quinta-feira, 7 de maio de 2015

Quero sentir que vives em mim.

( Imagem da net )
.
Quero sentir que vives em mim
Que esvoaças pela maresia do entardecer
Como esvoaça a esperança
Quero sentir o chão que me suporta
Quando te procuro e não encontro
Mas nada mais importa
No silêncio do sentir
Quero caminhar por entre os teus sonhos
Ser a claridade que ilumina o teu quarto
Ser o elixir do teu sossego
O grito do teu silêncio
Quero envolver-te em meus braços
Ser a alegria dos teus passos
Encontrar-te nos meus sentimentos
Perfumada como uma rosa em jardim
Que dança perante os arvoredos
Quero quebrar os teus e os meus medos
Derreter esse gelo num beijo
Qual lume que arde em desejo
Quero sentir que vives em mim
Meiga, terna, amiga ... sim
.

13 comentários:

  1. Meu Deus!! O quanto este poema é terno!!

    Parabéns... Lindo de mais o teu Poema! Claro, ou não fosses tu um ENORME Poeta!
    Amei de verdade.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Um querer muito ternurento... Qual coração resiste um querer destes?

    (Quero quebrar os teus e os meus medos

    Derreter esse gelo num beijo

    Qual lume que arde em desejo

    Quero sentir que vives em mim

    Meiga, terna, amiga ... sim) ----> Simplesmente Divino.


    Beijusssssssssss

    ResponderEliminar
  3. Amoroso, terno, carinhoso. Lindo poema

    ResponderEliminar
  4. Caro amigo Ricardo, eis mais um belo poema vindo de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  5. Tanta ternura e carinho envolto de um excelente poema!
    Parabéns!

    Beijo.Visite-me aqui: http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Obrigado pelo comentário! Também já está linkado!

    ResponderEliminar
  7. Que belíssimo poema, Ricardo! Fantástico.
    xx

    ResponderEliminar
  8. Oi amigo,
    Suas poesias são belíssimas e nos encantam
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. SOBERBO!!!!! Um poema dominado pela ternura e amor com o toque sensível dum poeta extraordinário! Que mulher não se sentiria a esvoaçar pelo mundo mágico das emoções e não desejaria ser amada assim e ser uma musa inspiradora, ao ler esta ternura de poema? AMEI Ricardo...derretes com tuas palavras...um beijinho e um feliz fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Que querer maravilhoso!
    Belíssimo poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  11. Ricardo: bem suave esse seu versejar...adorei!! abraços bem carinhosos a ti,

    ResponderEliminar