segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Sou explosão, sou segredo...


Sou explosão, sou segredo
Sou coração sem medo
No desejo de te encontrar
Sou caminho percorrido
Sou um amor escondido
Só porque te quero amar

Sou voz surda entre nada
Na imaginação estudada
Sou um homem sozinho
Sou a palavra esquecida
Sou corpo, força perdida
Que te ama com carinho

Sou a vontade, sou o gosto
Sou quem ama o teu rosto
Sou um mártir em degredo
Sou o olhar em noite escura
O querer, esperança, ternura
Sou explosão, sou segredo
.

20 comentários:

  1. Oi, Ricardo
    Que belo poema...muito lindo
    Sou o lhar em noite escura
    O querer, esperança, ternura
    Sou explosão, sou segredo....muito lindo!!!
    Sinto a sua falta no meu simples blog
    http://blogaraan.blogspot.com.be

    Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  2. Boa noite Ricardo.

    Ricardo… O Homem sem medo
    Em quem se confia um segredo
    Sempre… com alegria e emoção
    Parece sincero na forma de amar
    Tuas poesias nos deixam a pensar
    Tens um Dom…escreves com o coração

    Lindo, lindo...Amei... todas as palavras serão poucas para descrever o tipo de pessoas que és.
    Por isso escrevo o que me vai na Alma...Não, não serei exagerada, sou apenas sincera, é o que eu acho... És um verdadeiro "devorador" de Poesias, és o meu Poeta preferido...
    Isto para não falar do blogue em si, O MELHOR!!

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Ternura e amor transbordam do teu magnífico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. E quem não tem seus segredos de amor? Linda poesia. Bjus Ricardo.

    ResponderEliminar
  5. Boa Tarde, Ricardo!

    Ser tudo isso, com certeza é um grande Amor.

    Linda Poesia.
    Abraços
    Nati

    ResponderEliminar
  6. Olá, Ricardo. Boa noite! Adorei o poema. Tanta sensibilidade e delicadeza que encanta! Obrigada por partilhar. Estou feliz pela carinhosa visita. desejo uma ótima semana com muita inspiração e amor! Abraços.

    ResponderEliminar
  7. Coração sem medo
    Feliz, não magoado
    Guardado tem o segredo
    Coração vive sossegado!

    Boa noite, um abraço
    para você amigo Ricardo.
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  8. Boa noite Ricardo,
    Passando para ler sua linda poesia e lhe desejar bons sonhos.
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  9. Os corações nunca devem ter medo de explodir transbordando carinho e ternura. E que os olhos apaixonados de um homem iluminem sempre as noites escuras da sua amada.
    Um poema lindíssimo, Ricardo!
    Uma boa noite.
    xx

    ResponderEliminar
  10. Linda explosão de amor...Ricardo, boa noite!

    ResponderEliminar
  11. BELO ALVORECER MEU QUERIDO E AMADO POETA !
    SEU POEMA SEMPRE TRADUZ UMA PRECIOSIDADE ,ASSIM COM TERNURA ACOMPANHO-SEMPRE ...E A MÚSICA É ENCANTADORA...
    BJSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

    ResponderEliminar
  12. Olá Ricardo,
    Passando para agradecer o comentário e lhe desejar uma boa tarde
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  13. Olá Ricardo,ao som dessa linda prece,desejo à você um lindo dia
    repleto de amor e paz.
    bjs amigo
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
  14. Uma explosão de sentimentos,

    um poema que se revela beleza,entrega e espera...

    Muito belo,Ricardo!

    Boa semana!

    ResponderEliminar
  15. Linda descrição do poeta,cheio de inspíração sempre! abraços,chica

    ResponderEliminar
  16. ternura e paixão em poema bem ritmado.

    beijos

    :)

    ResponderEliminar
  17. Somos tantos... nesta vida,né?Somos este mistério humano,que o Homem jamais um dia revelará.E isso,é a maior poesia da vida!

    Lindo poema!Revelador,e ao mesmo tempo,misterioso.

    Beijos!Dani

    ResponderEliminar
  18. Oi Ricardo!

    Estive em off dos blogs, mas cá estou de volta.
    Desculpas a ausência por aqui!
    Gostei do poema, sensibilidade, ternura, uma explosão de sentimentos.
    Bonito versos!
    Desejo tudo de bom pra ti!
    Um abraço!

    ResponderEliminar
  19. Um segredo que se revela nesta explosão de beleza/ternura/poesia. Lindo, lindo! Uma forma de amar que mesmo querendo se calar... se faz ao vento!
    Ficam estrelas e sorrisos,
    com meu carinho,
    Helena

    ResponderEliminar