sexta-feira, 16 de abril de 2021

Destino traçado

( Foto da minha autoria )
... 

Olhando a jarra de flores, entendo
Que tudo na vida tem uma duração
E assim, convencido, compreendo
Tão lindas pétalas caídas pelo chão
.
Ontem, flor viçosa, bonita, florida
Botão de rosa, pétalas perfumadas
Tão rosada,  apaixonada pela vida
Hoje, pétalas caídas, rosa cansada
.
Outras bonitas rosas, abandonou
E assim terminou o seu esplendor
Uma jarra que com amor enfeitou
Deixando essas, gotejando de dor
.
Perante o destino que se diz traçado
Um dorido pensamento, me ocorre
Tudo é formoso, tudo é perfumado
Mas tudo o que nasce, um dia morre
................
"" R y k @ r d o ""
...

68 comentários:

  1. Além de belas poesias criares, ainda fotografas tão bem! Adorei! abraços, chica

    ResponderEliminar
  2. Tan limitados de vida como la flor cortada, pero con un tiempo distinto que en la infinitud del tiempo es como un pestañeo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. É verdade, tudo o que nasce acaba por morrer.
    Gostei do poema, é magnífico.
    Continuação de boa semana, caro Ricardo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  4. Así es, todo lo que nace muere y entre ese espacio de tiempo algo sucede. Aquí los pétalos dieron todo y al final cayeron al suelo dejando la flor desierta de ese amor. Un precioso poema. ABrazos.

    ResponderEliminar
  5. Lindo poema. Verdades foram ditas, tudo que tem início, um dia terá fim. É a lei do mundo, nosso destino inexorável. Parabéns pelo poema. Abraços.

    ResponderEliminar
  6. Somos como esas rosas, la vida misma.
    Bello poema en honor a la naturaleza.

    Un abrazo Rycardo
    Feliz día.

    ResponderEliminar
  7. Podemos dizê-lo de outro modo para não nos sentirmos condoídos:
    “Na Natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma” (Lavoisier).
    Vá lá. Ânimo. Afinal as pétalas caídas estão tão bonitas!
    :)

    ResponderEliminar
  8. Resume toda a existência o simples observar das rosas traduzido em poesia :), bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  9. Bela forma de representar o efêmero e a transitoriedade da existência, Rykardo.
    Beijos da Espanha

    ResponderEliminar
  10. A vida é tão fugaz que entendo que só algo como a escrita é capaz de sequer chegar perto de captar a sua essência
    Gostei Ricardo

    ResponderEliminar
  11. Tens uma bonita jarra de rosas. uma caem, mas outos botões se seguirão. Adorei o teu poema! Olha que também gosto de um bom tapete de pétalas de rosas...Agora imagina o cheirinho!::)
    -
    Se eu escrevesse a estória da minha vida
    -
    Beijos, e uma excelente noite

    ResponderEliminar
  12. É isso mesmo, nada fica, nada ficará! Tudo tem um tempo limite de duração.

    Abraço poético

    ResponderEliminar
  13. Todo tiene su principio y su fin y así se renueva las generaciones.

    Besos

    ResponderEliminar
  14. Belo poema, mas é essa a fragilidade de quem nasce

    ResponderEliminar
  15. É a metamorfose dos seres vivos... sempre em transformação até ao fim!

    Grata pelo votos de aniversário, deixo boas inspirações poéticas.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  16. Um belo poema e uma imagem exuberante.
    É o ciclo da vida, assim como as flores.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  17. Sadly everything dies. Lovely image :-D

    ResponderEliminar
  18. Infelizmente esta é a lei da vida...
    mas sejamos o melhor que podemos ser!
    Adorei voltar aqui!
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  19. "Mas tudo o que nasce, um dia morre"
    Ainda assim, ficam as sementes que irão germinar e oferecer nova floração.
    Parabéns , Ricardo, muito sensível a sua poesia. Gostei.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Todo tiene un ciclo Rick@rdo!!! y es verdad pero lo bueno es tener un alma renovada y florecida debajo de un cuerpo que un dia nos abandonara.. Besossssss

    ResponderEliminar
  21. Sempre escrevendo!
    Continue, meu caro!
    Cá estamos nós para ler.

    Um abraço!

    ResponderEliminar
  22. Tudo que nasce, morre.
    É a lei da vida, uma pena!
    Amo rosas e as perfumadas me agradam mais.
    Aqui tenho algumas. Bela foto.

    Onde moro é um condomínio de chácaras, já não é mais tão mato...bem diferente agora de quando aqui cheguei, estou por aqui até passar esse momento terrível, mas também tenho moradia na Cidade.

    Mas minha chácara tem o nome de "Casa do Mato"
    Abraços!

    ResponderEliminar
  23. Importa o que se faz entretanto.
    Abraço, bfds

    ResponderEliminar
  24. Você visualiza bem o objeto e o conteúdo do seu texto de poesia. A vida pode ser curta, atemporal e impermanente.
    Por isso, somos obrigados a preencher o dia da melhor e mais feliz possível. Cumprimentos

    ResponderEliminar
  25. Así es, amigo Rykardo. ¡Qué triste saber que todo tiene un final. Abrazos.

    ResponderEliminar
  26. Mais um bonito poema que vim cá conhecer!

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  27. A vida pode acabar num instante. Por isso, devemos gozar cada momento..Belo.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  28. Um lindo poema e uma imagem que eu adoro flores umbjo.

    ResponderEliminar
  29. Mais um excelente trabalho poético.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  30. Um poema excelente e bem verdadeiro!!!

    Beijos e um bom dia

    ResponderEliminar
  31. Um belo e inspirado poema, bem verdadeiro.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  32. Tão aleatório e tão bonito!
    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  33. Que lindo. A inevitabilidade da vida.

    Obrigada por esta linda partilha Rycardo.

    Beijinhos e bom fim-de-semana,
    Vanessa Casais

    ResponderEliminar
  34. 🎉✨🎊🎋🥀Deus é Maior que tudo!
    🌸❣️🌷🥀#Esperança #Fé
    🎊🎋🥀#Sabedoria
    🥀🌿🎋#Gratidão
    E quando a gente confia em DEUS..Ele nos surpreende....quando a gente espera Ele nos recompensa.
    Quando a gente tem FÉ ..Ele nos honra..E quando a gente tem esperança Ele faz tudo dar certo!

    Parabéns!
    Sua poesia sempre maravilhosa!

    ResponderEliminar
  35. A nossa vinda-à-Terra é uma passagem , mas convém que a saibamos aproveitar!

    Abraço solidário pela sua perda , Ricardo!

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  36. Lindo flores eu gosto muito de rosas mesmo com alguns espinhos o poema como sempre é fantástico...😘😘🌺🌷💐🌹🌻🌼🌼

    ResponderEliminar
  37. Muy bonito y cierto lo que dices. Besos.

    ResponderEliminar
  38. Olá Ricardo, lindo poema com palavras muito sábias.
    Votos de um Iluminado fim-de-semana.
    Beijinhos de Luz!
    AnaMaria

    ResponderEliminar
  39. Boa tarde Ricardo,
    Um poema belíssimo inspirado nas lindas rosas, que se vão desfolhando, tal como tudo o que tem vida.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  40. que bonito, por favor, y la foto me ha encantado. feliz fin de semana

    ResponderEliminar
  41. A Lei da Vida!
    Bom fim de semana!

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  42. Sim Ricardo os ciclos da vida são certeiros_ nada fica para sempre.
    Gostei muito da jarrinha de flor_ boa inspiração.
    Fica bem e saude Ricardo

    ResponderEliminar
  43. Essa é que é a verdade! Um belo poema. :) Bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  44. Gosto de flores nos jardins 🌺 nas jarras, sem raízes, são cadáveres!!
    Enquanto que a tua POESIA é profundamente viva.
    Beijo com toques primaveris 🌺

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa

      O que te faz ser tão sarcástica, lol?
      Beijo perfumado

      Eliminar
    2. Não gostar de flores numa jarra, não significa que eu seja sarcástica!!

      Eliminar
    3. Respira, respira, abre a alma e o coração.
      Beijinhos aromado

      Eliminar
  45. Si nos fijaríamos mas en la naturaleza comprenderíamos mas ciertas cosas y como nos muestras en tu bello poema la vida no es eterna y tarde o temprano llega su fin.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  46. A dura realidade em palavras harmoniosas!
    É bom que saibamos aproveitar o intervalo, o caminho, a paisagem que nos é dada a desfrutar;
    e que concedamos, às outras rosas que connosco partilham o momento, um pouco do nosso perfume.

    Bom fim-de-semana, amigo Ricardo!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  47. Belo e harmonioso poema.
    A vida é um ciclo. Até para as flores.
    Nascem, crescem viçosas, depois morrem...

    Gostei muito, amigo Ricardo!
    Votos de um excelente fim de semana!

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
  48. Olá Ricardo
    Belo poema, desejo um ótimo final de semana, bjs.

    ResponderEliminar
  49. Gostei de ler.
    Abraço, saúde e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  50. Boa meu querido amigo Ricardo. Espero que a sua inspiração nunca morra meu grande amigo. As rosas passam, mas o seu texto permanece.

    ResponderEliminar
  51. Amei o poema, que faz refletir sobre a necessidade de aproveitarmos cada minuto e cada coisa que nos cerca. E linda a foto.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderEliminar
  52. Oi, Rykardo!!
    Tudo irá perecer, mas enquanto existir vida, existirá o olhar para o belo e para tudo o que pode enriquecer nossa alma.
    Beijus,

    ResponderEliminar
  53. Sim caro Ricardo,fez uma comparação perfeita.
    Somos cheios de vida,de sonhos. Temos beleza e fragilidade. A vida finita.
    Ficou lindo!
    Bom dia.

    ResponderEliminar
  54. Gustoso de saludarte amigo, un bello alegato a la vida y al amor, aunque en el amor, todo es perdurable, el gran amor es todo lo contrario, puede vivir eternamente y su belleza madurar con el tiempo como el buen vino madura y descansa en barrica roble.
    Un abrazo y buen fin de semana.

    ResponderEliminar
  55. É esse o destino o único de tudo o que nasce de que serve a rejeição se é tudo o que temos de certo?! Pode ser-se tudo, ou ser-se nada, a verdade é que tudo acaba! Muito bom, gostei dete poem um pouco nostálgico como também é meu timbre.

    Óptimo domingo!

    ResponderEliminar
  56. Peço desculpa pela falta de letras no comentário, tenho algumas teclas presas e acabo esquecendo.

    ResponderEliminar
  57. Oi Ricardo,
    Estou lhe achando muito triste hoje.
    É algo que não possamos saber?
    Não se entristeça, não vale a pena!Uma boa noite.
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  58. Asi es todo es efímero en esta Tierra , pero eterno en lo divino.

    ResponderEliminar
  59. É a lei da vida meu amigo, tudo tem um fim, daí ser tão importante, aproveitar ao máximo o presente.
    Lindo poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  60. Tão verdade. É assim a vida e nada é para sempre. Só temos de saber viver da forma mais sábia.
    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  61. Belo poema! Tudo morre a morte física! Só morre a morte espiritual quem assim escolher nesta vida! Abraço

    ResponderEliminar
  62. Olá, poeta Ricardo!
    Muito bonito, no conjunto desde a foto ilustrativa.
    Um poema que nos chama à realidade da efemeridade.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.