado de felicidade ao infinito
...

.
"" R y k @ r d o ""

sábado, 10 de fevereiro de 2024

Amar refresca a alma

 


Amar nunca pode ser uma decisão errada
Não se pode dizer que não é o mais certo
Amor é uma palavra tão querida, sagrada
Acalma o coração, quando se sente perto
.
Quando um olhar mostra a luz do coração
É porque esse está no caminho mais certo
O amor é uma palavra por decisiva razão
Que nos faz sorrir na travessia do deserto
.
O amor refresca a alma, faz brilhar o olhar
Nos torna mais leves no cansado caminhar
Nos aveluda a pele, com o seu suave ardor
.
Amar será sempre o mais bonito caminho
Pois toda a flor nos oferece o seu carinho
Porque vive em liberdade, ternura e amor
...

"" R y k @ r d o ""


domingo, 4 de fevereiro de 2024

Luz do coração

 

Não me digas que me amas, ama-me somente
Poupa nas palavras, mostra- me no teu olhar
Diz-me nesse olhar o que o teu coração sente
Pois o olhar, diz tanto, tanto, tanto, sem falar
.
Para se amar, não chegam as palavras bonitas
É preciso que o olhar tenha a chama do fogo
Tantas vezes, sendo cândidas as palavras ditas
É no brilho do olhar, que por amor, me afogo
.
Não me ames por o teu coração ter bondade
Nem me ames pelo brilho e luz da caridade
Nem te deixes colorir pela força da emoção
.
Tendo o brilho do teu olhar a força da ternura
Só se pode amar com verdade e de alma pura
Se o olhar mostrar a luz, que emite o coração
...

"" R y k @ r d o ""
...

terça-feira, 16 de janeiro de 2024

No silêncio dos sonhos.

 

Era uma noite, no silêncio dos sonhos
Noite escura, saudades envolvidas
Sentimentos insertos, puros e risonhos
Lá fora, morcegos em voos enfadonhos
Numa incerteza ausente e sentida
.
Pensamentos mais antigos que o vento
Intempérie que nas vidraças, embatia
Sulcos vadios, num nobre sentimento
Onde o teu amor batia a cada momento
Dentro do meu coração em noite fria
.
Era a noite, em que uma estrela surgia
Como uma luz que ilumina a paixão
No meu sentir uma incerteza vivia
No escuro, o meu pensar estremecia
Dor, ferida aberta em meu coração
.
Quando se sente na noite, a nostalgia
De um dia vivido nas veias do cansaço
Sonhos infinitos num sorriso de alegria
Surge a noite na intensidade da agonia
Onde tudo passa num apertado abraço
..................................
.
"" R y k @ r d o "!"
,,,

sábado, 13 de janeiro de 2024

Linhas de amor.

 


As linhas que separam a alegria e a emoção
São tantas vezes linhas envoltas em desejo
Nas linhas do teu lindo, e bondoso coração
Deixei que ficasse o meu, enrolado e preso
.
Não interessa saber se são linhas cruzadas
Ou se são de tristeza, que se une à alegria
Que faz chorar, e verter lágrimas cansadas
Que gera o escuro, na luminosidade do dia
.
Linhas que unem, dois sedutores corações
São linhas apaixonadas que goteiam amor
Gerando na alma carícias que fazem amar
.
Linhas que prendem, gerando as emoções
Tão mimosas, como são as pétalas da flor
Onde fiquei recluso e não me quero soltar
...

"" R y k @ r d o ""
...

terça-feira, 9 de janeiro de 2024

Como não te amar

 

...

Como não te amar com um amor profundo
Quando a minha alma está tão apaixonada
E o meu coração é o mais feliz do mundo
E vives em mim como uma flor perfumada
.
Como não te amar em cada hora e segundo
Quando és o brilho existente no meu olhar
É tão mélico esse amor, de que me inundo
O sorriso esfuziante, no meu feliz acordar
.
Amo-te como quem ama a douta felicidade
Como uma prece és a razão do meu sonhar
A força existente no meu caminhar e sentir
.
A música que adorna o meu pacato coração
A sonoridade, da melodia da minha canção
O aroma do meu viver, a paz do meu existir

.

"" R y k @ r d o ""

.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2024

Amar tem o brilho das Estrelas

 


Dei-te todo o amor que em mim existia
Não me peças o que não te consigo dar
Amor infinito, lindo como a luz do dia
Mais belo que a palavra pode declarar
.
Sendo o amor a luz mais linda e sublime
Que fixa no coração a mais dura certeza
Através do sorriso um negrume exprime
Dos olhos soltam-se lágrimas de tristeza
.
Tanto amor desperdiçado pela vontade
Que deixa mágoa em registo de saudade
Que trilha a alma e o coração humano
.
Não se pode reaver um amor que findou
Mas pode-se ver um coração que amou
Quando amar tem a brilho das estrelas
...
.
.
"" R y k @ r d o ""
..

quarta-feira, 27 de dezembro de 2023

Sem pedras no caminho. Feliz 2024

 

Existem os caminhos de amor, de esperança

Que devem ser caminhados de olhos ao alto
De adulto, brilhando, como olhos de criança
Que as pedras sejam distintas de liso asfalto
.
Que se olhe em frente com amor no coração
Que as sombras do mal, fiquem esquecidas
Que a felicidade seja a mais celestial doação
Que a alegria se fixe, sem dores nem feridas
.
Que se cuide dos velhinhos em todos os dias
Que nunca se esqueçam os alicerces do amor
Que se olhe o pobre sem simpáticas fantasias
Que o Natal viva em cada um como fina flor
.
Olhemos o Ano Novo com renovada alegria
Que na alma exista a luz de um lindo teatro
Que o amor exista em cada noite e cada dia
Para todas as famílias seja muito feliz 2024


Para todas as amigas e amigos deste NOSSO cantinho, deixo votos de um FELIZ ANO DE 2024, extensivo às vossas famílias e amizades.
.
.
"" R y k @ r d o ""
.


segunda-feira, 25 de dezembro de 2023

Natal de amor e saudade

 


Recordo quando me saía sempre a fava
Quando se comia um saboroso bolo-rei
No Natal em que minha mãe partilhava
Saudades explicá-las, confesso, não sei
.
Em cada Natal reparo e olho para a mesa
Quase sempre existe menos uma cadeira
Parte sempre alguém, deixando a tristeza
Alguém, que nos acompanhava, à lareira
.
No Natal esquece-se o furor do dia a dia
Os corações, abrem-se de solidariedade
Caem lágrimas de desgosto, e esperança
.
Lembra-se quem dorme só, em noite fria
Reparte-se com carinho, amor e saudade
Do bolo com fava que comia em criança
...


Para todas as amigas e amigos deste NOSSO cantinho, votos de um Natal muito feliz, extensivo às vossas famílias.
.
.
.
"" R y k @ r d o ""
...

segunda-feira, 11 de dezembro de 2023

Aquele entardecer

 


Ficou na memória aquele entardecer
Em que o suor do corpo escorria
Música ao vivo, tocada para dançar
Braços enlaçados, coração a ferver
Olhares de alegria então trocados
Numa tarde vivida em pura magia.
.
Tarde de convívio como esquecer
Quando a alegria esteve tão presente
Pela sala dois corpos rodopiando
Unidos, olhos nos olhos, dançando
Uma música tocada docemente
Tarde bonita, que lembrar faz doer
.
Uma tarde que reside na recordação
Que lembrada faz bater o coração
Que por felicidade não quer esquecer
Amigos que no convívio se juntaram
Conviveram, divertidos, dançaram
Como não lembrar aquele entardecer
.
.
"" R y k @ r d o ""
.

quinta-feira, 7 de dezembro de 2023

Vidas perdidas no tempo

 


Quando penso, não penso, mas sei que penso
Num tempo passado que não está esquecido
Pensar que foi tão diferente, tempo suspenso
Deixámos de viver, sendo um tempo perdido
.
Pensando num tempo, que vivido não se viveu
Em que esquecemos o sentimento da vivência
Tantos dias em que o nosso coração esqueceu
Vivendo hoje no interior da infinita carência
.
Não podemos esquecer um carinho do passado
Nem viver a nostalgia do tempo desperdiçado
Deixando que o tempo nos separe eternamente
.
Quando se convoca a saudade e essa aparece
A informar que o tempo efetivo, bem merece
Que deixemos o passado, vivendo o presente


.
.
"" R y k @ r d o ""
...

terça-feira, 5 de dezembro de 2023

Desatino dos sonhos.

 


O meu coração viaja por áreas sem fim
Transpondo perspectivas, serras e vales
Nem sempre parece gostar de ser assim
Piedoso, para com as tristezas e males
.
Um coração virgíneo qual oração de amor
Que olha em redor em devaneios intensos
Que iguala o mundo à beleza de uma flor
Dentro dos sentimentos impuros e tensos
.
Pobre coração que vive em tempos irreais
Que sobrevive, a intempéries e vendavais
Entre quiméricos sentires, fiéis, risonhos
.
Esquece que a vida sendo a luz do mundo
Nem sempre vive num amor tão profundo
Sendo o amor, mero desatino, dos sonhos
.
.
" R y k @ r d o "
.

sexta-feira, 24 de novembro de 2023

Amar-te será estigma eterno.

 


Amar-te, no meu coração, será estigma eterno
Uma terna dor, que em mim vive, noite e dia
Uma dádiva oferecida por um sorriso fraterno
Donativo do teu olhar em pérolas de fantasia
.
São as tuas palavras doces mensagens de amor
Que se espalham pelo ilusório do pensamento
Como a rosa que doa o seu perfume com ardor
Assim o teu sorriso perfuma o meu sentimento
.
Como o vento que refresca o sentido do ensejo
Assim os teus lábios se avermelham num beijo
Num sentimento sentido, enviado pela emoção
.
Palavras de amor ditas num olhar em doce tom
Que dançam nos lábios, num solfejo sem som
Assim dança nosso amor, a música do coração

...

.

.

"" R y k @ r d o ""

.

terça-feira, 21 de novembro de 2023

Confissão poética

 


Confesso que não sei escrever poesia
Escrevo apenas versos que imagino
Penso que se escrevesse ninguém lia
Um poeta é um escriba em desatino
.
Escrever versos que são como o vento
Que passa, refresca a alma e o coração
São aventuras do ingénuo pensamento
Que se deixa deslumbrar pela emoção
.
Gostava de escrever um sentido poema
Sem mágoas, tristezas, um alegre tema
Que fosse sempre lido com gosto de ler
.
Mas o melhor neste momento preciso
É não escrever e ter um pouco de juízo
Pois sei, que poesia, não sei escrever
.
.
.
"" R y k @ r d o ""
.

segunda-feira, 20 de novembro de 2023

No silêncio das madrugadas

 


Nossos corpos são fogo que arde em chama viva
Sol de Outono, brilho de estrelas em noite escura
Beijos em musical de uma paixão ardente, cativa
Nas chamas de um desejo, sorriso da tua candura
.
O nosso amor é como beber água de fresca fonte
O toque da nossa pele gera arrepios de carência
Como o sol-pôr que se escapa além do horizonte
Assim os nossos abraços, são árias de apetência
.
Quando nossos lábios se colam em toque ardente
Surge em nosso olhar uma paixão quase demente
Em sublimes sensações, tão fortes e apaixonadas
.
Trocamos palavras que abrasam as nossas veias
Nos dias e noites, qual emoções das luas cheias
Vibra o nosso amor, no silêncio das madrugadas
...

"" R y k @ r d o ""