segunda-feira, 7 de junho de 2021

Muros brancos e os grafites

... 

Olho os muros, ontem tingidos de branco
Hoje pintados de traços de variadas cores
A pureza que fascinava, mudou entretanto
Na evolução dos genes de outros pintores
.
Árvores, jardins, pinturas variadas, belas
Modificaram os muros brancos de beleza
A arte grafitada, pinturas através das telas
Tiraram aos muros a sua branca grandeza
.
A evolução mostra que tudo se transforma
O ser bonito, amanhã outra beleza se torna
E assim os velhinhos muros rejuvenescem
.
Para sua glória neles se centram os olhares
Pinturas abstratas, outros planos similares
Assim os muros de envelhecer se esquecem
...
"" R y k @ r d o ""
.

58 comentários:

  1. Geração de bons Artistas
    que tenho visto '_'`)

    Bom dia com alegria
    boa Semana em Sol e fantasia Ricardo.

    ResponderEliminar
  2. Me gusta tu canto a las paredes blancas y también a las que reproducen pinturas realmente artísticas que hagan refexionar,pero muchas de las pintadas que vemos en pueblos y ciudades son mamarrachadas y en lugar de rejuvenecerlas,son algo desagradable para la vista.
    Abrazos Ryk@rdo.

    ResponderEliminar
  3. Soy contraria al grafiti, aun siendo artístico solo me parece bien si está permitido por el dueño de la pared o el ayuntamiento. Pero me quedo con tu forma de versar. Abrazos

    ResponderEliminar
  4. Mais um bonito poema que vim cá conhecer.

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  5. Fazes um poema aos grafites que embelezam os muros que gosto muito. Já não gosto dos grafiteiros da treta a quem eu chamo vândalos.

    Beijos e um bom dia

    ResponderEliminar
  6. Cuadros que hay que pintarlos de colores tus letras hoy nos dejan una pinacoteca. Un abrazo feliz lunes.

    ResponderEliminar
  7. Que bom quando as pinturas que fazem deixam os mutos mais bonitos. Por vezes, assim não acontece! Linda inspiração e poesia! abraços, ótima semana! chica

    ResponderEliminar
  8. Una speciale rinascita, nei colori variopinti della vita, per allontanare immagini stantie e tristi...
    Buona settimana e un saluto,silvia

    ResponderEliminar
  9. EXistem verdadeiras obras de arte nos muros.

    Lamento quanto se limitam a estragar estupidamente a grandiosidade da pureza do branco.

    Saudações cordiais, boa semana

    ResponderEliminar
  10. Há desenhos lindíssimos. Já outros, socorro...

    ResponderEliminar
  11. Se os muros não envelhecerem, ainda valerá a pena.
    Estou a aprender a apreciar a arte mural. Se for só para estragar, NÃO!
    Feliz 2ª f.

    ResponderEliminar
  12. Alguns grafites são verdadeiras obras de arte. Outros, nem tanto. Mas sim, nada permanece inalterado. Para o melhor, ou para o pior, o mundo está em permanente mudança. Cabe-nos a nós descobrir a beleza em cada uma dessas mudanças. Ou simplesmente aceitar que nada é para sempre. Gostei muito do poema!
    Abraço

    ResponderEliminar
  13. Olá, amigo Ricardo!
    Há grafites muito interessantes artisticamente falando. Que embelezam os muros. Mas há outros, deploráveis, que não deviam estar a sujar muros e paredes.

    Excelente poema!

    Gostei muito de ler.

    Votos de uma excelente semana!

    Abraço poético.

    ResponderEliminar
  14. Hás grafites que embelezam qualquer parede branca, mas há outros que nem tanto. "A evolução mostra que tudo se transforma", diz no seu poema que gostei muito, mas nem sempre para melhor...
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  15. Perfeito Ricardo!
    esses muros pintados podem ser muito atraentes se porventura "a alma não for pequena"
    e constatamos que
    "mudam-se os tempos, mudam-se as vontades..."
    abraço e boa semana

    ResponderEliminar
  16. Prefiero el blanco inmaculado.
    Ese no hiere.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  17. Eu gosto do grafite. Também do seu poema que fai muito bem a distinção entre dous mundos: o branco e o das cores. Mas não tudo vale!
    A gemte que grafitaba os comboios em Madrid, Barcelona... tenhem a minha simpatía. Eu não os levaría à cadeia por fazer isso!
    Abrazo poético,vse é que existem!

    ResponderEliminar
  18. Está muito na moda estes murais. Us muros grafitados dão uma outra beleza às ruas vazias. Adorei o poema. Parabéns Poeta talentoso! 😘
    -
    Não desejo se a deusa do teu mar...
    -
    Uma excelente semana
    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Bom dia, Ricardo!
    Absolutamente tudo muda, nesta vida...independentemente do que achamos ou não... não é verdade? Dentre essas constantes mudanças, os muros brancos vão dando lugar aos grafitados... e que bom quando este grafites são bonitos, bem feitos , como o são os seus versos... daí podem ser chamados de Arte.
    Boa semana, amigo, um abraço,
    Valéria

    ResponderEliminar
  20. Muito bonita esta poesia, meus parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  21. Há GRAFITES e grafites. Os segundos quando se apresentam como vandalismo é um horror. Obras de arte pela cidade penso que encanta o olhar.
    Parabéns querido Ricardo por mais um.poema, obra de arte.
    Beijinhos !!!

    ResponderEliminar
  22. Sou uma grande admiradora da arte de rua, arte urbana, grafite de rua; arte de calçada; arte contemporânea.
    Grafitagem NÃO tira aos muros a sua branca grandeza, sendo a maior parte das vezes, a sua branca grandeza um cinzento sujo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão, Ricardo!!!

      NÃO me puxes os cabelos, mas NÃO resisti!!!

      Eliminar
    2. Teresa

      Puxar os cabelos?. Cala-te Ryk@do lol. És um amor. Jinho

      Eliminar
  23. Boa tarde Ricardo,
    Magnífico poema abordando um tema um tanto ou quanto controverso.
    Desde que seja arte, todo o grafite é belo!
    Um beijinho e boa semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  24. pois depende ha muitos que sao so para estragar mas outros sao lindos mais um lindo poema bjs saude

    ResponderEliminar
  25. Os 'graffiters' também sabem o que é o amor.
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  26. Excelente poema!!

    Boa semana.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  27. Hay graffitis que están llenos de vida y son obras de arte.

    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  28. Tem toda a razão Ricardo, com o passar dos tempos tudo se transforma.
    Lindo soneto
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Sábia lição sobre a vida, neste belo poema! Mudamos, em todos dias... e cada mudança nos traz uma nova beleza! Meu abraço, poeta; boa semana!

    ResponderEliminar
  30. O tempo passa e em tudo deixa marcas profundas.
    Os muros «rejuvenescem», já nós...
    Ricardo, belo, colorido, poema.
    Beijo, boa semana.

    ResponderEliminar
  31. Os muros belos e brancos tornaram-se também belos graças à arte de rua.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  32. Algunas pinturas embellecen las paredes y otras no hacen nada más que afearlas. En el caso primero hay arte y en el segundo fealdad.

    Besos

    ResponderEliminar
  33. Olá! Gostei do poema, a verdade que há alguns que são giros, mas outros horríveis. Um abraço.

    ResponderEliminar
  34. Nem toda parede com grafite é bonita, gosto de apreciar as bonitas artes dos artistas com bom gosto.
    Gostei do poema.
    Abç e boa semana

    ResponderEliminar
  35. Muros que forma valorizados pelos "graffiters" e pelo seu bonito poema, Ricardo.

    Um abraço , feliz semana !

    ResponderEliminar
  36. Olá, Ricardo. Um lindo e ilustrativo soneto sobre a arte do grafite.
    Uma belíssima demosntração artística em espaços públicos.
    "Assim os muros se esquecem de envelhecer".
    Parabéns por compartilhar conosco. Abraço!

    ResponderEliminar
  37. Un poema que canta con una gran belleza a esas pinturas murales que embellecen las paredes como tus versos los papeles.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  38. Boa tarde Ricardo. Um tipo de arte que eu admiro e gosto muito. Uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  39. hola Rik@rdo!!!
    Definitivamente hay un arte que embellece y hace relucir tambien lo antiguo o deteriorado, y otro mal llamado arte que destruye lo valioso. Gran poema. Besos y feliz inicio de semana

    ResponderEliminar
  40. Os muros em que escrevemos o que desejamos sobre as nossas vidas

    ResponderEliminar
  41. Os muros grafitados pela mão de um artista, ele deixa sua bela inspiração.
    Excelente poema.

    Abraço

    ResponderEliminar
  42. Sou fã de muitos graffiti.
    A grande maioria em boa verdade.

    ResponderEliminar
  43. Uma bela homenagem a esses pintores urbanos.
    Beijos

    ResponderEliminar
  44. A mí me encantan esas paredes de la ciudad que han sido pintadas con paisajes bellos, las he visto en varios lugares, y son artistas los que hacen eso. Los graffitis de letras, esos no me gustan...son feos...pero si son pinturas de la naturaleza, me gustan mucho. Deberían pintar así las paredes viejas, para que recobren nueva vida con el arte. Un abrazo Rykardo.

    ResponderEliminar
  45. Eles embelezam muito e enchem nossos espaços vazios, nossos ambientes com cores.
    Feliz Semana.
    Atenciosamente.

    ResponderEliminar
  46. Olá, amigo Ricardo!
    Há grafites que adornam a cidade e a rejuvenesce como o poeta versejou.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  47. Si son bonitos quedaran lindos en las paredes blancas. Besos.

    ResponderEliminar
  48. Muito bonito!
    Que a juventude seja eterna!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.