sexta-feira, 24 de abril de 2009

caminhar ... pensar ... sonhar

Percorro em sonhos
Caminhos sagrados
Doces; amargos, isolados
Sozinho, no sentir
Sorrisos por descobrir
Árvores de folha cinzenta
Suores quentes
No frio do pensamento
O ser, o momento
O sonhar acordado
Por um beijo prometido
E nunca dado
Não faz sentido
O querer; o desejar
Uma forma louca de amar
O sentimento
A dor, o tormento
De um amor impossível
No coração, o sofrimento
Ao som dos passos cansados
Penso, porque razão
Percorro em sonhos
Caminhos sagrados
.

2 comentários:

  1. A amizade é o conforto indescritível de nos sentirmos seguros com uma pessoa, sem ser preciso pesar o que se pensa, nem medir o que se diz.
    (George Eliot)

    Tenha um final de semana com muito carinho.
    Um abraço

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.