quinta-feira, 9 de setembro de 2021

Espinhos em doces beijos

 

( imagem da net )
...

Sabia que eras uma rosa com espinhos
Mesmo assim quis pedir-te namoro
Desejava receber de ti suaves beijinhos
Afinal também recebi algum vil choro
.
Não foi chorar, por não me aceitares
Pois sempre me ofereceste miminhos
Foi por ao abraçar-te, tu me picares
Com os teus duros e afiadas espinhos
.
Claro que dei um brado ao ser picado
Claro que reparei como ficaste aflita
Qual o homem que ao ser abraçado
Sentindo uma forte picada, não grita?
.
Confesso que antes queria, que no beijo
Em vez de espinhos, ter a pétala da flor
Não ser picado seria um distinto desejo
Trocar os espinhos por um beijo de amor
.
Quem olha esse teu sorriso encantador
Não vislumbra os teus espinhos afiados
Quem ama, enlaça e cinge, com amor
Vê esses bicos como afetos enamorados
………….

»» R y k @ r d o ««

.

73 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. O Amor também tem os seus espinhos...pode desiludir....
    Interessante....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  3. Puede mas el amor que el dolor, y dicen que en todo amor siempre hay algo de dolor. Abrazos

    ResponderEliminar
  4. Las rosas son así, pétalos y espinas.

    Besos.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, Ricardo!
    Exstem amore assim. Platónicos. .Os espinhos fazem parte, mas nem tanto à terra nem tanto ao mar. Mas, realmente, este amor tinha os espinhos/agarras, prontinhas para fazer das suas. Lool. O poema é excelente. Adorei :)
    .
    Escrever, é falar em silêncio
    .
    Beijos. Votos de um dia feliz.

    ResponderEliminar
  6. Al amor no le importan las espinas de la flor, sólo aprecia los pétalos de esta.
    Un poema que me gustó leer.
    Saludos cordiales

    ResponderEliminar
  7. Bom dia
    Mais uma visita matinal para recordar durante o dia .

    JR

    ResponderEliminar
  8. Las rosas mas bellas tan bien tienen espinas . Abrazos y feliz día.

    ResponderEliminar
  9. Ellas son vulnerables , las han dotado con espinas como medio de defensa y también con unos suaves pétalos. Sus pétalos son muy tiernos y en cualquier momemento, puede ser deshojada, de ahí de ese medio de defensa, para alejar a aquellos que vienen a aprovecharse de su fragilidad.

    Besos

    ResponderEliminar
  10. Espinhos de amor...Mostra que tudo deve ser bem pensado antes de tocar para não se machucar...Linda poesia! abraços, chica

    ResponderEliminar
  11. Bom dia de paz, amigo Ricardo!
    Qualquer um pode amar uma flor... Mas é preciso ser nobre para amar os espinhos...
    Lembrei-me ao ler aqui.
    O poema da para sentir a puxada do espinho no abraço, e como dói.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos

    ResponderEliminar
  12. Olá Ricardo,
    Mais um formidável poema de amor, sempre repleto de uma enorme inspiração.
    Gostei muito, parabéns!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  13. Os amores nem sempre são só flores!

    Tenha um bom dia, Ricardo!

    Saudações

    ResponderEliminar
  14. Spine pungenti d'amore, che feriscono l'anima...
    Versi originali e di bella lettura
    Buon mercoledì, Riccardo,silcia

    ResponderEliminar
  15. Meu caro amigo, todas as rosas têm espinhos : é da Natureza...


    Cordiais saudações e boa tarde :)

    ResponderEliminar
  16. Mais um bonito poema que vim cá conhecer.
    Desejo resto de uma boa semana, com saúde e inspiração.
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  17. Todas as Rosas Têm espinhos, e só quem ama, gosta delas como são.
    Maravilhoso poema.
    Beijo

    ResponderEliminar
  18. Quem dera pudessemos, no amor, ter somente a pétala da flor em vez de espinhos, Ricardo.
    Belíssimos versos.
    Tenha uma abençoada nova semana.
    Um abraço
    Verena.

    ResponderEliminar
  19. Ricardo poema muito simples muito bonito, a indicar o que penso: simplicidade é qualidade! Abraço!

    ResponderEliminar
  20. me gusta eso de acmabiar espinas por besos...ojala lo hagamos más seguido
    muchos necesitan un abrazo fraterno.

    Buena semana.

    ResponderEliminar
  21. Ten presente que toda rosa tiene espinas pero también tiene una suave y agradable fragancia y unos pétalos tan bellos cómo suaves así que quédate con todo o bueno de la rosa y procura esquivar las espinas.Saludos

    ResponderEliminar
  22. Un placer disfrutar de este poema.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  23. Obrigada por brincar conosco, Ricardo
    Um grande abraço
    Verena.

    ResponderEliminar
  24. Como en el jardín de invierno, el amor siempre puede volver a florecer. Con la floración serán abundantes las espinas, pero también las rosas.
    Un abraço.

    ResponderEliminar
  25. Encantador este divertido poema de amor.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  26. Gostei muito do seu poema!!! É uma pena que nem tudo são flores, né? Quem dera só recebesse as pétalas e não houvessem espinhos, seria perfeito!!!
    Continuação de uma felizzzz semana, Ricardo, um abraço
    Valéria

    ResponderEliminar
  27. Ah, quantas saudades eu
    tinha do seu bom humor,
    poeta.
    Um abraço de agradecimento
    e admiração.

    ResponderEliminar
  28. Muy bello y sentido poema, felicitaciones poeta.
    Abrazo

    ResponderEliminar
  29. Oi Ryc@rdo existem pessoas que a língua é a melhor representação do espinho, quando elas falam ferem profundamente e as vezes irremediavelmente.
    Lindo poema.
    Abraços,vi

    ResponderEliminar
  30. Lindo poema, amigo Ricardo!
    Onde o amor passeia, com muito bom humor...

    Gostei muito de ler.

    Continuação de ótima semana.
    Abraço amigo.

    Mário Margaride

    http://poesiaaquiesta.blogspot.com

    ResponderEliminar
  31. Que palavras doces e gentis.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está de volta com muitos posts novos! Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderEliminar
  32. Algunas veces las desilusiones se visten de espinas!
    Precioso poema!
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  33. Rosa na sua beleza espinhosa e um poema no seu encanto amoroso!!! 👏👏👏... Bj

    ResponderEliminar
  34. Ricardo,
    Que delicias essas
    maravilhas que somente
    a poesia nos presenteia.
    Lindos versos.
    Encantada,
    deixo
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  35. Olá , Ricardo . Já disse o poeta : "Não se pode conhecer a beleza da rosa sem passar pelos espinhos ." Belo poema . Abraços . Boa noite

    ResponderEliminar
  36. Simples mas maravilhoso!!

    Cumprimentos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  37. Bello poema el amor no solo tiene cosas buenas tambien tiene altibajos. Te mando un beso

    ResponderEliminar
  38. Lindíssimo poema!!
    Continuação de boa semana

    ResponderEliminar
  39. Poema muito interessante, Ryk@rdo. O amor tudo suporta, inclusive os espinhos.
    Boa noite. Meu abç

    ResponderEliminar
  40. Linda poesia e é como se diz: para sentir o cheiro da rosa é preciso enfrentar os espinhos.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderEliminar
  41. O amor nem sempre é feito de rosas, haverá também os espinhos que ferem os corações!
    Mais um lindo poema.
    Abraços!

    ResponderEliminar
  42. Mesmo com os espinhos e as picadelas vale sempre a pena inalar o aroma da rosa.

    ResponderEliminar
  43. Complimenti per la grande sensibilità. Un saluto.

    ResponderEliminar
  44. El amor es una rosa con espinas que hiere, pero que hermoso es amar. Precioso poema amigo. Saludos.

    ResponderEliminar
  45. São as mais belas, as que têm espinhos.
    Abraço

    ResponderEliminar
  46. Oi Ricardo querido, bom dia!
    Passar por aqui e ler os belos poemas que encontro é p/deixar muitos parabéns mesmo!
    Bjsss amigo

    ResponderEliminar
  47. Muito bonito o poema. Gostei!

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderEliminar
  48. Excelente poema de amor.
    Gostei imenso.
    Continuação de boa semana, caro Ricardo.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  49. Todas las rosas llevan espinas... y tarde o temprano pinchan.
    Gran poema.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  50. Um exquisito poema onde se reflexan as duas caras do amor que não sempre são pétalas da rosa, mas também as espinhas.
    Gostei do ar desenfadado que se desprende.
    Aperta

    ResponderEliminar
  51. As rosas têm espinhos, mas em contrapartida, há que aproveitar o perfume das rosas.
    Belo poema.
    Cumprimentos Ricardo

    ResponderEliminar
  52. Seria maravilhoso que todo o amor fossem rosas sem espinhos, mas nem sempre assim é.
    Sentido e belo poema.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  53. Lindo, como sempre! O amor e as suas complexidades! Uma boa tarde!

    ResponderEliminar
  54. O amor cheio de altos e baixos. Que belo poema. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  55. As rosas mesmo com seus espinhos não perdem sua beleza e odor maravilhoso. Grande abraço meu amigo Ricardo.

    ResponderEliminar
  56. Linda poesia.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  57. Encantador poema mais uma vez, mas sofredor de alguma maneira, do amado que quer abraçar o outro e encontra desafios e dissabores. Mas é ao tentar que nós sabemos.
    Maravilhoso.
    Resto de dia feliz.

    ResponderEliminar
  58. Excelente o teu poema Ricardo!

    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  59. Oi Ricardo,
    Não escapa nem a bela rosa. Deve ser muito linda por um amor impossível.
    Gostei da criatividade!
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  60. Querido Ricardo, quem leva uma flor🌷 de certo levará alguns espinhos!

    Saúdo do Brasil com uma boa tarde!

    ResponderEliminar
  61. Dicen que las rosas mas bellas son las que mas espinas tienen al contrario que tus poemas que sin tener espinas son muy bellos.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  62. Poemaço!!!!!
    Parabéns pelos lindos versos poeta!!!

    ResponderEliminar
  63. Ricardo mais um poema inspirador, versos lindos que nos contemplam, abraços.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  64. espinhos por vezes fazem bem bonito poema bjs saude

    ResponderEliminar
  65. Bom dia, Ryk@rdo
    Mas não será por isso que as rosas são tão fascinantes? Para além da beleza óbvia, da macieza das pétalas, do aroma suave, para além de tudo isso, não será o desafio dos espinhos que nos leva a querê-las tanto? Era bem mais fácil amar uma papoila, uma margarida... Mas não. Almejamos as rosas. As espinhosas e altivas rosas. Aprender a conviver com as picadas é uma emoção, exibir essas belas flores na jarra da nossa sala é uma condecoração. Gostar delas selvagens, nos roseirais do caminho é uma vocação.
    Lindo poema sobre os desafios do amor e do desejo, sobre a vontade de querer ir mais além.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  66. Uma verdadeira rosa... tem de ter sempre os seus desafiantes espinhos a acompanhar!... Senão seria uma flor... que talvez já não se sentisse ser tão memorável... e já não seria a mesma coisa... :-))
    Belíssimo poema, que tão bem abordou tão espinhosa temática! Um grande abraço!
    Ana

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.