terça-feira, 12 de agosto de 2014

Sinto no peito palavras esquecidas...

.../...
Sinto no peito palavras esquecidas
Odes de amor ditas pelo teu olhar
Ternuras por desejo, foram vividas
No silêncio do eco de nosso sonhar

Sinto na alma prantos do teu sorrir
Verdades de amor em tons secretos
Lembranças que deixámos partir
Omitidos na curva de nossos afectos

Abraço dado na fortaleza do teu ser
Fraqueza de vida que fez esquecer
Tantas alegrias, delírios de emoção

Força de um amor ardendo em chama
Sensações que queimam a dor da alma
E fazem lacrimar meu dorido coração
...

15 comentários:

  1. Fiquei comovida com tão romântico poema. Fez-me recordar outros tempos que nem quero falar
    Obrigado Ricardo por tão bela sensibilidade que coloca nos seus versos que encantam qualquer coração feminino.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Coração que ama, recorda sempre as palavras ditas pelo olhar, nas ternuras das recordações do sabor dos nossos lábios.
    Poema lindo que vou roubar para guardar na gaveta dos meus segredos e saudades.
    Abraço e beijo poiéticos

    ResponderEliminar
  3. into na alma prantos do teu sorrir
    Verdades de amor em tons secretos
    Lembranças que deixámos partir
    Omitidos na curva de nossos afectos
    ...........
    Leio e releio ficando a pensar: Porque não sei fazer poemas assim tão bonitos

    Boa noite Ricardo águia_livre. É lindo o seu poema

    ResponderEliminar
  4. Oi Ricardo,
    Poesia uma mais linda que a outra.Essas poesias estão no seu livro? Mande-me um e-mail
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dorli

      Estas poesias são inéditas, NÂO estão editadas em livro

      Mandarei mail...Fique feliz...e obrigado pelo carinho

      Eliminar
  5. Linda poesia amigo Ricardo.

    Já não me visitas mais!rsrs
    bjs
    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  6. Boa noite Ricardo

    Bem, é mais raro, mas quando escreves, caprichas...Deixas toda a gente de queixo caído, loool, ou seja, impossível ler uma só vez... Resumi apenas numa palavra,
    SOBERBO!!!

    Beijo de boa noite.

    ResponderEliminar
  7. Nunca li nada tão bonito e emocionante
    Obrigado.
    partilhei
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Linda noite pra vc Ricardo
    e como sofre os pobres corações
    Lindas como todas que escreve elogios
    as belas palavras
    Senti falta de vc no meu Cantinho
    Abraços
    Rita!!!!

    ResponderEliminar
  9. Boa Noite amigo Ricardo.
    Um emocionante poema adoro estar aqui infelizmente
    Deus tem resumido meu tempo para tratar da minha saúde.
    Porem meu gosto por poesia morrerá comigo.
    Abraços.
    Evanir.

    ResponderEliminar
  10. Lindo!!!! Mais uma poesia escrita com o coração!

    GABY

    ResponderEliminar
  11. O soneto de um coração que chora! Ao recordar tão grandes emoções.
    Tudo o que foi forte, passe o tempo que passar fica para sempre.
    Muito belo, Ricardo!
    xx

    ResponderEliminar
  12. As palavras que julgamos esquecidas dentro do peito, com toda a certeza um dia procurarão um meio de se tornar visíveis a um novo olhar. E o fazem com a força adquirida naquele tempo de hibernação, e muitas vezes fazem doer na lembrança como a se vingar por terem ficado adormecidas por tanto tempo.
    Um belo poema, amigo! Um lamento sobre as dores da alma como só tu sabes fazer!
    Ficam sorrisos, ficam estrelas, fica meu carinho,
    Helena

    ResponderEliminar
  13. oi Ricardo

    Eu acho lindo qdo a pessoa ama de verdade ela ama com a alma, e a ausência do ser amado dá até sintomas rs...

    Viva o amor =)

    ResponderEliminar