sábado, 18 de setembro de 2021

Amores de costas voltadas


Quando passas não consigo, não te olhar
E tu passando, finges que eu, não existo
Nada do que vivemos se consegue apagar
E na alma deixas dores a que não resisto
.
Porque te desvias quando na rua me olhas
Como se a minha presença te fizesse mal
Sabendo tu que sempre as nossas escolhas
Foram feitas numa conversa livre, normal
.
Não podemos esquecer todo um passado
Quando ambos jurámos amor no coração
Como esquecer os sonhos de amor jurado
Entres beijos e abraços, de meiga afeição
.
Não se deve pensar que o destino é traidor
Nem acreditar que não temos nada a fazer
Para que nesse destino, exista paz e amor
E esse, em nós, não se pode deixar morrer

.................................................................

Para todas as amigas e amigos votos de um feliz fim de semana. Se sair de casa, use máscara. Lembre-se que a Pandemia ainda não acabou, e que, a doença, não acontece só nos outros. 

"" R y k @ r d o ""

,

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

Quero inalar o teu perfume

( foto da net )
 

Quero inalar o teu fino perfume
Fazer parte da tua louca paixão
 Regar-te como se rega uma flor
Aquecer-te a alma em fino lume
Ser suspiro da tua doce emoção
Sussurrar-te ao ouvido: Meu amor
.
Dos teus lábios sentir o ar quente
Olhar – te embebecido, contente
Beber-te como água pura da fonte
O teu sorriso, ser o brilho do Céu
Respeitar-te, ser homem, ser teu
Seres o meu pôr-do-sol no horizonte
.
Quero ver-te no meu pensamento
Seres o meu suave lençol de linho
Onde se enleia todo o meu frescor
Seres o meu suspiro, ameno vento
A luz que ilumina o meu caminho
A minha pétala de frescura e amor
...

"" R y k @ r d o ""

...

terça-feira, 14 de setembro de 2021

Campos queimados por triste maldade

 

Fui criança, brinquei entre campos verdejantes
Por vales, lindas encostas, manhãs orvalhadas
Cresci e verifiquei, já nada ser como era antes
Tão triste ver vales, campos, serras queimadas
.
Fui criança, subi árvores, fui até alegre pastor
Pastei ovelhas, levando-as pelos campos afora
Correr pelos campos era um ato de feliz amor
Hoje, apenas queimadas, saudades do outrora
.
Passando pelos campos onde já existiu verdura
Vêem-se árvores infelizes, ardidas pela loucura
De quem no coração, não possui, alma sentida
.
Que a chuva chegue e que ofereça outra alegria
A campos, vales e serras que antes eu percorria
Que por cada caule queimado, nasça nova vida
...
"" R y k @ r d o ""
...

domingo, 12 de setembro de 2021

Mulher Afegã tem de ser livre

 Poema dedicado a todas as mulheres do mundo, em geral e, em particular, às mulheres AFEGÃS, que sofrem as maiores atrocidades às mãos de homens que, de humanos, apenas têm a forma do corpo.

...

Crava-se um punhal na beleza do teu peito
Tapas o rosto, enfrentando o destino cruel
Sem sorriso, no amor, sentimento desfeito
Nos fios da tristeza, o sangue, é negro fel
.
Vive em ti um sorriso tão quente e perfeito
Que ao mundo que te ama, queres mostrar
És mulher, ser humano, carregas no peito
A dor da maldade de quem não sabe amar
.
Queres ser flor num jardim a que pertences
Queres ser solta, voar pelo sonho, ser gente
Não ficares fechada, amarrada nessas vestes
Que não te deixam sorrir e falar livremente
.
Não podes estudar, trabalhar, carro conduzir
Falar,  a não ser, com quem se diz, teu dono
És utilizada para sexo, ser mãe, filhos parir
Objeto sem vida como folha seca no Outono
.
Que mundo é este, tão hipócrita, tão insano
Onde a liberdade é dor, sem sentido sequer
Onde o homem te trata como trapo humano
Quando apenas queres ser livre, ser mulher
...

Desejo de coração, para todas/os vós, um domingo muito feliz, extensivo aos vossos familiares e amigos
.
.
"" R y k @ r d o ""
,

quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Espinhos em doces beijos

 

( imagem da net )
...

Sabia que eras uma rosa com espinhos
Mesmo assim quis pedir-te namoro
Desejava receber de ti suaves beijinhos
Afinal também recebi algum vil choro
.
Não foi chorar, por não me aceitares
Pois sempre me ofereceste miminhos
Foi por ao abraçar-te, tu me picares
Com os teus duros e afiadas espinhos
.
Claro que dei um brado ao ser picado
Claro que reparei como ficaste aflita
Qual o homem que ao ser abraçado
Sentindo uma forte picada, não grita?
.
Confesso que antes queria, que no beijo
Em vez de espinhos, ter a pétala da flor
Não ser picado seria um distinto desejo
Trocar os espinhos por um beijo de amor
.
Quem olha esse teu sorriso encantador
Não vislumbra os teus espinhos afiados
Quem ama, enlaça e cinge, com amor
Vê esses bicos como afetos enamorados
………….

»» R y k @ r d o ««

.

terça-feira, 7 de setembro de 2021

Silêncio por resiliência

 

Reside no meu silêncio uma forte resiliência
Nem o meu isolamento faz qualquer sentido
Quando em meu coração a espera é vivência
Na melancolia dum trilho jamais percorrido
.
Lembro esse caminho com muita frequência
Um caminho que nunca me coube percorrer
Na minha solidão sinto a tua falta, ausência
Desse teu sorriso que não consigo esquecer
.
Confesso não saber se o meu silêncio é ruim
Ou é bom, se o considerar um sinal sem fim
Nem quero sobre o dito, fazer juízo de valor
.
Talvez tenha a resposta, em certa hora ou dia
Em que esse silencio deixe de ser melancolia
E deixe de em meu coração, causar triste dor

...

"" R y k @ r d o ""

...

domingo, 5 de setembro de 2021

É linda a renovação da natureza

...

Caem folhas, que deslizam pelos caminhos
Levadas pelo vento que as toca, docemente
Por vezes entrelaçam-se como os velhinhos
Quando esses de amor se olham ternamente
.
Que seria do mundo sem o aroma das flores
Que aromam a vida como o sol que ilumina
A alma, o coração, aquecendo doces amores
Em jardins floridos, por rosas de pétala fina
.
Lindas as árvores, despidas de secas folhas
Lembram areais donde saem frescas bolhas
Refrescando os pés de amor e suave beleza
.
Entra a alegria no coração que embebecido
Olha as árvores nuas e pensa para consigo
É linda a renovação da deliciosa natureza
......................................................................

Votos de um domingo muito feliz para todas as amigas e amigos deste cantinho, extensivo aos vossos familiares
...
"" R y k @ r d o ""

 

sábado, 4 de setembro de 2021

Amor impossível

 

Tinha uma vizinha estudante de filosofia
Na sua janela um papagaio malandrão
Cantava à noite e já ninguém dormia
Tinha um olhar provocante o rapagão
.
Esse papagaio falava, bonitão, jovem, maroto
Apaixonou-se quando passou uma rapariguita
Dengoso, olhar atrevido, sorridente o garoto
Nem viu que a miúda, era uma bela piriquita
.
Essa, menina bonita, de educação esmerada
Vendo aproximar-se de si o alegre papagaio
Mexendo-se sem jeito, um pouco atrapalhada
Não viu quem era, até pensou ser um gaio
.
Não posso com um gaio conversar e namorar
Somos aves pertencentes a um outro mundo
Mas nada impedia o belo papagaio de avançar
Pois tinha por ela um amor doce e profundo
.
Esperto o papagaio disse-lhe serenamente
Tira as últimas quatro letras do meu nome
Vamos viver o amor que nos une docemente
Acredita que eu sou uma ave de renome
.
Na janela em frente, onde morava a piriquita
Ouvia-se cantares de musicas lindas, antigas
Mostrava a sua melancolia, tristeza e desdita
Por não poder namorar como outras raparigas
.
E assim um amor lindo não pode acontecer
Dia e noite, ambos se continuam olhando
Ele, canta, para que ela o consiga entender
Ela, num amor impossível, canta, chorando
..........................................................................

Para todas as amigas/os, votos de um feliz fim de semana, extensivo a todos os vossos familiares.
...

"" R y k @ r d o ""
...

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Não olhes para trás

NOTA PRÉVIA:- A separação é sempre um momento de tristeza, dor, algum "ódio". As minhas ilustres amigas devem ler - homem - onde está escrito - mulher -, e os meus ilustres amigos ler, como está escrito.

...

Apaga a luz, fecha a porta, quando saíres
Não olhes para trás para veres a tristeza
Sai sorrindo, mostra elevação ao partires
mulher apenas por uma vez que seja
.
Que importa se partes de coração gelado
Quando sabes que esse nunca foi quente
Não olhes para trás para veres o culpado
Uma vez por todas, sê mulher, sê gente
.
Que sejas muito feliz, nesses sonhos teus
Não olhes para trás, não me digas adeus
Esquece este meu amor que não mereces
.
Na próxima esquina não feches o teu olhar
E se alguém se atrever, por mim perguntar
Não hesites: diz-lhe que não me conheces

...

"" R y k @ r d o ""

...

terça-feira, 31 de agosto de 2021

Ela gosta dele duro.

 

Um determinado dia fui namorar
Aquela bela garota de lindo olhar
Titular duns lábios finos, amorosos
Reparei logo que ficou amuada
Por eu não lhe ter oferecido nada
Assim diziam os seus olhos gulosos
.
Noutro dia o namoro aqueceu
Não sei bem o que me deu
Acanhado, agarrei na sua mão
E foi num gesto de ternura
Coloquei nessa, uma coisa dura
Que ela segurou com sofreguidão
.
Disfarçou para que ninguém visse
E ter de dizer não, a quem pedisse
Não querendo que tal acontecesse
Baixou a cabeça para disfarçar
E na sua linda boca o quis guardar
Antes que de repente, amolecesse
.
Enquanto o bem-bom saboreava
Disse-me que mole, não gostava
E que dele duro gostava tanto
Que eu sempre lhe podia oferecer
Pois adorava chocolate comer
Não importando se preto ou branco

......

"" R y k @ r d o ""

..

domingo, 29 de agosto de 2021

Caminhar por estrada liberta

 ...

Quero caminhar por uma estrada liberta
Onde não exista tristeza, carência, ciúme
Onde o amor seja a flor em berma certa
E não algo que queime como forte lume
.
Caminhar por entre bermas perfumadas
Onde exista a bênção de doces carinhos
Onde as acúleos não sejam frias adagas
Ferindo o coração como duros espinhos
.
Jornadear, olhos em frente, sem saudade
Olhar o Céu e ver no azul pura felicidade
Onde o sorriso não seja infeliz, tristonho
.
Nem o destino tenha uma dúbia chegada
Para que toda a minha firme caminhada
Seja feita na base do carinho e do sonho

...

Para todas as amigas e amigos em feliz domingo

"" R y k @ r d o ""

.

sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Águas do mar em beijar diferente

 

Águas do ilustre mar que beijam o areal
Tão suavemente como se fossem vento
Partem quase envergonhadas pelo real
Do prazer que sentiram nesse momento
.
Chegam e partem inquietas, radiantes
São essas águas a flor do pensamento
Tão intermitentes, frescas e constantes
Mas tão quentes cheias de sentimento
.
Enquanto umas ondas o areal, namoram
Outras perdidas beijam, as rochas duras
Quando se unem ambas de amor choram
.
E as lágrimas que brotam, tão tristemente
São tantas vezes silêncios de desventuras
Por não perceberem esse beijar diferente

.........

"" R y k @ r d o ""

quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Na procura do oásis

 

...

Atravessei o deserto procurando uma ilha
Onde sozinho pudesse viver o meu sonho
E sentir o esplendor da palavra que brilha
Que iluminasse este meu pensar tristonho
.
Queria encontrar um oásis de água fresca
Onde pudesse absorver essa leveza pura
Feita tormenta de um sentir que refresca
As saudades sentidas da tua doce ternura
.
E enquanto caminhava pelo árido deserto
Parecia ouvir a tua límpida voz bem perto
Deste meu coração, que anda em desatino
.
São os areais do deserto, solidão do mundo
Onde se suporta o silêncio mais profundo
Dentro das ironias, do meu traçado destino

...

"" R y k @ r d o ""

.

terça-feira, 24 de agosto de 2021

Vento em fresca carícia desnuda ( Poema(Fado )

 

Se eu soubesse cantar - que sei que sei - pois quando canto - no banheiro - até os gatos da rua fogem assustados, escondendo-se entre os arbustos - cantaria assim:

...

O vento é fresca carícia desnuda
Passando, nos toca, e tudo muda
Refrescando a nossa quente alma
 
Se for verão e o vento aparece
Equilibra o calor, e o arrefece
E tão suavemente, nos acalma

A água fresca a sede faz saciar
Dando-nos força para caminhar
Quando é forte a ânsia de beber
 
Pelas nossas febris veias corre
O sangue que dá vida e socorre
E um amor não deixa esquecer
 ✔
Quando na alma existe o pranto
Dum amor que perdeu o encanto
Tendo por vezes longa duração
 
Faz as lágrimas dos olhos correr
São sangue de uma alma a sofrer
Por feridas abertas, no coração
Deste meu sentir que vos canto
Numa voz rouca de desencanto
Que sofre quente dor tão aguda

Sinto na minha alma arrefecida
Que o amor, como dor sentida
É vento em fria carícia desnuda
......................................

A amiga ou o amigo, tente cantar ou cantarolar, como fado sentido, ou canção ligeira, e vai ver que vai gostar da sua performance de fadista e/ou cancionista. Acredite, que eu, gostava da/o ouvir cantar este meu texto que, vaidosamente e, quiçá, sem noção do que digo, e/ou escrevo, chamo de FADO.

Mas se cantar, veja primeiro, se está sozinha/o em casa, ahaahahah

Votos de uma semana de muita Saúde, Paz, e Amor.
.
"" R y k @ r d o ""
...

domingo, 22 de agosto de 2021

Caminhada em novo tempo


Vaguear por atalhos desconhecidos
Imaginando como seria a chegada
Sentindo os meus receios vencidos
Foi assim a minha dura caminhada
.
Toda a minha vida pelo sonho viajou
Não sei se cumpri essa longa jornada
Foram sonhos de quem tanto amou
Tantas vezes em difícil encruzilhada
.
Em cada alvorecer nasce um novo dia
Uma bonita aurora, em distinta magia
Recomeça o sonho que o tempo levou
.
Não vale a pena viver uma vida triste
Pois cada dia nova caminhada existe
E o sorriso, que o tempo, não apagou

..........

Um domingo feliz

"" R y k @ r d o ""

...