quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Nadei em Rios sem fim...


Nadei em rios férteis sem fim
Corri areais e praias desertas
À procura do amor  em mim
Em palavras ditas e incertas

Andei por alguns sós caminhos
Pelos ares em bico de cegonha
Buscando a ternura e carinhos
Encontrar a tua energia risonha

Encontrei o amor em cheia mão
Coando a timidez numa peneira
Expandindo meu triste coração
És água fresca em pura ribeira

Dos teus lábios lindos e frágeis
Como franzina é a pétala da flor
Amei ouvir tuas palavras ágeis
Baixo dizer: Amo-te meu amor
.

24 comentários:

  1. Boa tarde amigo, e nada mais gostoso, mais intenso e mais desejado do que ouvir; EU TE AMO, da pessoa que convivemos sempre, na reciprocidade, intimidade, sonhos e desejos.
    Comecei bem minha tarde vindo aqui.
    Bom demais!
    bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ritinha

      O amor é lindo...e ouvir alguém dizer que nos ama, ou dizermos o mesmo a alguém, é sempre um balsamo par o coração

      Que a felicidade esteja em seu coração

      Eliminar
  2. Boa Tarde Ricardo

    Lindo e inspirador poema... Mas gostei de ler a ultima estrofe.. lool
    Adorei... Boa inspiração ..."Nadei por rios férteis sem fim"...
    PARABÉNS

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cidália Ferreira

      Fico feliz por gostares

      Beijo em teu coração

      Eliminar
  3. Ricardo,como é bom dizer eu te amo à pessoa amada.
    Eu mesma já disse várias vezes,inclusive hoje em minha postagem,
    dedicada ao meu amado marido.

    bjs amigo
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carmen Lúcia

      São sempre palavras que sabem bem ouvir e...dizer

      Fique feliz

      Beijo

      Eliminar
  4. Ouvir eu te amo de quem se ama, não tem preço. Divino! Bjusss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nádia Santos

      É mesmo...concordo na íntegra...

      Fica em Paz

      Eliminar
  5. Oi Ricardo,
    Toda sua poesia num lindo final : "Te amo meu amor".
    Quanta ternura!
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dorli

      Sabe tão bem ouvir de quem gostamos, que nos amam, não é verdade?

      Fique feliz

      Eliminar
  6. Ricardo, antes de mais a tua inspiração parece não ter fim... Eu se escrevesse um poema por dia já teria esgotado a inspiração há muito tempo, a não ser que só pensasse em escrever...:-)
    O poema é muito bonito, mas porque escreves no fim : " Te amo meu amor", em vez de Amo-te meu amor...? A não ser que a pessoa seja brasileira, é claro!
    Não tem importância, é só um à parte...:-) É tudo Português!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida amiga, Laura Santos

      É claro que tens razão...Foi feita a rectificação...

      Ter inspiração por vezes não se tem...mas arranja-se, loool

      Fica feliz

      Eliminar
  7. Boa tarde Caríssimo Ricardo.. quanta vida os teus versos nos passam.. que caminho majestoso este nosso.. encantar com palavras sentidas abração meu amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva amigo e grande poeta, Samuel Balbinot

      Sempre com palavras amigas

      Grande abraço

      Eliminar
  8. Que arrepio gostoso, quando se ouve:

    Amo-te meu amor!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mona Lisa

      É mesmo...totalmente de acordo...Infelizmente já é uma frase quase em desuso..ouve-se poucas vezes.

      Que a felicidade inunde o seu coração
      .

      Eliminar
  9. Olá amigo,
    Saudades de ti... Sinto muito por não ter mais o prazer de sua visita em meu blog.
    Gosto dos seus poemas, adorei te ler mais uma vez.
    O amor é lindo, e quem resiste ouvir tão belas palavras: "Amo-te meu amor", é gostoso demais!
    Um abraço carinhoso. Felizes dias para ti, Ricardo!

    ResponderEliminar
  10. Voando em pensamentos
    Para ver você nadar nesses rios sem fim
    Passe por vários contra-tempos
    Encontrei de tudo, bom e ruim
    Valeu a pena, venci, cheguei estou aqui

    O seu poema adorei ler, tem seus valores
    Em rios frágeis sem fim, começa
    E termina em lábios, pétalas, amor e flores

    Boa noite, para você,
    amigo Ricardo, um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  11. Olá poeta.
    Teu poema tem gosto, o gosto da melhor safra.Não sei o sabor de um vinho por opção, mas quem sabe degusta com toda delicadeza e vontade.

    Um belo poema.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  12. Como é bom nadar por estas águas...

    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Boa tarde,
    todos os seus poemas são escritos com enorme sentimento de amor, o lindo sentimento de amor revelado em cada uma das suas palavra valoriza e torna-os exímios na beleza.
    Abraço
    ag

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde..

    Poema muito bonito!! ^
    Com um final que todos gostam de ouvir!!!... "Amo-te meu Amor" Excelente.. do melhor que há!!

    Abraço

    ResponderEliminar
  15. Lindo poema, falar e sentir o amor é maravilhoso, mas ouvir de quem amamos , as palavras tão esperadas é magnífico. Abraço!

    ResponderEliminar
  16. Acredite na fé, na força,
    na esperança e
    na razão que temos para viver.
    Acredite na força do amor
    que enriquece o ser humano.
    O amor é o bem maior ,
    que podemos ter para oferecer
    aos nossos semelhantes.
    Com muito carinho venho desejar
    um abençoado final de semana.
    Beijos paz e luz.
    Evanir.

    ResponderEliminar