sábado, 22 de março de 2014

Acordei com teu beijo de carinho...

( Imagem da net )
.................. * .....................

Acordei com teu beijo de carinho
Em minha boca deixando teu amor
Beijo calmo, tão doce e meiguinho
Sabor dos teus lábios de pura flor

Tu és a flor que aroma meu coração
Me dá o sorriso que encanta meu ser
Me tranquiliza com a doce sensação
De junto a mim te sentir adormecer

Anosas recordações do pensamento
Lembradas na palavra do momento
Memórias de amor, correspondido

Num repousar de afectos e fantasia
Ouço a tua respiração em melodia
No teu adormecer calmo e sentido
..............

20 comentários:

  1. Inspirador esse modo de acordar e claro,m tinha que em poesia se transformar! abraço,chica

    ResponderEliminar
  2. Um beijo caliente! É tudo de bom!
    Como eu sempre falo;Um beijo é o começo de todo!
    Lindo poema Ricardo.
    Um lindo fim de semana,beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Olá Ricardo

    Sabe tão bem acordar com um beijo de amor e carinho
    Até arrepia ler seus poemas sempre tão cheios de amor e ternura. Adoro visitar este blogue que me preenche a alma.
    Feliz Fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde.

    Esse teu acordar é tão belo,
    Que te deixa enternecido,
    Tua companhia…Teu Elo,
    Teu mais que tudo, em sentido...

    Poema estupidamente soberbo....loool :-) AMEI.

    Bom fim de semana.
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Num repousar de afectos e fantasia

    Lindo de morrer. Fiquei encantada com mais este poema de amor e carinho pela sua amada
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Poema cheio de amor que se pode dizer em homenagem a uyma mulher que muito ama. As netas são duas princesas que encantam com certeza o coração dos papás e dos avós. Lindas flores
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Que lindo Ricardo
    acordar com teu beijo e carinho
    Simplesmente um luxo

    Abraços de sempre
    ღ(•‿•)ღ
    .._/█\_ ♡..Rita!!

    ResponderEliminar
  8. Tens umas netas que são umas verdadeiras Princezinhas.

    ResponderEliminar
  9. Bem bom adormecer ao lado de quem se ama e acordar com um beijo carinhoso pela manhã...
    Belo soneto! Como belas são aquelas meninas ali em cima enfeitadas de Primavera. Lindas!
    xx

    ResponderEliminar
  10. Acordar com um beijo do amado(a) é maravilhoso.
    Lindo amigo Ricardo.
    Obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  11. Oi Ricardo,
    Acordar com um carinho do nosso amor e um cheirinho de café é uma delícia.
    O amor é lindo e só pode saber quem vive esse sentimento único.
    Adoro suas poesias de amor
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. Olá, Ricardo!

    Acordar com um beijo, seja onde for, mas de modo carinhoso e verdadeiro, deveria ser para todos/as, mas, infelizmente, a maioria dos casais integra-se na poesia de Gedeão: Calçada de Carriche.

    É tudo à pressa, porque há filhos para pôr nos infantários, nas escolas, e tem de se preparar o jantar, ou, então, fast-food, é a solução, e o "amor" fica, sempre, para a noite, com hora marcada, e tudo.

    Não entendo, nunca entendi nem aceitei essa forma de vida, que, e como canta a nossa Amália: ESTRANHA FORMA DE VIDA.

    Agradeço o comentário, que fez ao meu poema. Gostaria que agitasse a mente, não só dos homens, mas das mulheres, também, embora, cada um, sinta a seu modo.

    Bom domingo.

    Abraço, com estima.

    ResponderEliminar
  13. Olá amigo, maravilhoso soneto de amor que adorei. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  14. É maravilhoso acordar assim, ótimo transformar em poema.
    Lindas netas.
    abraço

    ResponderEliminar
  15. Amigo Ricardo
    Antes de mais, deixe-me felicitá-lo pelo encanto das suas netas.Muitas felicidades para elas.
    Acordar com um beijo é algo que todos anseiam. Feliz de quem assim acorda! Um beijo faz milagres e até origina maravilhosos poemas de amor. Como este! Muitos parabéns .
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar
  16. Que doce acordar!

    Que ternura de poema!

    Parabéns!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  17. Aqui, os versos só cantam o amor. Lindo soneto, como sempre, Ricardo.
    Beijo!

    ResponderEliminar
  18. Lindo o poema! ... As netas são de facto umas musas sorridentes lindas!

    ResponderEliminar