domingo, 13 de abril de 2014

Campos de amor...solitários.

( Imagem da net )
.

Existe em meu coração, o gostar de ti
Um ponto final que desvincula tremores
Campos verdejantes vêem-se  d`aqui
Onde tu és a mais perfeita das flores

Existe em meu ser o descontrolo final
Por sonhar que o teu beijo é só meu
Basta que teu coração me envie sinal
E meu sentimento de amor será só teu

Gosto de ti na essência de verbo amar
Como margens floridas em bem-estar
Águas soltas, espumas de cálido sabor

Sinto que meu pensamento, enlouquece
Vendo que teu olhar de mim se esquece
E me deixa tão só neste campo de amor
.

21 comentários:

  1. "...Gosto de ti na essência de verbo amar..." linda e inspirada poesia.
    Desejo a vc um domingo com muita paz. Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Ricardo

    Mais um Amoroso soneto que me fez vaguear pelo planalto florido... e sonhar com a flor mais linda...
    AMEI.

    Tem um Domingo feliz.

    Obrigado pela partilha do meu livro, não mereço, mas gostei.

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Amor é sempre bela inspiração e tu a sabes bem usar! abraços,lindo domingo! chica

    ResponderEliminar
  4. Acho que o amor é mesmo isso... um campo florido...

    ResponderEliminar
  5. Quanto orgulho tenho eu em ter-te como um Grande Amigo.

    Obrigado, Ricardo

    ResponderEliminar
  6. Que bem escreves amigo....AMEI DE PAIXÃO....Lindissimo e tão profundamente explícito no sentimento que só um nobre poeta sabe transcrever!

    GABY

    ResponderEliminar
  7. Adorei ler mais um poema de amor escrito quase em voo de borboleta pelos campos floridos

    Existem corações inigualáveis e o do Ricardo é um desses, basta ver a homenagem que está a fazer à sua amiga Cidália Ferreira, ao cimo à direita do blogue, para aquilatar da grandeza e generosidade que ostenta em si. Coração poético, alma de amor em sentimentos humanos únicos.
    Beijo de admiração
    Um domingo feliz e um inicio de semana cheio de Paz e Saúde.

    ResponderEliminar
  8. Maravilhoso poema de amor num grito de solidão em campo de amor.
    Belo como é o coração e a alma poética do seu autor
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Adorava ter esta veia poética, e por vezes interrogo-me como se consegue?
    Abraço ao grande poeta Ricardo
    Viva o Benfica nosso amor

    ResponderEliminar
  10. Inspiração em rédea solta, não é Ricardo?!...Outro belo soneto, muito verdejante, por sinal.
    xx

    ResponderEliminar
  11. Oi Ricardo,
    Linda poesia, inspirada no amor que é a fonte da nossa vida, pois sem ele a vida fica vazia, as estrelas somem e o luar entristece.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. Como é lindo o teu coração...que mesmo perdido em campos de solidão, tem a beleza de um Poeta que é apaixonado pela vida, e pela Natureza...Tens o Dom de nos presenteares com estes belos sonetos que são perfeitos Hinos ao Amor.
    Parabéns

    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. Sempre belos e inspirados os poemas escritos neste blogue o que mostra a grandeza da sensibilidade do seu autor
    Ninguém escreve o amor como aqui é escrito
    Bom Domingo
    Abraço

    ResponderEliminar
  14. Um amor lindo e com certeza correspondido. Um abraço poeta.

    ResponderEliminar
  15. Esse verbo Amar é que é muito importante amigo Ricardo.
    Lindos versos.
    bjs e um ótimo final de domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  16. El amor, fuente de inspiración.
    Un beso Ricardo.

    ResponderEliminar
  17. Magnífico soneto de amor não correspondido!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. RICARDO.ES PRÓDIGO AO FALAR DE AMOR EM TEUS POEMAS.ENCANTO-ME AQUI.

    OBRIGADA PELAS VISITAS E FELIZ PÁSCOA!

    BEIJOS

    DONETZKA

    ResponderEliminar
  19. Um campo onde se semeia 'o gostar de ti'.
    Dos meus preferidos, este poema.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Delícia de soneto! Ah, o amor que nos inspira...lindos versos de amor.
    Ótima semana e obrigada pelas visitas em meu blog, volte sempre.

    Abs

    Socorro

    www.minhasinspiracoes.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  21. Amigo Ricardo
    Sempre muito romântico!
    Associando a Natureza aos seus estados de alma!
    Parabéns pelo seu soneto de amor.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar