terça-feira, 26 de outubro de 2021

Rugas e Cabelos brancos

 

Olho-me ao espelho e vejo cabelos brancos

Cara fechada, rugas salientes, olhos fundos

Já não corro livremente pelos belos campos

Não é da idade mas de desgostos profundos

.

Sonhos de juventude, que o tempo fez voar

Deixando-os gravados no vigor da memória

Angústias quando o homem se põe a pensar

Que cada ruga é reflexo de uma bela estória

.

Agora que o meu tempo já pouco mais dura

Sento-me num banco de jardim, sem textura

Tendo apenas as aves, por minha companhia

.

Os filhos longe, amor que partiu, a saudade

Netos que amo, que vivem a sua felicidade

Lembro tempos em que tudo em mim sorria

...........................................................

Votos de uma semana muito feliz para todas as amigas e amigos deste NOSSO cantinho poético

.

"" R y k @ r d o ""

85 comentários:

  1. Bom dia
    Não podia deixar de dizer algo sobre este poema.
    Como me vejo nestas lindas realistas palavras .

    JR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. One of the best decision i ever made was contacting Dr Otonokpo to help me get my lover back, I was life filled with happiness after i contacted Dr Otonokpo because he didn't just bring my lover back to me he also made our love for each other more unique and superb. If you need to spice your relationship with more love and attention contact Dr Otonokpo on his Email Address otonokpotemple@gmail.com, call/whatsapp him via his contact +2348114129781 and be happy just like i am, thanks Dr Otonokpo for your great work.

      Eliminar
  2. Ahora comienzas una nueva etapa y hay que tomarla con tranquilidad.

    Besos

    ResponderEliminar
  3. Olá bom dia!!!! Que lindo poema. Muitos Parabéns. Beijinhos e boa semana

    ResponderEliminar
  4. El tiempo pasa y los recuerdos es la sala de estar de nuestra memoria.Las etapas de la vida hay que vivirla cada una tien su esplendor solo hay que sabe encontrarlo. Un fuerte abrazo y feliz semana en este rincón de poesía.

    ResponderEliminar
  5. Quero parabenizá-lo primeiro pelo maravilhoso comentário, que você me deixou no meu blog, olhando uma foto e escrevendo. Seu poema de hoje eu amo o que você fala sobre os cabelos brancos que são tão maravilhosos em homens que viveram uma vida longa. Obrigado

    ResponderEliminar
  6. Il tempo della nostra vita fugge velocemente e tanti speciali ricordi colorano d'intenso il nostro immaginoso.
    Buona settimana e un caro saluto,silvia

    ResponderEliminar
  7. Ricardo, que lindo poema! Cada palavra é a realidade da vida.
    Cabelos brancos pode até ser bonito, mas é a prova de como a vida passa muito rápido para todos nós 🤔!

    Votos de uma feliz semana e um bom dia!

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  8. Muitos de nós assim estamos, rugas, cabelos brancos, filhos netos...LIDO POEMA! abraços, ótima semana,chica

    ResponderEliminar
  9. A velhice vem para os sobreviventes, para aqueles que tiverem a sorte de lá chegar! O importante é que tenhamos uma vida cheia de amor! Bjs

    ResponderEliminar
  10. Pois é eu também olho-me no espelho e só vejo cabelos brancos.
    Gostei.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  11. "Cada ruga é um lugar onde a angústia se deteve", escreveu alguém. O seu poema, é muito belo e cheio de sentimento.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Há muitos velhos e velhas nesse estado de solidão que não é o caso da minha mãe porque rodeada não sabe desfrutar dos momentos.
    Enquanto puder desfruto de tudo e aceito o crescer dos netos que já tão crescidos dispensam a avó:))) mas não se esquecem.
    Um magnífico poema.
    Beijos e uma boa tarde

    ResponderEliminar
  13. Cuando se llega a cierta edad es lo que ocurre, añoramos tiempos pasados y extrañamos a los que ya no están pero esto no puede impedir que esta nueva etapa de la vida pueda ser muy bonita y placentera, hay que aceptarla y vivirla a plenitud.Saludos

    ResponderEliminar
  14. Que interessa se os cabelos são o brancos, pretos, castanhos ou amarelos? Ė uma questão de cor e, isso não é importante; há pessoas que até os pintam de vermelho e azul...cores estranha para cabelo, mas...nada de importante. Já as rugas, é diferente...significam que a idade avança e, sinceramente, não lhes ligo muito; tenho tido saúde, os meus próximos também e,então, tenho de dar graças por ainda estar cá. Ė assim que devemos pensar e, se incomoda, o melhor é nāo olhar para o espelho. Amigo, um belo poema! Beijinhos e vai aproveitando, porque, se chegares ao novo amanhã, é menos um dia que cá andas
    Emilia

    ResponderEliminar
  15. O importante é ter saúde...mas o que interessa verdadeiramente é continuar a viver intensamente...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  16. Boa tarde Ricardo,
    Um poema lindo que fala da realidade de tantos de nós!
    Que as recordações nos ajudem a enfrentar cada dia com alegria e amor.
    Beijinhos e feliz semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  17. Um ode à alegria da maturidade. Por mais pesada que ela possa parecer há que se louvar por termos chegado até ela. Maravilha pura.

    ResponderEliminar
  18. Bom dia, Ricardo
    Lindo poema, viver intensamente cada momento e valorizar o idoso é essencial. Um forte abraço.

    ResponderEliminar
  19. Ricardo, os bancos de jardim são o máximo
    muito bons para meditar e relaxar, pensar no passado e no presente
    em companhia das aves da cidade:)

    ResponderEliminar
  20. En cada arruga una añoranza, en cada cabello blanco una historia que se desdibuja con el tiempo. Así es la ancianidad, transformación y merma.
    Abrazos.

    ResponderEliminar
  21. Mi ricorda i miei nonni, gli anziani sono speciali, vanno valorizzati non abbandonati, come spesso succede. Sempre belle le tue poesie, di grande significato. Buona serata.

    ResponderEliminar
  22. Disfruta de tus nietos y del tiempo y serenidad que te regala la vida.

    Besos.

    ResponderEliminar
  23. Estar no outono da vida também é algo grande. Muita gente não chega a iso. O mesmo que o outono muda as cores, nos mudamos e o cabelo branco e as rugas são sinais de que o tempo pasou deijando sua pegada. O importante é ter saúde e estar ja content@s por elo.
    Um poema que gostei ler porque é um espelho do que a nosa vida nos traze.
    Maravilhoso, Rikardo!

    ResponderEliminar
  24. E como se diz: Recordar é viver!
    Boa semana!

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  25. Assusta-me mais a velhice psicológica do que a física e empanico com o sofrimento.

    Boa semana :)

    ResponderEliminar
  26. Olho-me ao espelho e vejo cabelos brancos, Ricardo
    E a saudade, também, em mim habita.
    Lindas e tão verdadeiras palavras.
    Aplausos!
    Um grande abraço.
    Verena.

    ResponderEliminar
  27. E muito bom sabermos que estamos vencendo o tempo e chegando a época dos cabelos brancos.
    Gosto de ver que a juventude se foi de forma saudável e vamos seguindo sem contar os dias.
    Alegre-se !
    Bons dias,Rycardo

    ResponderEliminar
  28. A idade é só um número, meu querido amigo. Bjinhos

    ResponderEliminar
  29. Uma Ode à idade?
    As rugas fazem parte de cada estória de vida. O poema é muito profundo e emocionante. Amei! :))

    Beijos e uma excelente semana
    Boa noite

    ResponderEliminar
  30. Pleno de saudade e de boas lembranças, amigo. E nada existe de mais doce do que a saudade, quando nos traz boas lembranças! Belo post! Meu abraço, boa semana.

    ResponderEliminar
  31. Oi Ricardo
    Ou seja:
    "Lembro-me todos os dias meus pequeninos se foram deixando uma imensa saudade em meu coração".
    Eu sinto saudades de meu ex-marido, meus irmãos(cigarro) que foram arrastado para a morte devido a esse vícios.
    Maldito cigarro que sorri a morte".
    Sua poesia de amor alegra meu coração calejado de tantas decepções proporcionados pela vida.
    Agora sou feliz, casei-me com um homem compreensivo, além do amor denota a mim e ao meu filho( ou seja: nosso filho).
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  32. Con los años ganamos mucho, arrugas de sonreír, canas de sabiduría y una mirada amplia que abarca y comprende a todos. Un abrazo poeta

    ResponderEliminar
  33. Tão profundo e emocionante Ricardo, me sinto exatamente assim.
    Os filhos se foram, mas cada qual com suas lutas diárias e
    suas ânsias de viver a juventude.
    A mim só resta agradecer, olhar no espelho não é muito bom,
    mas o coração está cheio de amor e felicidades, rugas nem sempre são bem vindas, mas contam anos de vivência.
    A vida é tão boa, vamos aproveitar!

    Boa semana!
    Abraços.

    ResponderEliminar
  34. Um poema tão bonito que expressa a angústia de quem vê os anos passar!
    Por isso temos de aproveirar a vida enquanto podemos!
    Abraço

    ResponderEliminar
  35. Muito boa esta poesia, meus parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  36. A idade chega para todos e temos que ter sabedoria para aproveitar os momentos dessa fase, haverá limitações, mas também aprendizado e conhecimento. Muitas coisas são melhores na meia idade e na terceira idade o importante é não perder o espírito jovem e o bom humor! Belo poema, gostei muito!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  37. Bello poema que te hace pensar. Te mando un beso

    ResponderEliminar
  38. Meu caro,
    Um amigo dizia-me do neto que raramente via - só de pensar nele fico feliz.
    Pense assim também.
    Abraço

    ResponderEliminar
  39. Que bello es el cabello blanco y que sabía la arruga.
    Sigamos cumpliendo años...
    Bello este poema.
    Abrazo Ricardo.

    ResponderEliminar
  40. ... E tudo continua a sorrir, no bem-estar de todos os que lhe são queridos.
    Abraço amigo.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  41. Velhos mas com alegria
    tudo anda melhor Ricardo.

    Parabéns ao que li. Bom dia com alegria, de bom Sol que nasce,

    ResponderEliminar
  42. El tiempo nos borra las sonrisas.
    Hemos visto demasiado.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  43. Mais um bonito poema que vim cá conhecer.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  44. Um poema cheio de nostalgia, mas da boa. É como um outono, real mas doce. Uma boa semana Ryk@rdo!

    ResponderEliminar
  45. Que lindo poema :)
    Passei para desejar uma semana feliz!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira

    ResponderEliminar
  46. Lindo poema cheio de realidades!
    Que tenha um bom dia .

    Abraço.

    ResponderEliminar
  47. Una realidad convertida en poesía y bella poesía.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  48. Muito lindo e tocante, seu poema, Ricardo... a cada verso, enxergamos um pouco da história de cada um de nós... o tempo passa, a vida passa, mas que a gente saiba colorir essa vida, da melhor forma que pudermos, amigo.
    Um abraço e o desejo de que seus dias sejam bem coloridos e felizes
    Valéria

    ResponderEliminar
  49. Belíssimo poema, amigo.
    Um abraço,

    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  50. Bom dia Ricardo!

    A estrada da vida nos dá e nos tira;
    dá a sabedoria e conhecimento
    e nos tira o vigor,
    mas jamais devemos sucumbir
    Desejo -lhe uma semana iluinada
    Abraços Loiva

    ResponderEliminar
  51. Muito lindo o teu poema e muito verdadeiro...um beijinho e resto de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  52. A idade passa, e tudo se transforma, temos de seguir.
    Beijo e votos de boa semana

    ResponderEliminar
  53. Um poema bonito, reflexivo e realista. A vida com os seus desafios, durezas e temores. Precisamos mesmo de poesias para suavizar os dias.
    Boa continuação da terça-feira... Abç

    ResponderEliminar
  54. O tempo deixa marcas, mas muitas são boas recordações.
    Belo poema!
    Cumprimentos Ricardo

    ResponderEliminar
  55. Belo poema, onde só deixa a saudade
    de tudo o que ficou para trás.



    Sem palavras estou eu
    de um elogio de tal dimensão
    que gravei no meu ouvido
    e bateu no meu coração!

    Muito obrigada,fico muito contente.

    Boa Tarde,comprimentos.

    ResponderEliminar
  56. É triste quando a saudade vem por causa da solidão.
    Abraço
    Coisas de Feltro

    ResponderEliminar
  57. A vida num poema de muita sensibilidade, beleza e tristeza.
    Gostei muito, Ricardo!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  58. Oi Ryc@rdo me vi no seu poema na frase, já não corro livremente pelos campos, verdade, meus joelhos doem, e fico chateada porque amo subir em arvores e hoje estou limitada, as vezes podemos camuflar o avanço do tempo sobre nós, mas quando passamos ter limitações, não podemos mais disfarçar.
    Amei seu comentário sobre a caixa de selos.
    abraços,Vi

    ResponderEliminar
  59. Oi Ricardo,
    Eu nem nas árvores posso subir, meus pés muito finos, então é só comer, comer e comer.
    Ainda bem que não engordo. Quando não estou com dor invento qualquer coisa diferente para comer, pois no céu ou inferno não comeremos nada,kkk
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  60. Belo poema!!

    Beijinhos e boa semana.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  61. A idade mora connosco para sempre
    E ainda bem

    ResponderEliminar
  62. Olá Ricardo, que bom você ter voltado ao meu Blog.
    Sim, Anamaria, a gata, ficou boa da Cistite mas temos que esclarecer a imagem que apareceu no Baço.
    Abraço,

    ResponderEliminar
  63. Hola Ryk@rdo muy bueno el poema que traes hoy, es reflexivo y nostálgico.

    Besazo y buen descanso.

    ResponderEliminar
  64. Ah, poeta, com tanto amor que apregoas,
    não há quem nos diga que o tempo passou
    para ti. Talvez penses que algo caiu do
    teu corpo por muito ou pouco uso, talvez
    quase nenhum, como eu penso de mim, mas
    nada que possa envergonhar o amigo ou
    te proíba de sorrir.
    Levanta a cabeça, poeta, sem que eu me
    importe se uma ou outra não vá te ouvir.
    O importante é sorrir para os outros ou
    mesmo de si, como eu, nem sempre, faço
    comigo.

    ResponderEliminar
  65. Um poema lindo,e ao mesmo tempo nostálgico e até triste. A idade não perdoa. É preciso dar vida a nossos anos. Vi-me retratada neste poema . Estou sempre a procura de algo que me faça sentir mais viva e participativa. O blog me faz sentir pertencente a um novo grupo de amigos virtuais.

    ResponderEliminar










  66. ,,São dádivas de puro e distinto desejo
    Quando se vive a ternura e momento Que se grava no coração
    Como a leitura deste apaixonante
    POEMA Que adorem ler


    ResponderEliminar
  67. É triste, quando no final dos nossos tempos nos sentimos sós, devido às contingências da vida. Não me assustam as rugas ou os cabelos brancos, assusta-me a solidão.
    Um soneto sentido, nostálgico e que tocou o meu coração.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  68. Ricardo,
    Viver não é só somar
    só cabelos brancos brancos
    é somar sonhos
    e realizações e
    depois transformar em poesia.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  69. Los años tienden a cubrir nuestras cabezas de blanco, a quien aún conserva todo su pelo, y llenar de arrugas en general en nuestros rostros. Ambas cosas nos dicen lo que hemos vivido.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  70. Boa noite de muita paz, Ricardo!
    Com netinhos por perto, nem damos por conta dos inconvenientes da idade.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  71. One of the best decision i ever made was contacting Dr Otonokpo to help me get my lover back, I was life filled with happiness after i contacted Dr Otonokpo because he didn't just bring my lover back to me he also made our love for each other more unique and superb. If you need to spice your relationship with more love and attention contact Dr Otonokpo on his Email Address otonokpotemple@gmail.com, call/whatsapp him via his contact +2348114129781 and be happy just like i am, thanks Dr Otonokpo for your great work.

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou, deixe um comentário. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita. Obrigado de coração.