quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

SOLIDÃO



Sento-me numa pedra escura, salpicada
Que emoldura a berma do rio
Lugar isolado, água que corre devagar
Onde se sente o perfume das plantas
E se vê o saltitar feliz de um peixe

Penso

Talvez pense o que não queria pensar
O tempo passa lentamente
Os pardais cantam sobre outras pedras
De secos campos abandonados
esquecidos dos seus tempos áureos 

Imagino

Nem sei o quê – ou será que sei
Talvez ser como aquela bonita ave
Que à minha frente debica aqui e ali
como se não existisse nada em seu redor
E então encontro-me a pensar que:

Sou gente

Que sofre, que olha o além, que sente
Que existe como não existe outro alguém
Sei quem me ama apaixonadamente
Que me abraça com terno carinho
E que me beija baixinho: amo-te Solidão
...

16 comentários:

  1. A solidão é um sentimento triste que devemos combater.
    Já o estar só, é estar com nós mesmos, e creio que todos necessitamos de algum tempo a sós, para que nos possamos recriar.

    Boa noite


    ResponderEliminar
  2. Começando o ano de maneira magnífica, meu amigo! Encantada com esse poema!
    Uma boa continuação de semana.
    beijo

    "Sou gente

    Que sofre, que olha o além, que sente
    Que existe como não existe outro alguém
    Sei quem me ama apaixonadamente
    que que me abraça com carinho
    Que me beija baixinho: amo-te Solidão"

    ResponderEliminar
  3. La soledad es amiga y en ella podemos confiar, le podemos confesar nuestras dudas. Un abrazo

    ResponderEliminar
  4. Lindo!
    Confesso que já tenho saudades de alguns momentos de solidão!
    Amei!

    -
    Cansada de estar cansada...
    Beijo e uma boa noite!!

    ResponderEliminar
  5. Bonito poema embora eu não goste desta sua musa. Detesto a solidão.
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. O ritmo do poema é muito original.
    Aquele abraço, bfds

    ResponderEliminar
  7. Precioso poema Ricardo, la soledad impuesta es la que ahoga, la que elegimos nosotros de vez en cuando, cuando la necesitamos, es es sublime.
    Feliz día amigo.
    Abrazo

    ResponderEliminar
  8. A solidão e a poesia entrelaçaram_se na alma do poeta e um belo poema surgiu!!! 👏👏👏👏👏

    ResponderEliminar
  9. Gostei muito do belíssimo poema, não gosto da solidão.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  10. Boa noite poetamigo.

    Amei seus versos, solidão é companheira dos poetas e p

    Boa sexta-feira;
    Saudações Ricardo

    ResponderEliminar
  11. Gosto de estar comigo mesma, do silêncio para repor as energias, mas não dá sensação de solidão.

    Uma abraço
    Sônia

    ResponderEliminar
  12. Olá, Ricardo, Coração de Leão (personagem histórica), ou melhor, Coração de Águia!

    BOM ANO NOVO PARA SI E FAMÍLIA! Creio que este ano, ainda não nos visitámos e embora o meu blogue não tenha Painel de Seguidores visível, dou sempre pela vossa falta.

    Um senhor poema, como há muito não vejo no seu blogue. O ritmo dele é fabuloso (olhe que eu sou mto exigente a "classificar") e os sentimentos também. A natureza bafejou e engrandeceu os seus versos, mto bem escritos, sem rima, o que me agrada, sobremaneira, e concebidos de forma muito inteligente.

    Fala da solidão, mas de maneira mto interessante, ou seja, pensa, imagina, mas sabe que é gente, que tem um querer assumido, que sofre, ri, chora, tem momentos mto felizes e que há algo ou alguém que muito o ama, e neste poema, é a solidão. Há momentos, horas, dias em que estamos acompanhados, mas nos sentimos sozinhos, e o contrário tb é verdadeiro.

    A imagem não é das mais bem conseguidas: repare na cabeça do indivíduo-cheia de letras. É uma questão estética, eu sei, mas…

    Um abraço cordial e boa semana.

    ResponderEliminar
  13. Olá , estou acompanhando este site e estou adorando seus artigos são muito bons mesmo parabéns.
    Preço da mega da virada

    ResponderEliminar
  14. Quando escrevo a solidão me beija incessantemente.
    E assim sinto - me realmente muito viva.
    Sorrisos de fé.
    Megy Maia

    ResponderEliminar

Gostou do que leu? Se gostou deixe uma palavrinha. Se não gostou deixe na mesma ... Leve consigo o meu agradecimento pela sua visita, quiçá, também comentário. Obrigado de coração.