terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Abraços

Abraços, são "traços"
Embaraços
“Fantasmas” do que penso
Apenso
Ao lenço
Com que limpo
O meu cansaço
Do que faço
Do que não faço
Por ti, sem ti
Em algum lugar
Aqui

5 comentários:

  1. Olá querido Amigo... Lindo pensamento...Adorei!
    Beijinhos de carinho e ternura,
    Fernandinha

    ResponderEliminar
  2. Adorei o que escreveste :)
    Tens um blog lindo.
    Obrigada pelo comentário.
    Beiijinho *

    ResponderEliminar
  3. Com uns miminhos em silêncio, isso passa-te: o cansaço. Pelo menos a mim passa. Vai-te a eles.

    ResponderEliminar
  4. L

    Pois...o problema é existir quem dê esses miminhos em silêncio.

    Fico cansado só de pensar nisso.

    :))

    ResponderEliminar