sábado, 14 de abril de 2018

És o meu caminho incerto.



Em teu olhar revejo a minha parte incerta
Partes do um sentimento por mim vivido
Onde nomadiza minha paixão tão deserta
Nela o beijo que de ti não tenho recebido
.
Fiz de ti o meu desejo, meu refúgio e arte
Por estradas solitárias andei meio perdido
Gotas soltas por não saber como amar-te
Caíram dos meus olhos em pesar sentido
.
Olho com amor e em teu sorriso me revejo
Dentro do silêncio do desenho de um beijo
Relembro palavras escritas de pura ilusão
.
Penso que nas entrelinhas d'um tempo ido
Não posso desejar um amor desconhecido
Pois esse não sabe viver em meu coração
.

15 comentários:

  1. Bom dia. Um poema repleto de amor e saudade. Fiquei encantada com esta sublime pérola poética. Parabéns :))

    Hoje:- Sou a flor que renasce na primavera.
    -
    Bjos
    Votos de um Óptimo Sábado

    ResponderEliminar
  2. A saudade e a melancolia de quem amou!
    bj e gostei de ler

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, Ricardo!
    Mais um, é só mais um, para juntar a tantas outras pérolas que fazem parte do teu "cardápio" AMEI ... Poema apaixonante.:)!!


    Especial:- Chilreiam os pássaros com o desassossegado violino. [ Poetizando...]
    .
    Beijinhos e um bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Palavras sempre doces Ricardo.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde, Ricardo
    Belo poema, abraços e um ótimo final de semana.

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde, saudades que temam em permanecer e dar vida aos enormes sentimentos de amor, o poema é magico.
    Boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
  7. Adorei o texto ♥

    http://www.gotasdecafe.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Belo soneto, caro Ricardo. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

    ResponderEliminar
  9. Boa Noite amigo poeta.
    Tive a liberdade de postar mais uma vez um dos seus belíssimos poemas
    não pude avisar mas estou aqui.
    Tenho andado muito ausente mas posto toda semana espero em breve estar bem e de volta.
    Feliz semana.
    Abraços..
    Evanir.

    ResponderEliminar
  10. Sentimento não se controla, somos escolhidos. Abraços, poeta lusitano.

    ResponderEliminar
  11. O caminho faz-se e conhece-se caminhando.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  12. Um soneto cheio de sentimento e alguma mágoa. Muito belo!
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Como o amor nunca sera dogmático, seja feliz.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  14. Bom dia! Lindo poema, gostei muito.
    Um bom dia.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  15. Um soneto que denota melancolia, mas que deixa sempre um pouco de ternura e muito sentimento nas suas estrofes.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar