sábado, 15 de novembro de 2014

Coração que traz uma perfumada flor

... * ...
.
Coração que traz uma perfumada flor
Deixa que a criação seja apaixonada
Faz esquecer a fraqueza e a triste dor
No aroma de uma pétala abandonada

Flores brancas, amarelas, outras cores
Brilho no olhar de um ser enternecido
Campos de afecto em fusão de odores
Deixam um coração de amor prendido

Estará em mim a mais doce dedicação
O mais belo aroma, teu mélico coração
Na magia de uma flor bonita e singela

Flor ternura, meiguice, puro sentimento
Alegria de sentir o sapiente pensamento
Quando acordo sorrindo, pensando nela
............................

24 comentários:

  1. Que melhor neste dia chuvoso que ler um poema maravilhoso como este?
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. As flores são ternura e paixão. Um tema muito bem escolhido fazendo que aconteça um poema de muito bom gosto e doçura
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. E assim sai de um coração como o teu, um poema como este, doce, perfumado, terno e de uma sensibilidade como só tu o sabes fazer. Já te disse algumas vezes que é uma pena não passar para o papel. AMEI

    Beijo
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. Entrando neste campo florido, senti-me, num ápice, envolta em tão fantásticas fragrâncias e numa sensibilidade tão apaixonante que me deixei enlevar e sonhar...Ricardo, tanta meiguice e ternura poética deixa-me completamente enternecida...amei... continua assim...que nunca te falte a sapiência e sensibilidade poética...um feliz dia para ti e um abraço

    ResponderEliminar
  5. Manuela Pimenta ( Marisol)15 de novembro de 2014 às 12:10

    Entre flores o amor acontece
    Deixando um coração derretido
    Até a mim me parece
    Que entre flores sonho com o poeta amigo
    ..............
    Um poema tão doce que embala o coração de uma mulher que seja sensivel, como eu.
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. O coração que carrega amor e flor é o que d melhor podemos ver! Linda! abraços,chica

    ResponderEliminar
  7. É assim mesmo, poeta Ricardo! Deve acordar-se a pensar nela e dedicar-lhe poemas com o aroma das flores. Ela de certeza ficará contente.
    A tua inspiração não acaba nunca!
    Bom fim de semana!
    xx

    ResponderEliminar
  8. Sempre belíssimos os seus sonetos que falam de amor...
    Ricardo, beijos!

    ResponderEliminar
  9. Senti-me perdida de amores no meio deste encantado ninho de flores. Senti-me a vaguear pelo perfume destes versos que escreveu...Senti-me ser a flor perfumada que meu amor tem no seu coração...Enfim li vezes sem fim até conseguir esgotar o perfume das flores. Este blogue, a cor, a música, e os seus poema fazem um canteiro perfeito. Obrigada por escrever bem à maneira de nos deixar mimadas e enternecidas com tanta beleza. Você é dos melhores Poetas que já li.

    Deixo um beijo de respeito e admiração.
    Bom Sábado.

    ResponderEliminar
  10. Gostei do cheirinho espalhado por aqui.. tão lindo seu poema.
    Bjus

    Elisabete Lima

    ResponderEliminar
  11. Lindos versos de amor, amei ler e obrigada pelo carinho da sua amável visita lá no meu recanto!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  12. Amigo Ricardo
    Felizes são aqueles que «acordam sorrindo,pensando no seu amor»!
    Gostei muito dos seus belíssimos e delicados versos.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar
  13. Lourdes Piedade Patacas15 de novembro de 2014 às 17:07

    O melhor de todos os presentes é passar pelo blog "pensamentos e Devaneios
    e saborear cada palavra dos poemas do POETA Ricardo.
    Adorei este poema de campos de flores perfumadas !!!....
    Brancas, amarelas e outras cores....
    deixam corações cheios de ternura e meiguice numa imaginação apaixonante,
    parabéns grande poeta

    ResponderEliminar
  14. Rosaria Marques Marques15 de novembro de 2014 às 17:16

    Que poema tão florido e aromado. Li e senti todos os aromas.
    Que tua estrada seja sempre bem florida, salpicada por pétalas de rosas perfumadas e coloridas.
    Um abraço poético, e um bj. fraterno

    ResponderEliminar
  15. Maravilhoso poema e volta das flores. gostei muito.
    Bj

    Juliana Oliveira

    ResponderEliminar
  16. É se ficar a sonhar com tanta meiguice. Que bonito!
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. Boas meu mano

    A fazer poemas assim tão queridos e amorosos como não gostar da tua pessoa?
    Mereces tudo de bom pois és um coração maravilhoso
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha quem apareceu no canteiro das flores, loool

      Um beijo para o amigo Pedras.

      Eliminar
    2. Obrigado, retribuo o beijinho que seja doce, profundo e amigo, para a minha querida amiga Cidália Ferreira.
      De vez em quando apareço
      Um abraço ao meu mano Ricardo

      Eliminar
  18. Não é qualquer um que faz um soneto :)
    Parabéns, Ricardo :)

    Abraços

    ResponderEliminar