segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Deixa-me ver-te sorrir.

Deixa-me olhar-te em silêncio
Sem palavras dizer que te amo
Sorrir
Deixa-me fixar o teu olhar
Fechar os olhos, te imaginar
Que da árvore és o melhor ramo
Deixa-me que te ame
Que te admire
Que o teu amor me inspire
Quando por ti estou chamando
Deixa-me estar a teu lado
Te contemplar, mesmo calado
Ver-te sorrir, por amor
Sentir no meu peito o teu calor
Sorrir
Mesmo que me apeteça chorar
Eu possa sentir
Que mesmo que a vida aos poucos se acabe
Haja uma força que o coração trave
Para que no amor que existe
Mesmo que eu me sinta triste
Possa te olhar e SORRIR

7 comentários:

  1. Bela declaração de amor para a " Alzira" (lol)

    bonito muito bonito mesmo
    ..

    ResponderEliminar
  2. Belo poema de Amor.
    Beijo.
    isa.

    ResponderEliminar
  3. Lindo demais amigo.
    Poxa, cada palavra um momento com certeza vivido.
    Parabéns!
    Um abraço com carinho
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. isto sim é amor...felicidades aos dois
    beijos

    ResponderEliminar