quinta-feira, 5 de março de 2015

Ter um amor na vida é velejar na aventura

*** / ***
Ter um amor na vida é velejar na aventura
Onde as mágoas podem ser uma constante
Até a felicidade é composta por amargura
Nas margens do silêncio se vive o instante

Salteadas cores fazem do amor a sensação
Qual embarcação à deriva em água salgada
Amar inconstâncias em suplício do coração
Felícia da meditação em onda desnorteada

Sentir no peito afeições de triste queixume
Privadas carências em desnorteado ciúme
Separam a exultação da descontente vida

Águas serenas em desempenho e desalinho
Nem sempre mostram o distinto caminho
Fazendo vaguear a dor numa alma sentida
....................................

12 comentários:

  1. Se o amor não for correspondido,podemos dizer que estamos em um barco à deriva.
    Muito lindo amigo Ricardo.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Poema muito belo, um pouco triste, repleto de palavras verdadeiras..."sentimentos e dor de um alguém"...Frases assertivas para qualquer um que sofra por amor... Lindo de morrer.

    *****************PARABÉNS****************
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Uma maravilha poética! Os meus sinceros parabéns.
    (:
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Ter um amor na vida é velejar na aventura se não for correspondido...

    Belíssimo e melancólico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  6. Uma felicidade composta por amargura, não é felicidade. Se calhar pode ser remar contra a maré, na esperança de novos amanheceres.
    Um belo poema triste.
    xx

    ResponderEliminar


  7. Adorei a postagem! É preciso esse impulso, sem ele nunca seremos felizes! AbraçO

    ResponderEliminar
  8. Lindíssimo poema Ricardo...na verdade, ter um amor na vida é velejar na aventura onde as mágoas podem ser uma constante...mas vale a pena o risco e sentir uma vez na vida aquele fogo que arde sem se ver..aquela ferida que doi e não se sente...AMEI...mais uma relíquia para o teu tesouro poético..beijinho

    ResponderEliminar
  9. Poderia dizer-te tanta coisa...Adjectivar-te é muito difícil...O meu vocabulário e demasiado simples. Resta-me acrescentar, que este, é um poema muito profundo, triste mas lindo e, muito bem construído. Parabéns.

    Dia feliz e um bom fim de semana
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. A gente aprende tanto dentro de um relacionamento.

    Um lindo dia pra vc =)

    ResponderEliminar