quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

O pensamento ... intemporal

São intemporais os meus pensamentos
São silenciosos os gritos dos meus desejos
São frases, melodias, sentimentos
São mel, fel, cruel, o sabor dos teus beijos

São anos que passam em ventos velozes
São anseios de vã e bárbara promessa
São palavras ditas em forças ferozes
São sentimentos esculpidos em rara pressa

São música em afecção de frescura
São suplícios ocultos em graves momentos
São amores que por ti sinto na loucura
São intemporais os meus sentimentos

4 comentários:

  1. os sentimentos podem ser intemporais, pois vivem na eternidade, é como o amor faz parte do universo
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Eu não: há dias em que me parece que são (intemporais), há dias em que me parece que já lá vão e não voltam. Vai-se a ver e tudo depende de ter acordado ou não com os pés de fora, sei lá!
    :)))

    ResponderEliminar
  3. Olá querido Amigo Águia Livre...
    Belíssimo poema, que só um grande Poeta sabe escrever... Simplesmente maravilhoso... Beijinhos de carinho e ternura,
    Fernandinha

    ResponderEliminar