segunda-feira, 30 de março de 2009

Só nós dois, sentados ...


Sentados
Na areia molhada
De uma praia qualquer
Sinto o fresco da tua presença
Carinho de mulher
Sou tudo e não sou nada
Perante a anuência
Da tua voz apaixonada
Que me fala
Num sorriso delicioso
Sinto os teus lábios tremer
De amor, olhar malicioso
Ferver, em lume ardente
Num abraço apertado
Dado docemente
Coração entregue, desamparado
Esperando
O meu enleio desajeitado
Em redor do teu corpo
Deleitado
E num só, nós dois
Nos cingimos
Juntos e “abandonados”
Sentimos
Que estamos apaixonados
.

10 comentários:

  1. é tão bom sentado conversando com quem se ama!

    ResponderEliminar
  2. Dois seres, duas almas e um só coração

    O amor é lindo, não acham?.
    .

    ResponderEliminar
  3. O amor em todo o seu esplendor. Fresco e muito bonito.
    bjs.

    Isabelinha

    ResponderEliminar
  4. A sintonia dos sentidos na sinfonia dos afectos, coisa boa e magnifica!
    Sentir, seja pelo tempo que fôr, que a nossa alma se fundiu a outra alma e juntas serão apenas uma.... Fabuloso e doce engano!

    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Mais um lindo poema para encantar almas!

    Bjos meu amigo, boa semana!

    ResponderEliminar
  6. Meu caro àguia, as tuas palavras são magnifícas.

    ResponderEliminar
  7. L

    Confesso que já estava com saudades tuas

    :))

    ResponderEliminar
  8. Amigo: quem Ama e é amado...nunca se sente só...No entanto ñ se quer ninguém por perto...Será uma multidão...
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar