terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Passaste simplesmente

(imagem tirada da net )
.
Um amor que nasceu à tua passagem
Quando tão bonita olhaste e sorriste
Chegou até mim uma fresca aragem
Quente na frieza assim que partiste
.
Foi um amor ardente como nunca senti
Deixando em mim tristeza e desilusão
Foi como morrer algo dentro de mim
Tão robusto foi a dor no meu coração
.
Um amor que me tem fustigado a vida
Amando no duro silêncio quando sinto
Frio gelo que em mim deixou a partida
Gerando em mim imperfeito labirinto
.
Um amor que vivendo em meu coração
Refresca o meu peito de gélida aragem
Um dia se libertará pela mélica emoção
Quando regressares da tua longa viagem

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

Árvore velhinha, caída


Árvore caída que olho com enlevo
Velha, sozinha, frondosa que já foi
Seca de raizes, que nem me atrevo
A dizer-lhe o quanto vê-la me dói
.
Já foi altiva, deu a madeira, sombra
Berço do ninho, do sossego, da paz
Sua vida divina de beleza tão longa
Deu tudo até cair, sofrida e incapaz
.
Decidiu ausentarse acatando a idade
Fugindo do temporal que na verdade
A sua ramagem severamente fustigou
.
Gloriosa, foi amor, haste de bondade
Agora velhinha, envolta em saudade
Parte feliz, amiga de quem a derrubou
...

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Amor sentido na solidão dos silêncios


................
São os teus olhos o meu caminho de fresca paisagem
Que me inebria os sentidos no silêncio do entardecer
Como um barco que encara as ondas na sua viagem
Assim é o teu olhar, que perfuma, todo o meu viver
.
Sendo as estrelas, um campo florido, pétalas de amor
Que espalham em meu coração o aroma da esperança
Silenciando os sentidos que embargados na doce flor
Afluem ao meu olhar o mélico sorriso de uma criança
.
Através do teu amor, qual emoção na noite silenciada
Pelos desvarios do imaginário na sua livre caminhada
Desatinos do meu coração que de afecto tanto padece
.
Afasto os lençóis, desligo a luz, e no sorriso da ilusão
Afasto a tristeza de sem ti, viver o silêncio da solidão
Sentindo como o meu ego, pensando em ti, adormece

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Queria ser



Queria ser o vento que o teu rosto beija
Queria ser o mar onde o teu corpo nada
Queria ser a chuva que devagar chega
Queria ser o sol que ilumina a chegada
.
Queria ser o segredo de onde o sol vem
Queria ser a serra onde o gelo se agrupa
Queria ser a luz que o teu olhar contém
Queria ser o sorriso que o desdém apupa
.
Queria ser a voz que cala teus segredos
Queria ser a água que lava os teus medos
Queria ser a alegria do teu sentir e viver
.
Queria ser o carreiro que dirige teu alento
Queria ser a cura para todo este tormento
Por ti amor, somente por ti, eu queria ser
...

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Janela de Amor




Na poesia emocionada do adormecer
Janela de amor, lua que não é minha
Uma lágrima que cai não por querer
Mas por desejar algo que não tinha
.
Puxando o lençol no frio do aconchego
Onde repousa o meu corpo já cansado
Saudade da virtude onde já não chego
Qual pássaro esvoaçando pelo passado
.
Mar que oferece jóias em ondas serenas
Onde se banham as gaivotas que apenas
Deliciam o mundo com o seu livre voar
.
Brotam as rosas eflúvio sem queixume
São as manhãs acordadas pelo perfume
Luz do dilúculo que nos ensina a amar

domingo, 1 de dezembro de 2019

Sonho de Amor


( imagem da net )

Meu amor como eu queria
Dar – te um abraço apertado
Beijar-te de noite e de dia
Realizar este sonho calado
.
Meu amor como eu queria
Ter-te em meu braços, até morrer
Sentir os teus seios de pura magia
No meu peito virem embater
.
Meu amor como eu queria
Encontrar-te no caminho traçado
Onde o teu corpo fosse poesia
Dentro do meu coração apaixonado
.
Meu amor como eu queria
Desfrutar do teu sublime sorriso
No teu rosto um beijo de magia
E contigo residir no paraíso
.
Meu amor como eu queria
Amar-te … amar-te … amar-te
Vivermos momentos de fantasia
E com carinho poder beijar-te
.
Meu amor como eu queria
Poder dar-te tudo minha flor
Onde por razões de ironia
Seria um sonho encantador
.
Meu amor como eu queria
Ter-te a meu lado em esplendor
Vivermos em Paz e alegria
E acordar deste sonho de amor
 ...

sábado, 30 de novembro de 2019

Saudade


( imagem da net )

Sinto a tua áurea tão pura e doce
Gravada na ferida do queixume
Se um amor lindo apenas fosse
Sorriso sem tristeza nem ciúme
.
Fosse um jardim no seu esplendor
Na grandeza dos fiéis ornamentos
Seria o clímax do cintilante amor
Errando pelos líricos sentimentos
.
Vive o amor puro, sem desnorte
Como sendo sentimento eterno
Como se sente num abraço forte
E num olhar lânguido e fraterno
.
São os sonhos, luz de intensidade
Dos carinhos que se prometeram
Onde existe, dor, solidão, saudade
Dos doces beijos que se não deram
.
Saudade, é solidão em dor e chaga
Que fere, violenta angustia, agrura
Punhal afiado que o coração rasga
Abrindo feridas de triste amargura
.
Não se conseguir olvidar o passado
E apenas viver o momento presente
É deixar viver um coração apertado
Pela saudade de um amor ausente
 ..

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Mulher, Jóia de Luz



Mulher, a água benta de amor intenso
Seu olhar é cristal em luzente ousadia
A porta da vida num deleite imenso
O brilho cintilante que ilumina o dia
.
Mulher, a riqueza em cofre guardada
A mais valiosa pérola do vasto mundo
A melodia, a flor quando apaixonada
A jóia mais bonita em amor profundo
.
Mulher que ama, se entrega por nada
Dedicada, amorosa, frágil, idolatrada
Mãe, a doçura, a força, o aconchego
.
Mulher, o sorriso indulgente, o amor
De todos os vergéis a mais bonita flor
A calma, que equilibra o desassossego
...

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Dança a música de nós dois

...
Não chores, meu amor, não chores
Nem dentro da tristeza te demores
Pois nem todo o amor é perfeito
Limpa as lágrimas meu amor, limpa
Para que o teu coração não sinta
Como é triste afastá-lo do teu peito
.
Não cantes, meu amor, não cantes
Quando o teu sonho por instantes
É destruído por um sorriso duvidoso
Deixa em teus braços eu ser gente
Ouviu o teu cantar, comovente
Deixa viver esse sonho maravilhoso
.
Não te rias, meu amor, não te rias
Quando a intempérie dos sofridos dias
Te fere a alma e o coração
Cumpre com todos os teus desejos
Deixa  que o calor dos meus beijos
Te façam delirar e dançar de emoção
.
Abraça-me meu amor, me abraça
Deixa fluir teu amor que em graça
Deixa as vis amarguras para depois
Vem dançar, a música da esperança
Afasta a tristeza que em ti, dança
Vem dançar a música que é de nós dois
.

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Versos de Amor


Resultado de imagem para coração apaixonado

Queria dedicar-te uns versos de amor
Escritos numa folha branca sem linhas
Guardados neste coração ferido de dor
Versos onde falasse de coisas minhas
.
Seriam versos que tocassem o coração
Que em sonho lesses versos de ternura
Não sei se linhas de amor ou de paixão
Se um simples papel escrito de doçura
.
Fossem meus versos poemas perfeitos
Que entre linhas ocultassem os defeitos
Deste meu coração frágil e amargurado
.
Lerias versos emoldurados pelo destino
Saberias as palavras do infértil desatino
Onde reside o meu coração apaixonado