segunda-feira, 23 de março de 2015

Andejam os pensamentos pelos céus em dor

...
Andejam os pensamentos pelos céus em dor
Deixando vagas de sonho em infinita solidão
Odoram-se os imaginários em pétalas de flor
Luzem halos de amor na negrura do coração

Palavras ecoam pelo crepúsculo dos sentidos
Onde as estrelas deixam luzência de carinho
Colam-se elos na fantasia de devaneios tidos
Em labaredas de vida alumiando o caminho

Humildades viajam pela sombra da saudade
Nos silêncios aflorados na luz da infinidade
Iluminando os sentimentos em ternura e cor

Ouvem-se ecos nos sentimentos da nostalgia
Aguçam-se os sonhos na frescura da maresia
Andejam os pensamentos pelos céus em dor
......................

12 comentários:

  1. Simplesmente maravilhoso .
    Bjs amigo Ricardo e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Lindo de mais, este seu poema!
    Os meus parabéns.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Maravilhosamente bonito, bem rimado, cheio de sentimento
    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Tocou profundo minha alma, parabéns.
    Beijos boa semana

    ResponderEliminar
  5. Oi Cidália, linda poesia. Uma noite maravilhosa. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, bom dia Nal Pontes

      Cidália? Desculpo o teu engano. Sou HOMEM, Ricardo Águia_livre de seu/meu nome.
      Felicidades

      Eliminar
  6. Sublime e melancólico soneto.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Muito bonito, Ricardo, mas um pouco "pesado", doloroso, de uma melancolia funda.
    E não sabia que tinhas mudado de nome.... ;-)
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde, amuiga Laura Santos

      Pois, infelizmente é verdade. Nem reparam no nome do autor do poema, mas eu perdoo. Não é por mal
      Fica feliz
      xx

      Eliminar
  8. Como já tenho dito e nunca me canso...és um talento nato da poesia! Este poema tão ricamente elaborado, deixa no ar emoções fortes, soltas da tua alma com tanto fervor e genuinidade...AMEI...um grande beijinho para ti

    ResponderEliminar