terça-feira, 30 de março de 2021

Estrada da vida

...
 Não  posso dizer que é uma flor
Quando deixou o meu coração
Que transbordando de amor
Ficou sofrendo na fria solidão
.
Nem imagina quanto amargor
O meu coração na hora sentiu
E quanto no meu peito a dor
A minha alma de tristeza feriu
.
Quando caminhando se ausentou
Pela estrada deserta de felicidade
Esqueceu a forma como deixou
Um coração sofrendo de saudade
.
Como a água que corre sem destino
Assim correm os dias de desalento
São agruras do um triste desatino
Que me causou o seu afastamento
.
Quando se sente, palavra é saudade
E muito mais quando há despedida
Que exista sempre a doce felicidade
Nas estradas que seguir na sua vida
...
"" R y k @ r d o ""
.

63 comentários:

  1. NO MEU BLOG "FALANDO SERIO" VOCÊ ENCONTRARÁ A VERDADE, VERDADEIRA, DE TOAS AS VERDADES!

    ResponderEliminar
  2. As estradas da vida têm muitas encruzilhadas. Umas vezes há encontros, outras desencontros.
    Abraço, saúde e boa semana

    ResponderEliminar
  3. Linda poesia e há tanto nos caminhos da vida..Saudades, despedidas, mas seguimos caminhando.è da vida! Seguimos! abraços, linda semana santa! chica

    ResponderEliminar
  4. A estrada da vida é uma estrada serpenteada de alegrias e tristezas! Abraço

    ResponderEliminar
  5. a estrada da vida ela ja esta marcada para cada um de nos lindo poema bjs

    ResponderEliminar
  6. Bonito. E é assim a estrada da vida mesmo.

    ResponderEliminar
  7. Ah, as estradas e seus simbolismos! Para os que partem, muitas vezes representam a expectativa de ventura e renovação. Para os que ficam...restam a saudade.

    Beijo e votos de que a tua semana seja muito feliz!

    ResponderEliminar
  8. Ricardo!
    Mais um lindo poema é mesmo uma estrada toda a nossa vida pelo menos a minha tem sindo com muitas encruzilhadas, adorei o poema pois diz muita coisa da minha vida...um beijinho e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  9. Na estrada da vida encontramos de tudo, Amigo e a cada instante há uma pequena despedida e um novo começo que se tem de começar até que um dia...lá chega o instante da última despedida, ficando uma grande dor que, com o tempo se vai transformando em saudade. E hoje chegou a vez de um grande Amigo, quase irmão que, por causa da pandemia não pode receber os abraços de quem o amava e estimava. Acabou o sofrimento dele e começou o nosso. É assim a vida, estrada tantas vezes tortuosa para muitos. Um beijinho, Ricardo e SAÚDE
    Emilia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também perdi a minha querida mãe em 25Fev2021 por causa do covid-19, que a matou. Sei bem o quanto custa perder assim quem se ama

      Beijinho Emília. Que encontre tudo de bom na estrada da sua vida.

      Eliminar
    2. Perder a Mãe ė uma dor terrivel, pois também perdi a minha há um ano, mas na3 por Covid. Sinto muito, mesmo e entendo a tua grande for. Um abraço solidáro querida Amigo
      Emilia

      Eliminar
    3. Não......querido
      Desculpa as falhas
      Emilia

      Eliminar
  10. Es la vida caminar unas veces con alegría otras entre tristezas ...y así va pasando el dia dia. Abrazos .

    ResponderEliminar
  11. Sem dúvida amigo Ricardo. A estrada da vida está cheia de encruzilhadas. Cabe-nos a nós desbravar esses caminhos tortuosos.

    Belo poema!

    Ótima semana!

    Abraço poético.

    ResponderEliminar
  12. Um poema magoado. Como se fosse pranto.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  13. Hola estimado Ricardo.
    Hay que seguir ese camino, mientras podamos.
    Bello este poema.

    Un fuerte abrazo y feliz semana.

    ResponderEliminar
  14. Saudade é a presença da ausência e este poema di-lo tão bem...
    Boa Semana Santa e um abraço

    ResponderEliminar
  15. Mais um poema cheio de brilhantismo. Muito bem! Amei :)
    -
    Algures duma janela tão distante...
    -
    Uma excelente semana - Beijo

    ResponderEliminar
  16. Lindo poema que traz a dor que acredito que todos nós já sentimos em algum momento.
    Você tem o dom da palavra. A sensibilidade de poetizar a vida.
    Adoro seu blog, gratidão por compartilhar esse espaço, abraço

    ResponderEliminar
  17. É assim a vida, mais um belo poema, boa semana!

    ResponderEliminar
  18. Boa tarde Ricardo,
    Magnífico poema sobre um amor dolorido.
    Beijinhos e boa semana, com saúde.
    Ailime

    ResponderEliminar
  19. Mais um poema muito lindo o que digo mais são todos sejam de caminhos ou encruzilhadas um bjo.

    ResponderEliminar
  20. A palavra Saudade que tão bem entendemos!
    Boa semana

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde, poeta Ricardo, seu poema me emocionou muito.Em tempos de tristeza, estou mais sensível e, em cada verso do seu poema senti a dor da saudade.Penso que todos de algum modo ou outro sentiram a dor da saudade, a dor da perda.Um poema muito sensível. Espero que esteja bem. Grande abraço!

    ResponderEliminar
  22. Que as estradas sejam floridas e caminhadas com sabedoria ,Ricardo
    Apesar dos percalços, seguimos confiantes em outras alegrias a vir.
    Sempre admirando seu dom de tecer a vida com poemas _obrigada por por compartilhar.
    abraço e boa semana

    ResponderEliminar
  23. Querido Rik@rdo!!!Las despedidas, los alejamientos de algunas personas sean parejas, hijos, familiares, afectos en general causan dolor, nostalgia, tristeza, pero a veces son necesarios y otras veces responden a la ley natural de la vida. Bello y sentido poema. fuerte abrazo y excelente comienzo de semana!!!

    ResponderEliminar
  24. A saudade dói e machuca demais, Ricardo
    Lindo demais o seu poema.
    Um carinhoso abraço.
    Verena.

    ResponderEliminar
  25. A estrada da vida tem, por vezes, estes desvios dolorosos...

    Gostei do poema, Ricardo.

    Uma semana boa e tranquila.
    ~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  26. La vida nos pone a prueba con encruxijadas, y el destino creo que lo tenemos también marcado.
    Muy bella tu poesía!
    Un saludo !

    ResponderEliminar
  27. Olá " R y k @ r d o " lindo demais o poema !
    Com carinho feliz começo de semana !
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  28. Forma también parte de la vida, el dolor y la desilución.

    Besos

    ResponderEliminar
  29. Com um saquinho de amêndoas da Páscoa só para ti voltas a sorrir, não é?
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A tua amiga lenor tem grande sentido de humor 😹

      Eliminar
    2. Pois, é para o Ricardo se rir.
      Se não se rir à primeira, ri-se à segunda.
      E qual é a segunda?
      É assim:
      Lê o que eu escrevi, não ri, e pensa "Grande tola!".
      E depois ri-se do que pensou.
      E quando acabamos a rir, é porque foi giro.
      :)

      Eliminar
  30. La vida es lo que nos ocurre y no siempre coincide con lo que queremos. Un abrazo

    ResponderEliminar
  31. Saudade: fonte de alguns dos mais belos poemas já escritos, amigo... como este! Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  33. Nesta longa estrada da vida, que seguimos com nossas historias,
    as nossas saudades, e as despedidas com volta incerta.
    Muito boa construção.
    Abraço amigo.
    E feliz semana.

    ResponderEliminar
  34. Oi Ricardo querido, bn!
    Lindo poema. Eu não sabia da tua perda, mas deixo aqui meus sinceros sentimentos.
    Bjs amigo e uma semana muito abençoada é o que desejo p/vcs

    ResponderEliminar
  35. bitterness will go soon or later....

    Have a wonderful day

    ResponderEliminar
  36. Poema muito bonito, apesar de triste pela dor sentida por alguém que se foi.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderEliminar
  37. A estrada da vida está pejada de motivos para ser criativo e deixarmos as nossas marcas

    ResponderEliminar
  38. O coração despedaçado de vez em quando faz-se ouvir.

    ResponderEliminar
  39. A estrada da vida é repleta de surpresas 👣

    ResponderEliminar
  40. Bom dia, Ricardo
    Na estrada da vida muitos são os momentos, uns de felicidade e outros de desencanto e despedida.
    E a saudade é o sentimento que, por vezes, permanece.
    Gostei muito do seu poema, meu amigo.
    Abraço
    Olinda

    ResponderEliminar
  41. Saudade é uma palavra muito bonita! Há saudades que nos fazem recordar boas memórias, outras fazem sofrer!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  42. A estrada da vida com os seus muitos desafios e surpresas. Bonito poema!
    Boa terça-feira... Abçs...

    ResponderEliminar
  43. Fala, meu poeta preferido!
    Belas palavras. Lindos
    pensamentos.

    ResponderEliminar
  44. A estrada da vida é colher as pedras do caminho, a pensar que no fim, construimos um castelo com elas beijinhos

    ResponderEliminar
  45. Olá amigo Ricardo,
    Muito obrigado por partilhar esse poema relatando sobre a saudade.
    Forte abraço.

    ResponderEliminar
  46. Infelizmente nem sempre o amor perdura em ambos os corações.
    Palavras plenas de saudade e nostalgia num poema maravilhoso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  47. La vida te hace recorrer caminos en los que no quisieras estar, son caminos amargos que conducen al desconsuelo.

    Besos

    ResponderEliminar
  48. É sempre surpreendente!
    Que belo poema, Ricardo

    ResponderEliminar
  49. Um belo poema.
    Na estrada da vida encontra se os momentos de alegria e também os momentos de amargura.
    É a lei da vida, sofrimento, dor, memórias ..

    Que na estrada da vida seja uma primavera com muitas flores.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  50. Como el agua que corre sin destino
    Así son los días de abatimiento
    Son las penurias de una triste locura
    Que me hizo partir

    Muy bonito poema, estimado Rykardo. Un abrazo.

    ResponderEliminar
  51. As estradas da vida, que ora aproximam, ora afastam... mas que oferecem uma fonte inesgotável de inspiração em matéria de afectos e relações humanas...
    Mais uma sublime e emotiva inspiração que adorei ler! Um grande abraço!
    Ana

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.