sexta-feira, 10 de julho de 2020

Coração arrancado do peito


...
É o dormir, o descanso, charmosa fantasia
Que nos sossega a mente, nas noites frias
Tantas vezes acompanhado de mera utopia
Num imaginário de desventuras sombrias
.
Esvai-se o sonho, quando a alma desperta
De uma viagem profunda pelo sentimento
Tantas vezes a quimera é de lógica incerta
Enganando o desejo do nosso pensamento
.
Quando a mente acorda, e o sonho esquece
Dos reflexos idealizados não se lembrando
Diz o acordar que nem tudo é o que parece
.
Sendo o alheamento a dor do sonho desfeito
Talvez seja a mente que nos estará alertando
Que algo arrancou o coração do nosso peito

...

" R y k @ r d o "
.

48 comentários:

  1. Oh! How true Ricardo!
    Many times have I awaken and lost all connections with my dream.
    To not know the ending...or maybe my subconscious mind did know but my heart refused to listen.

    Excellent and beautifully written 🌷

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JFM/Jan

      We think we are owners of the heart and editors of the dream. Wrong. They are owners and editors of us

      All the best for you

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Teresa

      Poesia, apenas letras e poesia
      Que se escreve na contradição
      Nem sempre a dor é fantasia
      Também se ri com dor no coração

      Eliminar
    2. Mesmo de coração arrancado do peito a tua POESIA é coisa linda, Rike.

      Eliminar
    3. Teresa

      Estás aqui dentro do meu »»»»»» ❤
      Que o sol esteja sempre no teu olhar
      Para que mesmo em dia não
      Possas sorrir de satisfação
      Por existir luz no teu caminhar

      Para ti um 😘

      Eliminar
  3. Que drástico, não chega ficar com ele partido?

    Bom dia, Ricardo :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. amiga nomame

      Sabe-se que um coração partido
      Pode ser pior que arrancado
      Pois um amor muito sentido
      Prefere morrer que ser danificado

      Eliminar
  4. Que instigante isso...Ficar sem o coração no peito é "esfriar"!...Lindas poesia! abraços, chica

    ResponderEliminar
  5. "Que algo arrancou o coração do nosso peito"
    Muito forte!
    Um poema para pensar, sentir e lágrimas rolar!
    Gostei!
    Como sempre você é fantástico nas suas poesias...
    Parabéns!

    ResponderEliminar
  6. Ai você escolhe, poeta. Viver o sonho
    ou sonhar a vida. Quanto ao preço, o
    que importa, se Inês é morta? (risos)
    Um abraço, querido amigo Rikardo.

    ResponderEliminar
  7. Alimentar el sueño de fantasía es una gran labor. Al despertar seguro que nos sentimos mucho mejor.
    Un buen viernes.

    ResponderEliminar
  8. Irretocável elaboração poética num soneto dos
    mais sensórios e belos.
    Meus cumprimentos, Rikardo, e votos de continuado
    sucesso.

    ResponderEliminar
  9. nao pode ser pois sem o coraçao nao se vive hehe lindo bjs

    ResponderEliminar
  10. Que linda poesia,sabe que li cantando ...
    Fazia muito tempo que eu não via um verso tão bonito .
    beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cantar é sinal de felicidade
      Que ao coração diz
      Se cantou mesmo de verdade
      Digo-lhe com simplicidade
      Que me deixou muito feliz
      ..................
      Retribuo as beijocas

      Eliminar
  11. O meu verso preferido, a jóia da coroa: «Sendo o alheamento a dor do sonho desfeito».
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lenor

      É sempre uma grande felicidade acertar no teu (bom) gosto.
      ;)...🌹

      Eliminar
  12. Boa tarde Rike!
    -
    Grande dor deves sentir
    Nesse acordar turbulento
    Não deixes o coração desistir
    Nem te deixes levar pelo tormento
    .
    Acorda sossegado, respira fundo
    Repara se ainda tens o coração
    Não o deixes nem por um segundo
    Mesmo que o alerta seja de emoção
    -
    Poema soberbo, o Teu! AMEI. 🍀😘
    .
    Beijo e um excelente fim de semana

    ResponderEliminar
  13. Triste pero hermoso dentro de su contesto este poema amigo!
    Besitos y buen finde tengas.

    ResponderEliminar
  14. Rik
    Um soneto bem construído mas muito nostálgico.
    Desejo um bom fim-de-semana, com muita saúde e paz.
    Muito obrigada pela sua visita e comentário.
    Fico muito feliz!
    Beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  15. Bonito, mas também com alguma nostalgia …
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  16. Senti uma certa nostalgia ao ler esse poema.
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  17. Um acordar um pouco agreste e triste,mas é um belo poema.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  18. "La vida es sueño" es una obra dramática de un célebre escritor del s. XVII y concluye: "Que toda la vida es sueño/ y los sueños, sueños son".
    El tuyo es un sueño con "saudade".

    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  19. As vezes o coração sai do peito mesmo e bate muita tristeza.
    Bela poesia, rsrs.

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  20. Como siempre, un gran poema.
    Un abrazo.

    ResponderEliminar
  21. Coração arrancado do peito é complicado... Gostei muito do poema.
    Bom fim de semana, tudo de bom.

    ResponderEliminar
  22. Dentro ou fora do peito, importante são as pulsações na medida para que o outro o perceba. Logo valerá a metáfora de vê-lo arrancado sangrando...
    Um abraço, meu caro poeta.

    ResponderEliminar
  23. I agree with you...
    wake up and forget the dream

    ResponderEliminar
  24. Olá Ricardo,
    Lindíssima poesia.
    Você é o cara
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  25. Belo poema

    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  26. Acredite Ricardo!
    Um dia as estrelas brilharão e iluminarão esse coraçãozinho!
    Tudo tem o seu tempo para acontecer ou renascer!
    Um Abraço esperançoso!🌼❤🌼
    Megy Maia🌈

    ResponderEliminar
  27. Sensação que sentimos quando vislumbramos a perda de quem amamos.
    E cantar em versos é um alívio que ameniza tambem o coração de quem lê.
    Obrigada Ricardo

    ResponderEliminar
  28. Olá, amigo!

    Gostei do seu soneto, escrito com todos os erres e esses!

    Bom resto de fim de semana para si1

    ResponderEliminar
  29. Lindo soneto! Você é deveras, um poeta. Parabéns!

    ResponderEliminar
  30. Bonito poema, sonhos aliviam o coração partido quando não conseguimos dizer adeus de dentro para fora.
    Abraço!

    ResponderEliminar
  31. Foi duro de roer, mas quando o coração regressar, irá escrever por prazer.

    As rosas também têm espinhos, não é, Ricardo?

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
  32. Adoro dormir e ter sonhos de que depois me lembro. Este é um poema para pensar

    ResponderEliminar
  33. Bom dia de domingo, poeta Ricardo!
    Todos estamos com o 💙 nas mãos, tensos, desolados, é Pandemia e nada está igual. Nossos sentimentos oscilam.
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Abraços fratermos de paz e bem

    ResponderEliminar
  34. Le veo como si el propio poeta se autoinflige la amargura, porque si sabe que sus suños son utopías, no se como quiere que aquello no le deje secuelas en su corazón...

    ResponderEliminar
  35. São muito lindos estes versos que transmitem a tristeza de quem tem o coração triste!

    Abraço

    ResponderEliminar
  36. A dor é tanta que nos faz acordar de um sono profundo. Acordamos de mente cheia e vazio no nosso peito.

    Boa continuação.
    Grande Abraço

    ResponderEliminar
  37. Um excepcional poema dominado pela nostalgia/tristeza!

    Mas são sentimentos que fazem parte do mundo poético! Adorei!!!

    Um abraço!

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.