segunda-feira, 3 de junho de 2013

Se não existisse o Mar


Se não existisse o Mar
Eu seria feliz passeando pelo campo
Descontraído, solitário, pensando
Não viveria no entretanto
Nem pensaria no além

Se não existisse o Mar
Não terei outra razão de viver
Alaria na Paz do entardecer
Qual pensador do amanhecer
Em isolado caminhar

Se não existisse o Mar
Eu seria feliz na razão do meu ser
Contaria os meus passos
Saberia dar  fortes abraços
Onde a constrição, seria prazer

Se não existisse o Mar
Terias sonhos de luz fraterna
Numa alva afiguração
Saberia rezar na Paz eterna
Outros amores de paixão

Se não existisse o Mar
Que me acalma, chama e adormece
Em que nas suas ondas me encanto
Me refresca a alma quando amanhece
Eu seria feliz passeando pelo campo
..

5 comentários:

  1. O Mar local de encanto.Poema maravilhoso

    ResponderEliminar
  2. Se não existisse mar
    Encontraria-mos o campo
    Com promessa de algum dia
    Conhecer o teu encanto.

    Adorei o Poema, Lindo mesmo, Parabéns.

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Ricardo...

    Agradeço sua visita, e o seguirei por a cá! Quanto aquele poema gostava de retificar não ser um poema e sim uma canção de Lulu Santos. Gostava também que o poeta, pudesse ser meu amigo lá em meu blog. Lindo este poema, porque se não fosse o mar eu não serei quem sou.. Bj grande, até mais ver!
    Geane Masago

    ResponderEliminar