terça-feira, 16 de julho de 2013

Passou o tempo ...


Passou o tempo
Não o meu amor
Continuo aqui
Pensando em ti
Como vento que soprou
derrubando a flor
O tempo parece que voou
Não parou
E eu sem te ver
Sozinho acabei por me perder
Por esperar por te ter
Junto a mim
O tempo passou, foi o fim
Nunca cessou
Acelerou mais e correu
Dói a separação
Faz sofrer o coração
Passou o tempo, não eu
Vertiginoso...veloz
Mas não venceu
O amor entre nós
.

11 comentários:

  1. Até pode passar o tempo...
    Até podem acabar as flores...
    Terás sempre o teu momento...
    Pois só tu, mereces louvores..


    AMEI este POEMA
    Abraço.

    ResponderEliminar
  2. O tempo, não consegue apagar certas coisas... Seu poema é lindo Ricardo.

    ResponderEliminar
  3. E tudo nessa vida passa, até mesmo a dor...

    Comovente tuas palavras acompanhadas da ave-maria,uma melodia que muito venero.

    Boa noite Ricardo, até brevemente

    ResponderEliminar
  4. El tiempo pasa y los sentimientos se quedan en nosotros

    Saludos Ricardo

    ResponderEliminar
  5. pois é...o que é verdadeiro fica.

    beijo

    ResponderEliminar
  6. Até apetece dizer que amor unido jamais será vencido! Encontrar-se-ão novamente, porque quem se quer bem sempre se encontra.
    Parabéns pela tua escrita!

    ResponderEliminar
  7. O tempo passa sempre com as vantagens e desvantagens que o ser assim provoca...

    Um abraço ilone

    ResponderEliminar
  8. Pode fazer tempestades, pode haver tremores de terra e o tempo passar devagar ou depressas, os sentimentos continuam para sempre.
    Abraço

    ag

    ResponderEliminar
  9. Ah o tempo implacável..lnem ele consegue apaziguar um coração apaixonado rs
    bonito Ricardo Bonito!

    ResponderEliminar
  10. Olá lindo poema,amei conhecer seu blog beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. OI RICARDO!
    MUITO LINDO E INSPIRADO TEU TEXTO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar