quinta-feira, 17 de junho de 2021

O vento que entra pela minha janela

... 

Sinto que passas por mim como passa o vento
Que esfria a minha alma e feitiça o meu olhar
Que és o meu imaginário, o meu pensamento
O suave escurecer que na noite me faz sonhar
.
Quero que sejas a aragem que tanto me encanta
E fascina meu coração que por ti anda em fogo
Que sejas a luz que ilumine a minha noite santa
E a fonte em cuja água fresca me sacio e afogo
.
E assim no frescor que me acalma o sentimento
Quero que sejas a minha vida, o meu momento
E no meu sorriso sejas a deusa mais pura e bela
.
Quero que sejas a brisa que com ternura, respiro
Que sejas o meu silêncio, causa do meu suspiro
Ao sentir a frescura que entra pela minha janela

.............

"" R y k @ r d o ""

...

73 comentários:

  1. Cuando piensas en una persona que te gusta y/o quieres,ella se convierte en todo tu mundo.
    Delicado,hermoso y romántico poema.
    Abrazos Ryk@rdo.

    ResponderEliminar
  2. Que poema más romántico, se nota vida y mucho amor en él. Muy buenos días y abrazo para comenzar la mañana.

    ResponderEliminar
  3. Que sejam sempre doces brisas a entrar pelas janelas.Linda poesia! abraços, chica

    ResponderEliminar
  4. Eu realmente gosto deste poema, todos nós queremos essa brisa agradável e suave em nossa vida, embora às vezes os ventoleras nos abalam.
    Atenciosamente

    ResponderEliminar
  5. Poema muito bonito e sempre com romantismo um bjo.

    ResponderEliminar
  6. Preciosos versos, la poesía brilla en tu corazón.

    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  7. Lindas palavras, como já é habitual

    Green Eyes

    ResponderEliminar
  8. Soneto muito bem escrito e estruturado.
    Onde o poeta faz jus, ao seu desencanto amoroso, mas, abrindo sempre uma janela de esperança.

    Belo poema, amigo Ricardo!

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
  9. Que haja sempre uma brisa agradável na sua vida, meu amigo.


    Saudações e bom resto de semana :)

    ResponderEliminar
  10. Sei que você imagina a bagunça que está na nossa casa.
    O pior que as gatas não entendem tanto movimento e gente estranha dentro de casa.
    Abraço,

    ResponderEliminar
  11. Sentir a poesia como algo que quase dá dor ao poeta
    Gostei

    ResponderEliminar
  12. Inspiradíssimos versos... lindos, lindos demais...perfeita combinação de palavras e imagem...ah o encantamento, o amor... faz ver tudo de forma docemente poética.

    Um bom dia pra você, um abraço
    Valéria

    ResponderEliminar
  13. Poema muito bonito e sempre com romantismo
    Beijos da Espanha

    ResponderEliminar
  14. Que lindo poema, Ricardo
    Bravo!
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderEliminar
  15. Que o vento traga amor sempre!
    Muito bonito este poema!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  16. Bons ventos soprem trazendo este amor.
    Um abraço, poeta!

    ResponderEliminar
  17. Que o vento traga sempre amor!
    Passei para desejar uma semana feliz!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira

    ResponderEliminar
  18. Boa tarde!
    .
    Se sentires o vento passar
    Lembra-te...
    Pode ser, para te visitar
    Pela janela, ou pela porta,
    E se verdadeiro for o sentimento
    Mais nada importa...
    Apenas o momento
    Regido pela brisa e a frescura
    Que pode provocar a loucura!

    Uma pequena homenagem ao teu fascinante poema. Parabéns Poeta!
    *
    Pensamento que enaltece ...
    -
    Beijos e um excelente dia! :)

    ResponderEliminar
  19. Que seus desejos, expressos em tão lindos versos, sejam todos atendidos!
    Bjs
    Marli

    ResponderEliminar
  20. Un perfecto soneto que deja que el viento peine los versos y abanique el amor, mis felicitaciones y mi abrazo poeta

    ResponderEliminar
  21. Entrar en tu morada
    es como pasear por la vereda de un río...
    Encontrar un rellano
    y soñar dormido, Rykardo.

    Abrazos poéticos y feliz día

    ResponderEliminar
  22. Oi Ryc@rdo lindo poema quando o coração anda em fogo, uma aragem pode ameniza o ardor ou aumentar o fogo.
    abraços,Vi

    ResponderEliminar
  23. Sempre arrasando nas palavras! Parabéns!

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  24. Ese viento fresco, se agradece ahora, cuando te abrazas de calor.

    Besos

    ResponderEliminar
  25. Un bello poema donde nos narras como el amor y el viento nos envuelven de la misma manera.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  26. Maravilhoso!!

    Cumprimentos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  27. Esse poeta é um inspirado para poemas de amor, aliás, é o poeta do amor!
    Belíssimo poema, quase uma declaração, Ricardo. Parabéns !

    Beijinho poético !

    ResponderEliminar
  28. Poema deslumbrante amigo Ricardo
    Gostei imenso
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Muito frescos e baloiçantes, como de verão se querem, estes efeitos indirectos do vento.
    :)

    ResponderEliminar
  30. Ricardo meu querido poeta e amigo.
    Retorno ao teu blog pra pedir-te um favor. Volte ao meu outro Blog Espiritualidade em Gotas onde deixaste um comentário. Desastrada e sem atenção, ao fazer um teste na página, acabei por excluir a postagem em que fizeste um bom comentário. Estou desolada por isso, pois além de perder preciosa visita, ainda tive que refazer a postagem.
    Volta, amigo, por favor . Desde já agradeço de coração.

    Beijinho de uma desastrada. ( risos )

    https://draft.blogger.com/blog/post/edit/2691836016843566048/186359531547856995

    ResponderEliminar
  31. Dizia Deng Xiaoping que convém abrir a janela e deixar entrar o ar.
    Mesmo que por vezes também entrem moscas.

    ResponderEliminar
  32. Bello poema me hiciste suspirar. Tan romántico te mando un beso.

    ResponderEliminar
  33. Lindos deseos de amor en bellos versos. Saludos amigo.

    ResponderEliminar
  34. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.
    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  35. Olá Ricardo,
    Amei este verso:
    "Quero que sejas a aragem que tanto me encanta
    E fascina meu coração que por ti anda em fogo
    Que sejas a luz que ilumine a minha noite santa
    E a fonte em cuja água fresca me sacio e afogo"

    Votos de um dia feliz, um abraço!

    ResponderEliminar
  36. Que lindo poema, gostei muito! :) Continuação de boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  37. Speciali immagini, in poesia di bella lettura
    Un saluto,silvia

    ResponderEliminar
  38. Excelente soneto.
    Os meus aplausos para o talento e a inspiração patentes neste poema.
    Bom resto de semana, caro Ricardo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  39. Cuando estamos enamorados, esa persona lo es todo para nosotros...hasta el aire que respiramos, Rykardo...Muy lindo tu poema, versos siempre románticos nos compartes. Un abrazo grande.

    ResponderEliminar
  40. Oi Ricardo querido, bom dia!
    Senti daqui o ventinho entrando pela janela, que bela inspiração, parabéns!
    Bjsssss amigo e um dia maravilhoso é o que desejo p/vcs

    ResponderEliminar
  41. Un poema hermosamente romántico.

    Te felicito.

    ResponderEliminar
  42. Unos versos muy románticos con la frescura y brisa cuando nos acaricia el amor.
    Un abrazo amigo y buen resto de semana.

    ResponderEliminar
  43. Boa tarde Ricardo.
    Um belíssimo soneto muito inspirado e bem concebido.
    Gostei imenso.
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderEliminar
  44. Uma brisa de ternura e amor num soneto maravilhoso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  45. Poesia linda, e sim o vento é uma brisa maravilhosa.
    Abraços.



    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderEliminar
  46. Ricardo que o vento venha sempre entrar pela janela, belíssimo o poema abraços.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  47. E que felicidade ser a brisa que entra pela janela de alguém! Nada mais leve, mais refrescante do que uma aragem insubmissa, livre e cativante. Gostei muito do seu poema!

    ResponderEliminar
  48. Lindo poema!!!
    Que todos os desejos do poeta se concretizem.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  49. Um belo e amoroso soneto.
    Que esse vento traga o amor tão ansiado.

    Um abraço, Ricardo.

    ResponderEliminar
  50. Linda poesia!!

    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  51. Que el viento traiga a tu lado ese amor y que te acompañe siempre.

    Toda persona necesita amar y ser a la vez amada.

    Besos

    ResponderEliminar
  52. Tão lindo! Quem sabe consigas realizar esses quereres? Não te falta coração, sentimento, intensidade! Gostei demais. Boa noite...

    ResponderEliminar
  53. Boa noite Ricardo. Agora estamos com um vento gelado e frio aqui no Rio. Parabéns pelo lindo texto poético.

    ResponderEliminar
  54. Gostei bastante destes versos encantadores.Cuide-se amigo .

    ResponderEliminar
  55. Boa noite, Ricardo!
    Que palavras tão recheadas de pureza e intensidade!
    Simplesmente genuíno!
    Um beijinho!
    Megy Maia🍁🌼🍁

    ResponderEliminar
  56. "Que sejas a luz que ilumine a minha noite santa", que essa noite seja iluminada, amigo Ricardo.
    Parabéns pelo belo poema.
    Um bom final de semana.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  57. Cuando ella se sublima en el aire, su presencia es algo tan natural como respirar.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  58. Belo poema envolvido em brisas e desejos. Abraço!

    ResponderEliminar
  59. Vou abrir portas e janelas para que você possa vir quando quiser.
    Entre, fique confortável.
    Beijos.

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.