segunda-feira, 24 de novembro de 2008

CHOVE LÁ FORA

recados orkut


Chove lá fora

É madrugada
De um dia qualquer
Sopra o vento
Corre-me o pensamento
Vejo tudo e não vejo nada
Recordo o outrora
Mas sinto que agora
Nesta noite escura
A verdade pura

É que chove lá fora

Que interessa o sonho
Penso
Vejo que no meu coração
Se cria a ilusão
De que tudo é intenso
Quiçá propenso
A uma nova vida
Sonhada, sentida, talvez merecida
Mas a verdade
Reparo agora

É que chove lá fora

Sorrio
Vejo a água que "corre" pela calçada
Vertiginosa, apressada
Como se ali não existisse nada
Vejo o escuro da noite
Que cortado pelas luzes da rua
Me ensina a verdade nua e crua
Que tudo é igual como outrora
E que a verdade, alertada
Diz-me que é madrugada
E reparo com a voz embaciada
Por pensamentos feitos nada

Que chove lá fora

6 comentários:

  1. Pode chover lá fora, mas dentro de nós há histórias, desejos e vontades para escrever e viver....
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  2. Meu Deus!!! Que poeta!!!
    Eu bem digo, mas o Águia acha que eu exagero. ;)


    Lindo, lindo e LINDO


    beijinhos Águia, fica bem.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado a todos. São muito gentis

    Sejam felizes.
    .

    ResponderEliminar
  4. Olá,
    E porque as palavras dizem tudo para quem escreve com sentimento, mas dizem pouco para o sentimento de admiração por ti, fica apenas o meu abraço , o meu espanto pela grandeza dos pensamentos, embora já a conhecesse, o meu muito obrigado por quem és, nesse coração sonhador e amigo.
    Com carinho.
    Marisa R.

    ResponderEliminar
  5. Marisa R.

    És a melhor menina do mundo, lol

    Um beijinho do tamanho do Universo para ti.

    Sê sempre muito feliz
    .

    ResponderEliminar