terça-feira, 28 de abril de 2009

Estar no teu acordar...

Quero ser um dos teus sentidos
O teu acordar feliz, prazenteiro
Ser o teu pensamento primeiro
Entre todos os sonhos vividos

Quero ser a alvura que te alumia
O caminho que trilhas na direcção
Ser a frémito do teu bonito coração
A bússola que na existência te guia

Quero ser a vontade da tua alma
A chama que arde em teu peito
Ser a palavra que gere o pleito
Quando o teu desejo pede calma

Quero ser a avenida da tua jornada
A calçada feita luz dos teus passos
Ver-te "perdida" nos meus braços
Para que te sintas, mulher amada

7 comentários:

  1. O bonito do amor é isso...ser TUDO um para o outro!

    Ótimo dia pra vc...bjo!

    ResponderEliminar
  2. Tão bonito de ler e sentir

    Beijooooooooooooo

    Luisa santos

    ResponderEliminar
  3. As tuas quadras são música para o meu coração.
    Beijinho da tua amiga

    Fernandinha

    ResponderEliminar
  4. Lindo poema e muito inspirados como sempre são teus versos poeta!
    Parabéns!! Beijos Luz! RO

    ResponderEliminar
  5. Queres. Também eu! No fundo, todos queremos ser assim. Tanto, como queremos que haja quem queira o nosso querer.
    :)

    ResponderEliminar
  6. Espero que não queiras só ser tudo isso, mas que sejas mesmo,o amor é o sentimento mais belo que existe
    beijo

    ResponderEliminar
  7. Muito bonito este teu poema... como o são todos.

    O teu voar, é limpido transparente.

    Beijo.

    ResponderEliminar