sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Os teus olhos são rosas vadias
Que encantam os campos em flor
São lindos todos os dias
Deles saem faíscas de amor

“Sorriem” como flores ondulantes
São frescos como juncos aos molhos
São “faróis” apaixonados, refrescantes
Como são bonitos os teus olhos

O “perfume” que tem o teu olhar
São como doce mel de abelhas
“Falam” carinho ao teu passar
São campos de rosas vermelhas

1 comentário: