terça-feira, 7 de julho de 2020

A dor do silêncio


(foto retirada da net)

No teu semblante

Existem as finas rugas do cansaço
Dura emoção espelhada no tempo
Dum amor envolvido em fracasso
.
Existe na noite, uma dor de agonia
Que fere os teus passos inseguros
E que escurece o olhar do teu dia

Na tua voz

Existe a mágoa, chaga aberta da vida
Um ai que respira no escuro da noite
Onde não há a palavra prometida
.
Nota-se a dor que calas no coração
Quando olhas o destino do teu ser
Na intolerância da triste desilusão

No teu coração

Sentes a ferida de um amor que partiu
Nas lágrimas bebidas pela esperança
Que chegue o amor que não existiu
.
Abre o coração para um novo começo
De um amor redigido em folha branca
Onde conste este poema que te ofereço
..........

" R y k @ r d o "
.

53 comentários:

  1. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema e desejar um ótimo dia!

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Olá Ricardo,
    Sempre com palavras elegantes e muito bem escritas.
    Gostei especialmente desta passagem:
    "Nota-se a dor que calas no coração
    Quando olhas o destino do teu ser
    Na intolerância da triste desilusão"

    Votos de um dia Feliz!

    ResponderEliminar
  3. Hermosas palabras las que hoy nos dejas.
    Un bello día para ti y los tuyos.

    ResponderEliminar
  4. Hermoso poema aunque sea un poema añ dolor...
    Me encantó.
    Besos al alma

    ResponderEliminar
  5. No semblante, na voz, no coração...Linda poesia, mais uma vez! abraços, ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
  6. Está em forma, caro poeta!
    Dia feliz, saúde.

    ResponderEliminar
  7. Un poema precioso que canta al amor. Esta vez con cierta tristeza.
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito Rik@ardo.
    As marcas de desapontamento que tão bem descreveu estão cheias de sentimento e (des)amor.

    ResponderEliminar
  9. Parabéns!
    Um lindo poema... Mas com uma alma ferida pela dor...
    Em parte me vi neste poena... Já senti muito este tipo de dor... Principalmente a dor da saudades... Parece até que é infinita...

    Um grande abraço fraterno cheio de paz!

    ResponderEliminar
  10. Agradou.me muito este poema.


    Boa tarde e saudações

    ResponderEliminar
  11. por vezes o silencio é ouro ja dizia o velho ditado hehe mais um lindo poema bjs

    ResponderEliminar
  12. yes, forget the past, start new beginning.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Has to be. In a new coimeço you can be the most beautiful of the essence of life
      Be glad

      Eliminar
  13. A inspiração é inesgotável… : )
    Que tenha uma excelente tarde.
    : )

    ResponderEliminar
  14. Mais um poema fantástico ainda que triste!!

    Beijos e abraços.
    Sandra C.
    bluestrass.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde!
    Um poema no qual me identifico, hoje!
    Parabéns, poema soberbo!!
    .
    Beijo e um excelente dia!

    ResponderEliminar
  16. Haja esperança!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde Ricardo,
    Um poema excelente!
    Muita inspiração. Parabéns!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  18. Um belo presente que enche a alma.
    Abraço

    ResponderEliminar
  19. Looks forward, not back. Good one today :-)

    ResponderEliminar
  20. Um belo poema que termina com uma nota de esperança.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  21. Oi Ricardo, um belo poema que reflete a dor do coração partido.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderEliminar
  22. O seu poema é muito sensível, dar para olharmos dentro de nós mesmo e sentirmos as nossas sicatrizes deixadas pela vida, pelos caminhos que escolhemos segui...
    Mas a dor da alma nos ensina a viver...
    Abrir o coração para um novo recomeço é o que devemos fazer de mais belo... Tentar esquecer ou melhor por amor nas nossas dores para curá-la.

    Eu já li e reli este seu poema...e em cada estrofe tem um pouco de nós mesmo. Um pouco de mim!
    Faz parte da vida!

    ... Nota-se a dor que calas no coração
    Quando olhas o destino do teu ser
    Na intolerância da triste desilusão...

    ResponderEliminar
  23. ... Existe na noite, uma dor de agonia
    Que fere os teus passos inseguros
    E que escurece o olhar do teu dia...

    😢 Acreditas que por muito tempo, anos... Foi assim a minha vida!?

    Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito pois
      E agora como é? Conta-me tudo, ;)

      Cuidado com esse coração que transborda de amor.

      Fica bem. Tem uma tarde/noite muito feliz

      Eliminar
    2. Agora tudo mudou... Nada é igual ao passado!

      Eliminar
  24. Como sempre..perfeito!!
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  25. Parabéns pela forma elegante como escreve seus poemas, sempre com delicadas palavras para cada poema.
    Cump.Continuação de feliz semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amélia

      Muito grato pela simpatia dos elogios, os quais, embora goste de os ler, se calhar não mereço....... Retribuo os cumprimentos e a continuação de uma boa semana.

      Eliminar
  26. Unos bellos poemas en los que nos muestras distintas formas de manifestar la tristeza a la perdida de un amor.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  27. Um POEMA que tocou o meu coração no silêncio da noite.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa

      Fico feliz por o meu simples poema ter tocado o teu coração, o qual, penso, não ser fácil de se deixar tocar

      No silêncio de uma noite agreste
      Em que o silêncio é doce sensação
      Diz o luar; Ainda bem que vieste
      Para te poder iluminar o coração
      ..........
      Tem uma noite feliz

      Eliminar
  28. Querido amigo poeta, amei ler e originalmente colocastes o semblante, a voz e o coração bem como eles podem demonstrar o que se passa na alma!
    Abraços bem apertados sempre!

    ResponderEliminar
  29. Duele hasta leerlo amigo!
    Besitos cariñosos

    ResponderEliminar
  30. Muito bonito.
    Nem sempre é fácil começar, mas às vezes não temos outra alternativa.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  31. Uma bela oferta nobre poeta.
    As vozes e as sombras que nos perseguem pela vida,
    pelo amor e faz este belo poema.
    Bonito trabalho.
    Abraços

    ResponderEliminar
  32. Que bello y romántico poema, felicitaciones Ricardo por tu buen hacer.

    mariarosa

    ResponderEliminar
  33. O silêncio sempre fala, e por vezes machuca mais que palavras.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  34. Bom dia de paz, Ricardo!
    Há semblantes e semblantes...
    O coração não deixa de sentir, entretando.
    Tenha dias abençoados!
    Abraços fraternos de paz e bem

    ResponderEliminar
  35. Profundo y esperanzador poema. Saludos amigo Ricardo.

    ResponderEliminar
  36. Se eu pudesse também quereria escrever tão lindas palavras
    abraço

    ResponderEliminar
  37. Hay silencios que gritan
    mi amigo, muy doloroso.

    Besitos dulces
    Siby

    ResponderEliminar
  38. Que as desilusões não fechem o coração a novos começos.
    Belíssimo poema

    ResponderEliminar
  39. Por vezes,o silêncio faz-nos falta,por outras vezes,silêncio a mais faz-nos imensa confusão,contudo,gostei do teu poema!! Muitos beijinhos!!

    ResponderEliminar
  40. No amor existe o tempo para a dor da despedida e para o ressurgir de uma nova esperança.
    Abraço poético.
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  41. As dores do coração reflectem-se, pois, nos silêncios da voz e do semblante.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  42. Gostei muito deste poema. Termina com esperança

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.