sexta-feira, 30 de maio de 2014

Por te amar, em sentido súbito...

.................................

Por te amar, em sentido súbito, peço perdão
Se no teu olhar, em descrença, ando perdido
Se já não moro nos alicerces do teu coração
Por alguma vez em trejeitos te ter ofendido

Perdoa as noites que vivi em sonhos de dor
Angustias que senti sob a luzência apagada
Saboreando beijos trocados em mútuo amor
Num afeto revivido em sabor de outro nada

Vivo a fantasia que teus carinhos, doavam
Lânguido silêncio que doces beijos ecoavam
Na suavidade do perfume de nosso existir

Perdoa os sentimentos que nunca te ofereci
As palavras ocas que parece que já esqueci
Mas que estão bem presentes no meu sentir
.......................

terça-feira, 27 de maio de 2014

Ainda pensas em mim meu amor...

...

É manhã. Abro as janelas de par em par
Entra a aragem, qual brisa serena, magia
Traz o odor das rosas do campo florido
Tocam o meu rosto, sinto o seu beijar
Arco-íris de uma manhã de fantasia
Que fazem sorrir o meu coração dorido

Rosada gota de chuva, lágrima que cai
Molha as vidraças do meu triste olhar
Trazendo até mim tua magia de flor
Chega serena, sorridente, sem um ai
Que a mim me deixa feliz a pensar
Que ainda pensas em mim, meu amor
...

domingo, 25 de maio de 2014

Caem dos meus olhos gotas de pranto

...///...

Caem dos meus olhos gotas de pranto
Como desertos de areia giram ao vento
Mares imensos em ais que por ti canto
Quando chora de dor, meu sentimento

Perdidas esperanças de viver em amor
Longos são os olhares de vazia sedução
Delírios de devaneio no obscuro da dor
Lágrimas de deserto dentro do coração

Sonhos tidos no vácuo do desengano
Em palavras sentidas, ditas de engano
Que fazem meus sentidos desfalecer

Nas frases caladas saídas do teu pensar
Que geram dorida mágoa em meu olhar
Nas gotas de pranto que deixo escorrer

...

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Amor maior no mundo não existe...,

( Imagem da net )
.
Amor maior no mundo não existe
Num coração, pela pessoa amada
Que adormece em sorriso tão triste
Se a tua ausência for assinalada

Amor sorridente, grito que resiste
Numa voz de paixão que agrada
Vivendo numa proeza que persiste
Em ser uma vida mal-aventurada

Que amor é este que por ti chora
Lágrimas de ternura, qual aurora
Em  manhã de esplendor brilhante

Coração ferido que vive o momento
Desejo que clama, nobre sentimento
Por te amar em cada hora, e instante
...

Deito-me só, pensando nela...

( Imagem da net )
.
Chega a noite
Acontece o amanhecer
O seu lugar vazio
De recordações do seu ser
Nas memórias que fantasio

Lembranças que voltam
Nas lágrimas secas de água
Caindo em lenço de papel
Já não sabem a mel
Nessa solidão que me embriaga

Abro a janela, visão de luar
Noites acordado, memória singela
Frescos ventos lembram-me que ela
Chorando, coração dilacerado
Fez promessas de voltar

Alvos lençóis, folhas de alecrim
Em que tão feliz e tão bela
A via deitada sorrindo para mim
E agora, tristeza sem fim
Deito-me só, pensando nela
......................

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Me deixo adormecer em teu abraço...

( Imagem da net )
.
Amo-te de coração, minha pura flor
Nos meus ideais és minha verdade
Amo-te em meus devaneios de amor
Em minha transparente realidade

Caminham meus passos em saudade
Vendo no além teu carinho constante
Que me faz viver sonhos de liberdade
Dentro da felicidade do meu instante

Amo-te no sorriso, forma comovente
Amor salutar, gerado na grandeza
Do teu olhar de desejo permanente

Qual anseio de carinho sem cansaço
Bebendo amor de tua sensual beleza
Me deixo adormecer  em  teu abraço
.

terça-feira, 20 de maio de 2014

Navego em teu olhar...

***///***

Navego em teu olhar
Ao sabor dos olhos teus
No perfume das flores
Encontro de odores
Em sublime fervor

Descanso em teus lábios
O desejo que me implora
Beijo tuas curvas de amor
Danço ao som dos teus ais
No infinito do meu agora

São teus seios, alva ternura
De vibração permanente
Geradores de felicidade
Nesta frase de verdade
Eu te amo … loucamente

...

domingo, 18 de maio de 2014

Dois corpos se amando...

( Imagem da net )
.

Cai a noite, ilumina-se o sentir
Sobre nossos nus pensamentos
Esquecem-se os tormentos
De mágoas doutros momentos
Que o amor deixa partir

Cai a noite, soltam-se os desejos
Suam os corpos em louca paixão
Ouvem-se palavras de ocasião
Saídas do arfar do coração
Acompanhadas de doces beijos

Cai a noite, estrelas brilhando
No silêncio da voz rouca
Que sai da nossa boca
Numa entrega quase louca
Entre dois corpos se amando
..............


sábado, 17 de maio de 2014

Sem ti não sou nada.

"..............."

Não vou desistir de ti
Nem deixar de te amar
Por tudo o que já sofri
Nas agruras do meu sonhar
Quero viver o nosso momento
Entre beijos de paixão
Para terminar o sofrimento
Do meu pobre coração
Que sente por ti, feitiço divino
Que quer beijar teu olhar sedutor
Fazes parte do meu destino
És o meu sonho de amor
Neste imaginar de ternura
No teu coração quero estar
És a felicidade mais pura
A minha razão de amar
Na mais fina pureza
De uma alma apaixonada
Contigo sou a firmeza
Sem ti ... não sou nada
.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Sentados, Unidos, Abraçados

.../...

Sentados, unidos, abraçados
Sorrisos pela imensidão, abafados 
Num Oceano de águas sem nome
Via-mos o pôr-do-sol
Carinhos de amor, silêncio
Traídos pelo piar das gaivotas
Que nos olhavam, encantadas
Duas almas enamoradas
No sossego de palavras remotas
Cumplicidade, amor, alegria
Demos um beijo, qual desejo
Da Paz que o mar trazia
Uma caricia, um talvez
O brilho do nosso olhar
Disse-nos sem pestanejar
Que a Paz daquele lugar
Onde o amor sabe navegar
Só acontece uma vez
.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Resides numa página só e envelhecida

...///...

Resides numa página só e envelhecida
Onde descansa o teu olhar de fantasia
Fazes do tempo, escritura de uma vida
Da remota era em que o amor nos unia

Na infinidade do momento já esquecido
Em que li essa página cheio de nostalgia
Num olhar de saudade, sorriso esculpido
Nas palavras solitários da minha poesia

Seguro robusto  essa página cheia de nada
Numa prova de amor, promessa renovada
Como açúcar amargo nas delícias do mel

Desdobro a página rugada e seca de vida
De arco-íris sem cor, por tão envelhecida
Deixando cair uma lágrima sobre o papel
...

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Frutos de um amor proibido.

... /// ...

Bebi a seiva do teu sorriso
Dormi no encanto do teu olhar
Senti que por te amar
Acordei no Paraíso
Com o sabor do teu beijar

Caminhei pelos jardins da ternura
Vendo como as flores me olhavam
Sempre na tua procura
Encontrei a tua formosura
Nos passos que me guiavam

Num abraço que demos então
Na doçura do beijo recebido
Floresceram raízes em meu coração
Numa árvore em gestação
De frutos de um amor proibido
...

terça-feira, 13 de maio de 2014

Amor é pura fantasia...

.......................................

Dizes que o meu amor é pura fantasia
No sorriso das palavras que proclamo
Que faço do sonho quimera, idolatria
Que nem eu sei quem na verdade amo

Que o meu sorriso sempre constante
Inalterável nas palavras de apetência
Não te conquistam num amor galante
Caindo no âmbito da tua indiferença

Olho para ti, flor pura em movimento
Risonha, odorada, flutuante ao vento
Doando-te o amor que em mim mora

Querendo que acredites, amor sincero
Ter o teu sorriso é tudo o que quero
Pois nunca amei alguém como agora
 ...

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Senti palpitante, teu olhar apaixonado

( Imagem da net)
.

Chegaste exibindo teu sorriso vibrante
Perfumado como pétalas de harmonia
Em olhar silvestre foste meu instante
Sorriso sério em minutos de fantasia

Chegaste ofertando olhar de momento
Acabando com meu sonhar displicente
E desse devaneio nasceu o sentimento
Do meu imaginar outrora tão ausente

Chegaste vestida de nobreza, alma pura
Doando em tuas palavras tanta ternura
Que entraram neste coração desgastado

Teus passos tranquilos diziam presente
 No silêncio do meu olhar, docemente
Senti palpitante, teu olhar apaixonado
.

domingo, 11 de maio de 2014

Quando um beijo se faz desejar....

( Imagem da net)
.

O tempo não pára nem beija
Quando um beijo se faz desejar
Mais tempo sempre se almeja
 Para um doce beijo trocar

O tempo é o momento
Quando vibram emoções
Mexe com o sentimento
 Faz agitar os corações

O tempo corre acelerado
Quando se ama o momento
Se um coração apaixonado
Se esquece do próprio tempo

E assim o tempo a correr
Faz o momento terminar
Contra o nosso próprio querer
Fica sempre um beijo por dar
...

sábado, 10 de maio de 2014

Não me importo de morrer ...

....///....

Não me importo de morrer
Nem isso será um castigo
Se na viagem acontecer
Que o teu amor vá comigo

Se a morte for o teu olhar
E se um carinho me aquecer
A vida nunca irá terminar
Se um beijo teu merecer

Será que chorarás minha morte
Que será para mim uma sorte
Por ver terminar minha dor

Palavras que calam minha vontade
Morrerei nas páginas da felicidade
Se as tuas lágrimas forem de amor
.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Estrelas: Interminável procura...


....................
Tenho a lua e as estrelas
Milhões de sonhos ao vê-las
Na luz dos teus olhos
Que guardo dentro do meu ser
Por não conseguir esquecê-las
Nem dentro delas, viver

Tenho a noite e o dia
Tristezas, alegria
Que eu quero suavizar
Nos acordes da minha saudade
Na força da minha impaciência
Quando te procuro
Num abraço imaginário

Tenho o pranto e o sorriso
Que de amar têm pressa
Qual sentimento e calvário
Como se o mundo terminasse
Num grito de impotência
Onde a tua beleza pura
Fosse o balsamo que beijasse
Toda a minha existência
Na tua interminável procura
...

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Não sei se é amor...

...........................

Não sei se é amor
Este fogo que arde em meu peito
Que não me deixa dormir
Descansar, reflectir
Pela força desse ardor
Que ocupa o meu pensamento
Sem saber como será o amanhã
Sem te ter e amar
Dar-te um beijo apaixonado
Por ti aprovado
Num abraço te apertar
Ver-te em todo o lugar
Sentimentos, tremor
E por tanto em ti pensar
Não sei se é amor.
...

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Meu coração, por amar-te, vagueia...

........ /// ........

Meu coração, por amar-te, vagueia
Por entre meu olhar tão sonhador
Erra em desertos de solitária areia
Buscando em cada grão, teu amor

Minha alma anda, algures, perdida
Nascente de esperança, meu sonhar
Sendo tu toda a razão da minha vida
Sofro de amor por não te encontrar

Teu corpo, livro de letras em ternura
Onde desliza a minha ávida procura
De encontrar o meu correcto caminho

Onde encontre um princípio e um fim
Acabando os secos desertos em mim
Por ter encontrado teu amor e carinho 
...

terça-feira, 6 de maio de 2014

Anoiteceu !!!

......

Anoiteceu
Surgem as estrelas
Que iluminam o meu sentir
Arrancam, de mim a solidão
Testemunhas do um momento
De um emocionado coração
Da tua ausência, recordação
sem desistência
Se calhar saudade, frustração
Do nosso amor, carência
Tiram dos olhos meus
 A tristeza do imaginar
Suavizam a dor
Do sonho meu
Do teu ausente amor
Que me enlouqueceu
Calor que me aqueceu
Por em meus lábios receber
A doçura do beijo teu
Que na minha solidão
Deixou terminar o dia
Anoiteceu
.

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Reparei num papel rasgado...

........... * ..........

Olhei o chão, reparei num papel rasgado
Com semelhanças de mulher em fantasia
Tinha a tua imagem no verso de um lado
Pureza em teus olhos em rosto que sorria

Papel velho, enrugado, o chão ilustrava
Errante, esvoaçando ao vento, pura magia
Danças de amor, com quem ali passava
E da tua imagem, água de pureza, bebia

Apanhei o papel, senti em mim, nostalgia
Baque de amor pela imagem que sorria
Afeto no olhar, magia em meu pensamento

Senti que o destino estava em mim traçado
Guardei no coração esse ensejo abençoado
Em que reparei no papel rasgado no tempo
...

domingo, 4 de maio de 2014

Amo-te querida Mãe.

( Hoje é dia da mãe )
... * ...

Mulher sem limite de tempo
Não tem relógio, hora, canseira
É a luz que rompe o tormento
É presença, luar, a estrela maior
Não tem fronteiras nem cor 
Noites sem dormir, não reclama
É pureza, amizade, sofrimento
Ternura que nunca acaba
É doçura do conhecimento
Sorri nas lágrimas que derrama
Nunca mostrando a sua dor
Mãos carinhosas, suavidade
É a força, coração que ama,
A palavra amiga, eternidade
O conselho, o abraço, o amor
Flor do mundo, jardim de Éden
Que gera vida em seu ser
Que nunca deveria morrer
Tem a lenidade, é alguém
Que só por ser mulher
Possui a graça de ser MÃE.
.

sábado, 3 de maio de 2014

Não posso adiar este amor...

( Imagem da net)
...
Não posso adiar este amor que me sufoca
Neste grito que minha garganta suprime
Velas em fogueira que meu coração toca
Neste fogo incandescente que me oprime

Não posso calar este grito incandescente
Que bloqueia o meu pensar, qual loucura
Que ecoa nas montanhas de amor carente
Ardendo em faíscas de ventilada ternura

Não posso deixar mais meu coração arder
Nas faúlas deste grito por amor, abafado
Que não me deixam respirar águas de ser

Não posso mais calar esta dor, esta ferida
Arco-íris de um coração teu, apaixonado
Que sofre as leviandades tristes da vida
.

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Teu corpo, o meu delírio...

... ///...

Teu corpo, meu delírio
Meu respirar,
Em noite apaixonada
Meiguice do meu martírio
Sonhos na fria madrugada
Onde sob uma luz fascinada
Bebo na tua pele molhada
A êxtase do meu pensar
Palavras que se fazem ouvir
Mensagens ao meu sorrir
Ditas numa doçura louca
Num alvorecer que reluz
Desejo que me conduz
A beijar a tua boca

Pois tu és a minha luz
.

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Meu grito apaixonado de amor...

............ /// .............

Da minha garganta sai o grito com teu nome
Que o vento leva nesta noite desamparada
Regressando até mim sem trazer tua voz
Deixando-me em desertos de solidão
Sem de ti receber uma palavra…nada

Diz o vento: Desaperta esse enfaixo
Que te asfixia a própria ilusão
Na procura de quem não responde
Que está entre as folhas da imaginação
Não tem alma, nem coração
Que ninguém sabe onde se esconde

Secam meu mar de lágrimas sem tempo
De um tempo em que meu brado, ecoa
Em pensamentos de sufocada dor
Noite sombria, ao som do vento, em procura
Infinito de um sonho em sorriso de pessoa
Mergulhado em abraços da ternura
É assim o meu grito apaixonado de amor
............