segunda-feira, 28 de setembro de 2015

AMOR IMAGINÁRIO...

,,,
Amo-te numa caminhada pura, sem desdém
Sentindo escuso meu entregue sentimento
Como flor seca que se oferecida a alguém
Esvoaça sem destino pelas ruelas do vento

Pensar profundo no jornadear pela vivência
Sendo o coração fino elixir de subtil alento
São teus olhos o luar da minha existência
Qual estrela de amor em meu pensamento

Vivo esta ilusão em desamor de esperança
Onde o renascer é folha seca que balança
Pelos ancoradouros da minha fé esquecida

Quero-te em sublime conflito do verbo sentir
Por ti sinto doce carinho não consigo mentir
Sabendo que nunca terei teu amor nesta vida
......................

13 comentários:

  1. Parabéns Poeta do Amor.
    Muitos parabéns pelo poema que é lindo de morrer. Admiro muito o seu talento, daí gostar e o seguir, ou seja, de o visitar sempre que posso
    PARABÉNS
    .
    O Gil António escreveu, gostava que lesse....Beijos. Uma semana Optima...http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. lindo ,o nosso poeta é assim,umas vezes calmo, outas arrebatador,outras com toda a juventude, e com uma musica de fundo,de morrer adorei beijos para ti meu amigo nunca te cales,fala sempre o que te vai na alma

    ResponderEliminar
  3. Um verdadeiro hino ao Amor "imaginário"

    Poema Soberbo!! destaco a estrofe que me tocou:

    [Quero-te em sublime conflito do verbo sentir
    Por ti sinto doce carinho não consigo mentir
    Sabendo que nunca terei teu amor nesta vida]

    Como sempre, todos as palavras são muito poucas te elogiar... perante a beleza de que o poema merece...

    APLAUDO-TE DE PÉ!!
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. Quem tem uma estrela de amor no pensamento, merece fazê-lo nascer na palma da mão.
    Às vezes pode concretizar-se o que se imagina.
    Muito belo, Ricardo! E a imagem também.
    Boa semana!
    xx

    ResponderEliminar
  5. Amor imaginário é um amor só nosso!
    Mesmo imaginário tem grandes sentimentos.
    Como se fosse real,mais só existe em nossa imaginação.
    Lindíssimo poema Ricardo.
    Boa tarde.

    ResponderEliminar
  6. Quem tem uma estrela de amor no pensamento,
    merece fazê-lo nascer na palma da mão.
    Às vezes pode concretizar-se o que se imagina.
    Muito belo, Ricardo!
    Boa semana.
    xx

    ResponderEliminar
  7. Oi Ricardo,nosso imaginário faz maravilhas.
    Lindo.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Um amor inalcançável.
    Belíssimo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  9. O soneto é bem conseguido, em verdadeira harmonia.
    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Um soneto de amor sentido e apaixonado...
    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Fiquei encantada com tanta ternura e amor exaltado neste poema extraordinário! Já dei este título a um poema meu "Um amor imaginário". Tu dás um toque soberbo a este tema e uma genialidade impar. Os últimos versos sao divinos. Parabéns amigo pela tua excelência poética. Beijinho de boa noite

    ResponderEliminar
  12. Arrasou nesse soneto poeta, belíssimo!!!!
    Bjuss

    ResponderEliminar