quinta-feira, 25 de julho de 2013

Quero ser tua alegria...


Quero ser tua alegria constante
O amor que te preenche o instante
A luz do teu pensamento
A tua caminhada, sentimento
Ser a incógnita da tua imaginação
A "dor" perfeita do teu coração
O teu sorriso mais gracioso
O teu mundo mais perfeito
Ser eu com o meu jeito
A levar-te ao infinito
Em caricias de amor, o teu eleito
O teu jardim desejado
O teu sonho colorido
O teu doce mais amado
O teu raio de sol
O teu arco-iris de mil cores
Que te ilumine a existência
Te livre de rancores
Entre beijos e carinho
Ser a tua apetência
A tua palavra preferida
Entre lençóis de linho
Para que te diga baixinho

És o amor da minha vida
.

6 comentários:

  1. Bom dia Ricardo.
    É sempre uma emoção ler teus versos apaixonantes e apaixonados.
    Você escritor é o artista que interpreta a vida através da arte. É quem borda com caligrafia dourada a emoção encadeada em cada verso, em cada palavra. Parabéns escritor pelo teu dia!
    Beijos com carinho
    Gracita

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde...

    Eu queria ser a estrela que te guia
    Ser amiga, e entrar-te no pensamento
    E que me deixes passar aqui cada dia
    Lendo poemas lindos, a todo o momento

    Como sempre...DIVINO-PARABÉNS
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Meu coração quase parou
    De tão feliz e extasiado
    A alma, louca, exultou
    O corpo estremeceu emocionado
    Após ler estes versos de amor
    Tão ardentes, intensos e apaixonados...

    - Profundamente encantada com
    teu poema Ricardo... tu és lindo!
    Um bj no coração.

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde Ricardo.. sempre vertendo magia das palavras.. tenha um lindo dia meu amigo abração

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Ricardo, mais uma poesia linda que move os nossos corações, Ricardo passando pra desejar uma ótima quinta-feira, fique com Deus.

    Blog:Lucimar Estrela da Manhã
    Grupo:Divulgue seu blog no Facebook
    Fan Page
    Me encontre no Pinterest

    ResponderEliminar
  6. Muito, muito bem a escolha dos lençóis de linho, são os meus preferidos!...e não aquela "mariquice" dos lençóis de cetim que se cola mais ao corpo....;-)
    Tanta produção, meu Deus! É poema atrás de poema...

    ResponderEliminar