quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Lágrima



Vivida a vida crispada de decepção
Fui-me aproximando devagarinho
Gravei-te em meu coração
Que, por ti, sofre sozinho
.
Aquele primeiro beijo trocado
Me fez voar através do infinito
Recordo o 2º, o 3º, outro dado
E nenhum deles foi o mais bonito
.
O último sim, soube a carinho sincero
Como todos dado por felicidade
Hoje sinto aquilo que não quero
Por me fazerem tanta saudade
.
A saudade é crua e deveras dorida
Nem sei como definir essa saudade
Talvez que eu ao longo da vida
Saiba chorar lágrimas de felicidade

4 comentários: