sábado, 7 de fevereiro de 2009


A esperança em caudal de ilusão
Que vagueia entre ventos e gemidos
Percorre campos de paixão
Brisa fresca em corpo de afeição
Clareando sentimentos e sentidos

Lindas cores de campos em flor
Onde o teu ser caminha ao vento
Sobressaem alfaricas sem cor
Belezas raras em raízes de amor
Que exultam o teu pensamento

Abres os braços em sinal de firmeza
Danças músicas que sabes de cor
Bate no teu íntimo fresca pureza
E encontras no campo a certeza
Que cada papoila se agita por amor
.

9 comentários:

  1. A esperança é o maior dom da naturez. Gostei muito
    Isabelinha

    ResponderEliminar
  2. Muito linda e sentida esta esperança!
    Parabéns!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  3. Lindo poema!Linda foto!
    Essa Esperança inspira-me!
    Bom Domingo.
    Beijoo.
    isa.

    ResponderEliminar
  4. Vim agradecer vc por ter compartilhado o meu niver junto comigo,obrigado.

    beijooo.

    ResponderEliminar
  5. Ahh a esperança... como viver sem ela?

    bjs e boa semana

    ResponderEliminar
  6. No castelo
    Das expressões,
    Estas palavras
    Sobrevoam
    O mundo inteiro…
    Acorrenta e entoam
    Paz aos corações
    E aqui
    Ao lê-las…
    Ficarei prisioneiro

    Uma semana carregada
    De saúde,
    Paz…
    E muito amor.

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderEliminar