sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Lá ao fundo


Fecho os olhos
Deixo divagar o pensamento
Vislumbro a luz
Lá ao fundo
O escuro, a noite calada
Sentido que traduz
A esperança adiada
O carinho de um olhar
Que me pode dar
Sem eu saber
Um amor profundo
Carinho, doçura
Que na própria loucura
Exalte o que estou sentindo
Para que eu,
Pressentindo
Abra os olhos
E te veja
Olhando para mim
sorrindo

7 comentários:

  1. E o Amor vai sorrir,sorrir para ti,Amigo de Alma bem doce.
    Beijo
    isa.

    ResponderEliminar
  2. Conclusão: quanto mais vezes fechares e depois abrires os olhos, mais sorrisos vês. Para o meu, abre agora. Depois vou-me embora e já não o apanhas.
    :)))

    ResponderEliminar
  3. no proximo encontro dos tertl. eu vou sorrir para ti eheheheh!!
    ..

    ResponderEliminar
  4. @margaridabenfiquista

    Ficarei à espera de ver esse teu bonito sorriso

    Bjs. AL.
    .

    ResponderEliminar
  5. Lindas palavras...
    Bom fim de semana pra ti,
    bjo carinhoso,
    Branca.

    ResponderEliminar