domingo, 2 de agosto de 2020

Desabrochar Espinhos


...
Existe o amor, o sonho, uma imagem presente
A dúvida, o despertar, a realidade, a sabedoria
Uma flor, a rosa em botão, abrindo docemente
O devaneio, a mensagem, a doçura da fantasia
.
 Um amor sentido, que o meu coração, abalou
Porque no teu apenas existiu a pura falsidade
Tens um coração que de verdade nunca amou
Como ama um coração, um amor de verdade
.
Queres ser livre, como o vento, na sua viagem
Botão de ternura desfolhando em flor perfeita
Escolhendo o jardim onde queres deixar amor
.
Que importa o esvoaçar na frescura da aragem
Se a hipocrisia do sorriso no coração se deleita
Quando o desabrochar são espinhos, e não flor

...........................................................................

Para todas as amigas e amigos deste nosso cantinho, um feliz fim de semana

" R y k @ r d o "
...

48 comentários:

  1. Boa tarde, Rike!
    *
    Um poema muito poderoso
    Para um sentimento verdadeiro
    Não existe espinhos nas rosas
    Quando o teu coração bondoso
    Nos oferece as poesias mais formosas
    E serás sempre, o meu Poeta, Primeiro!
    *
    Um poema profundo, que toca forte (cá dentro) Lool. AMEI 🍀

    **
    Beijo e um excelente fim de semana!

    ResponderEliminar
  2. Hoje em dia quem decide amar precisa ter cuidado e coragem.
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  3. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema.

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Não te vou dizer que a vida é bela, mas posso dizer-te que se pode sonhar enquanto se vive e isso é que interessa.
    :)

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Ricardo,
    Um poema belíssimo, muito inspirado como lhe é habitual.
    Gostei bastante.
    Um beijinho e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  6. Poema nas contradições do amor. Momentos tão pessoais e criativos que por vezes retemos e transcrevemos com palavras desfeitas de mágoas e onde o amor teima em resistir.
    Gostei.

    ResponderEliminar
  7. La vida es un sinfín de cosas, y sobre todos momentos o instantes que son la sal de ella ...vivamos pues esos momentos y dejemos fluir el amor y la amistad .
    Parte esencial de la vida.
    Una abrazo feliz noche.

    ResponderEliminar
  8. Ay el amor y sus contradicciones!
    Pero absolutamente merece ser vivido!
    Es vital.

    Un poema hermoso!
    Un saludo.

    ResponderEliminar
  9. ... "Um amor sentido, que o meu coração, abalou
    Porque no teu apenas existiu a pura falsidade
    Tens um coração que de verdade nunca amou
    Como ama um coração, um amor de verdade*...
    Um poema muito forte, profundo que faz abalar as estruturas e dá um nó no coração e não o laço...
    Amar e não ser amado... Dói!
    E como Dói...
    Parabéns

    ResponderEliminar
  10. Ricadordo,
    Você escreve muito e bem!
    Quero elogiar seu texto aqui
    e agradecer por comentar
    Blog Delas&Deles. Poucos tem sua coragem.
    Bjins de gratidão e admiração.
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  11. Ao amor non hai que lle ter medo, nin esconderse. Hai que encaralo de fronte e vivilo.
    Eres un poeta de cabeza aos pés.
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  12. Linda poesia! Ótimo fds! Abraços,chica

    ResponderEliminar
  13. Qué é o amor? Eu non sei qué é o amor! Momentos? Un estado de ánimo? Paixón? Amizade? Desejo?Atracción?.... Realmente non é algo que esté ahí constantemente, cada segundo do día e da noite.
    Amor, cariño, tenrura...? Componse o amor de tantas sutilezas? Ten que ser correspondido na mesma intensidade e medida? Cómo é iso? Cada vez estou mais confusa co amor. Non sei definilo. Non sei se o teño sentido. Non sei se existe! Sei do bulir das bolboretas ahí adentro, das ganas de compartir algo con outras persoas, de sentir a sua ausencia, a sua presencia, o seu esquecemento....o seu/meu abandono... pero non sei mais...
    Un poema que se sinte e se vive, é sempre un bo poema. Seguro que o seu o é, de certo! Saúdo.

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde meu nobre amigo! Espero que se encontre bem, cheio de saúde, e com lindas pérolas poéticas como essa que acabei de ler. Amo ler a intensidade dos sentimentos, e nisso você é mestre.

    Grande abraço
    Dan

    ResponderEliminar
  15. Que belleza de amor se desgrana en tus letras. Cuanto bonito sentimiento. Muchos besos

    ResponderEliminar
  16. Boa noite Ricardo
    Um poema muito lindo. Você faz poemas muito criativos. Enorme abraço.

    ResponderEliminar
  17. Ah, o que é o amor, que mesmo em face de desencantamento é desejado.
    Sofre-se e vive-se deste amor como bem traduz sua poesia sentida.
    Arte da poesia, vestir o amor e o desvestir.
    Haja flores e os espinhos são os dissabores, mas não ofuscam a beleza das flores.
    Aplausos nobre poeta dos sonetos belos.
    Meu abraço e feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  18. É o que eu digo!! A inspiração é uma constante neste poeta! : )
    Bom fim de semana, Ricardo!

    ResponderEliminar
  19. Triste poema que llega al alma. Saludos amigo.

    ResponderEliminar
  20. No hay espinas sin sufrimiento.
    Precioso poema amigo.
    Feliz domingo.

    ResponderEliminar
  21. Amor com picos (espinhos)? Não me parece bem.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  22. Há amores assim, fingidos.
    Poema inspirado, poeta. Gostei!
    Beijo, excelente Agosto.

    ResponderEliminar
  23. Hermoso poema Ricardo.

    Buen y feliz verano.

    Bendiciones.!!

    ResponderEliminar
  24. Um poema rasgante e desabafante, muita reflexão contida!
    Bom domingo e bom Agosto... Abçs

    ResponderEliminar
  25. Poeta, Ricardo !
    Conclusão amarga, em tom poético, de um amor
    que decepcionou...
    Um texto explícito, Amigo. Parabéns !
    Uma ótima semana e um fraternal abraço, aqui
    do Brasil.
    Sinval.

    ResponderEliminar
  26. Hermoso poema.. Bom domingo e bom Agosto

    ResponderEliminar
  27. 🤗Love this❣
    Cada dia traz consigo uma bênção única e especial. Aproveite a sua hoje. Bom dia de domingo! Beijo GRANDE! 💋

    ResponderEliminar
  28. Um poema tão profundo como belo.
    Gostei muito de ler
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  29. Após a noite de ontem, até receio entrar AQUI.

    A tua inspiração é absolutamente poderosa, Rike.

    Beijo de alguém que SEMPRE quis ser livre, como o vento...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa

      Este cantinho é teu, meu, nosso, de todos. Fiquei triste, confesso. Mas dou-te os parabéns, pela equipa do teu coração, fazer uma época fantástica.
      Acredito que a próxima época será vermelha. É bom que não sejam sempre os mesmos a ganhar.

      Beijinho em TU
      Tem um domingo feliz (que acredito que tenhas de sorriso aberto e largo)

      Eliminar
    2. "...equipa do teu coração, fazer uma época fantástica."
      Estás a brincar comigo?!
      O FCPorto ganhou o campeonato e a taça, porque a equipa do teu coração, Ricardo, ainda conseguiu fazer uma época pior.



      Eliminar
  30. Um feliz domingo :)

    Blogue recanto c/tempero

    ResponderEliminar
  31. Boa tarde poeta Ryk@rdo. Parabéns pelo poema belíssimo. Nem sempre o amor é retribuído da forma que pensamos.

    ResponderEliminar
  32. Uma reflexão dolorosa expressa num bonito poema.

    Bom domingo Ricardo

    ResponderEliminar
  33. Ricardo um belo poema que você trouxe, muitas vezes o amor é só falsidade, Ricardo abraços.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  34. Vir aqui, nunca desilude =)
    Sempre bonitos os poemas

    Beijocas

    ResponderEliminar
  35. O poema do desencanto! O amor é uma a moeda de duas faces. É complicado duas pessoas literalmente diferentes, encontrarem aquela harmonia em que nenhuma das duas seja penalizada. Uma dança que requer treino, cumplicidade, paciência e muito conhecimento mútuo... e sobretudo continuar a recriar-se ! Isto se quiserem uma relação longa e com qualidade.

    A esta hora, só lhe posso desejar, boa semana.

    ResponderEliminar
  36. Um poema engraçado que diz tudo o que tem a dizer!
    De que vale a liberdade que muitos preferem manter?

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderEliminar
  37. Foram cardos, foram prosas.
    Conhece?
    Lembrei agora a letra.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  38. Un poema que llega profundo mi amigo,
    que tengas un buen inicio de semana.

    Besitos dulces
    Siby

    ResponderEliminar
  39. Certos espinhos... são difíceis de se soltarem!
    O meu aplauso e boa semana!

    ResponderEliminar
  40. Muito bonito e tocante!!

    Beijos e abraços.
    Sandra C.
    Bluestrass

    ResponderEliminar
  41. A cada passo na vida há espinhos à espreita por entre as flores. Nunca se está precavido.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.