segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Foste o vento que passou...


Senti o vento passar, levemente
Fustigar meu rosto, carente
De carinhos teus
Estou presente, não parti
Amo alguém, amo-te a ti
O vento passou, 
Não te vi
Deixou em mim, saudade
Recordação
O tempo voou
Como o vento, passou
Levou o teu coração
A felicidade
De quem tanto te amou
Esperei para te ter
Mas acabei de saber
 Que foste o vento
Que minha vida, mudou
Foste o meu momento
Mas o tempo passou
O vento te levou
E o meu coração ... chorou.
.

26 comentários:

  1. Nada nos pode parar...nem o Amor.

    Talvez...

    beijo

    ResponderEliminar
  2. Caro Ricardo
    Parabéns pelo seu belo poema.
    Lembre -se de que o vento vai,mas volta. Sempre.
    Oxalá isso lhe sirva de consolo.
    Esta «Avé Maria» como música de fundo é uma maravilha para quem a ouve. Obrigada pela excelente escolha.
    Tenha uma boa semana.
    Um abraço da
    Beatriz

    ResponderEliminar
  3. Bom dia,Ricardo

    Um poema com muito sentimento,
    Muito bonito... faz arrepiar
    Minha lágrima saltou no momento
    São tristes os estados de alma,a "chorar"

    Isto para dizer que, está SOBERBO!!

    Tem um dia feliz.

    ResponderEliminar
  4. Um poema de amor lindo esperando que o vento te traga a felicidade que perdeste quando esse passou
    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Vento traiçoeiro que não soube esperar e levá-lo também junto ao seu amor
    Ele voltará como volta o vento. Maravilhoso ler
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Olá, Ricardo!

    Há mais marés que marinheiros, costuma dizer-se.

    "O vento levou e ela não voltou", acho que é assim que dizia a canção, e por morrer uma andorinha não acaba a Primavera.

    Tenha um dia excelente.

    Abraço da Luz.

    ResponderEliminar
  7. Bom dia, Ricardo. Que triste quando amamos alguém e os mesmo é levado pelo tempo, sem explicação que queiramos aceitar.
    Bom seríamos se impedíssemos a ação do vento, que ele ficasse ao nosso lado e trouxesse a pessoa amada para o nosso lado.
    Lindo poema.
    Tenha uma semana abençoada de paz!
    Beijos na alma.

    ResponderEliminar
  8. correção: o mesmo é levado.

    OBS:Desculpe Ricardo, acordei faz pouco, ainda estou sonolenta...

    ResponderEliminar
  9. O vento passou e ficou a linda poesia! Ótima semana! abraços,chica

    ResponderEliminar
  10. Bom dia amigo...
    Esse vento passou por mim... levou um pedacinho...
    beijos e excelente semana
    Ritinha

    ResponderEliminar
  11. O amor é assim, Ricardo, ora lindo, ora triste. Beijo e bom dia!

    ResponderEliminar
  12. e a sdd se manifesta na ausência do outro.

    tenha um ótimo dia =)

    ResponderEliminar
  13. Ricardo, em nossa vida muito ventos assim vem e vão , faz parte e muitos, totalmente impossíveis. Parabéns pelo belo poema. Um abraço

    ResponderEliminar
  14. Ah! Ricardo
    Que vento maldoso!
    Levou o seu amor, mas de repente o vento se arrependa e o traz de volta.
    Obrigada pelos cumprimentos
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  15. O vento passa e leva a pessoa amada,mas de repente,sopra novamente e
    quem sabe a traga de volta ou então um novo amor.

    bjs amigo Ricardo.

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. Bom dia Ricardo.. vento que leva e que traz. o amor nunca sai de nós.. lindo dia garoto.. e sobre teu comentario.. vc é os brincos rsrsr eu sou as unhas.. uma mulher com unha francesinha é encantador demais.. abração

    ResponderEliminar
  17. Maldito vento que levou o que se queria; um coração, contudo deixou outro a chorar... ao menos que levasse tudo de vez!...No entanto os ventos também mudam de direcção, e às vezes quando menos se espera. É o que nos vale a todos nós.
    Outro belo poema, Ricardo, que posso dizer mais?...
    Que tenhas um dia fantástico!
    xx

    ResponderEliminar
  18. Linda poesia, que pena que muitas vezes o vento leva o que mais queríamos, o amor, o nosso amor!
    Abraços meu amigo poeta!

    ResponderEliminar

  19. Olá Ricardo,

    Belo e sentido poema de amor.
    Muito inspirado. Adorei ler.

    Excelente dia.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  20. Vento danada
    Que leva o amor
    E deixa o coração lavado em lágrimas.
    abraço

    ResponderEliminar
  21. Olá amigo Ricardo! Linda inspiração...
    Amei ler-te!

    Beijos! Fernanda Oliveira

    ResponderEliminar
  22. Olá!!!, Deus te abençoe e tenha uma semana vitoriosa,
    o seu blog é maravilhoso continue assim, S-U-C-E-S-S-O
    Já estou te seguindo, aguardo a retribuição.
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis
    Fanpage: https://www.facebook.com/pages/Batom-Vermelho/490453494347852?ref=ts&fref=ts
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  23. Olá Ricardo lindo poema. Mas o tempo passou
    O vento te levou
    E o meu coração ... chorou.Lindo amei!
    Agradeço a visita ,volte sempre beijinhos.

    ResponderEliminar
  24. Muitas vezes surge em nossa ventos que leva tudo da gente e não deixa nenhum rastro, Ricardo te seguindo vem conhecer o meu blog também, Ani te desejo uma ótima semana,beijos.
    Blog:Lucimar Estrela da Manhã

    Grupo:Divulgue seu blog no Facebook

    Fan Page

    Me encontre no Pinterest

    ResponderEliminar
  25. Dizem que o tempo leva tudo, mas também cura tudo. Ele é aliado e algoz... Por um tempo há choro, mas depois vem a alegria.
    Linda maneira de poetar o desamor.
    bjkas doces

    ResponderEliminar