sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Chega a noite, abro a janela, luar de ternura


Chega a noite, abro a janela, luar de ternura
Ideio o teu sorriso na luz serena das estrelas
Luar é testemunha do meu olhar de procura
Afloram ao meu sentir e não sei entendê-las
.
São a luz dos teus lábios em libido perfume
Noite esculpida pela nostalgia do teu fulgor
Brilho do teu corpo me queima como lume
Na amena aragem que me refresca de amor
.
Janela aberta, onde debruço o pensamento
Onde o teu reflexo é um negro sentimento
Dentro dos efeitos das estrelas iluminadas
.
Chega a noite, abro a janela, doce aragem
Refresca a minha alma pela tua passagem
No utópico das noites de amor, esvaziadas.
.
Autor: Eu,

16 comentários:

  1. Boa noite Ricardo!
    Poema fantástico, e propício. Lindo de mais.

    Beijinhos, Noite feliz
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Boa noite Ricardo-Águialivre. Que poema tão bonito. Apenas ao alcance de Grandes Poetas. Adorei.

    Bjos
    Feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  3. Uma janela pode mostrar-nos tanta coisa linda.
    Adorei o poema. E segui o blogue.

    Beijinhos, A Vida De Diana.

    ResponderEliminar
  4. Sem mais palavras: Maravilhoso

    Grande abraço-

    ResponderEliminar
  5. Olá Ricardo

    Como sempre nos encantando com belas poesias.
    Eu não sei fazer poesias, então faço contos e outras coisas. As vezes me arrisco fazer poesias, mas para mim é uma dificuldade.
    Linda noite
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  6. uma janela e a inspiração flui
    soneto muito bem construído
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  7. Mui5to linda tua poesia,Ricardo! Novamente parabéns! abraços, lindo fds! chica

    ResponderEliminar
  8. Brilhante!
    Parabéns Poeta!

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. OI RICARDO!
    NA REPRESENTAÇÃO DA JANELA, UM CORAÇÃO QUE SE ABRE PARA A POESIA.
    LINDO DEMAIS.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. Mas que lindo poema! :) Bom resto de fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  11. Ricardo muito bonito o poema uma inspiração, abraços Ricardo.

    ResponderEliminar
  12. Linda,romântica e sensual sua poesia,querido amigo Ricardo.

    Adorei "noites de amor esvaziadas".Maravilha!

    Obrigada pelos comentários no meu espaço pelo meu aniversário ontem,26 de novembro.

    Carinhosas e amigas mensagens.

    Beijos sabor carinho e uma segunda-feira radiante

    Donetzka

    ResponderEliminar
  13. "Uma janela debruça-nos sobre o espanto". lembrei-me desta frase que li há dias, ao ler o seu poema. Muito belo!
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar