domingo, 14 de julho de 2013

Correntes de amor ...


Sinto-me pelo teu amor, acorrentado
Tudo o que diz minha voz, já foi escrito
Todo o amor que sinto, me foi dado
Do te querer cresceu um amor infinito

Lembrando o teu olhar fiquei perdido
Sofredor por teu carinho, dilacerado
Espraio para longe um grito oprimido
Pelo teu amor que quero demasiado

Do meu peito saem chamas por engano
Delírios do meu pobre coração humano
Seriam teu sonho se nesse eu estivesse

Deixaria de andar sem rumo e enjeitado
Correria pelas ruas feito louco tarado
Se um pouco do teu amor ... recebesse
..

34 comentários:

  1. Mais um lindooooo!!!!

    GABY

    ResponderEliminar
  2. Tem pessoas que tem o dom de penetrar em nosso ser, nos desassossegar alma e o corpo e despertar em nós desejos e fantasias insanas que nos consome nas madrugadas frias, enquanto nossos corpo queimam na chama da paixão... Lindo demais! Um poeta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa dia Nádia Santos

      Concordo na integra

      Fica feliz

      Eliminar
  3. Qualquer mulher ao ler sente um arrepio no coração
    Lindo de gerar calafrios
    Beijo

    ResponderEliminar
  4. O Ricardo vai ficar conhecido como sendo o poeta do amor. Faz sonetos e poemas maravilhosos
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Silvia Negrais

      Será que assim será?..lool

      Abraço

      Eliminar
  5. Que as correntes do amor sejam sempre a força que parte um coração
    Lindo poema como são todos
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Belíssimo...Adorei...


    Estás de parabéns.
    Beijo
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cidália Ferreira

      És uma simpatia... uma amiga do coração

      Fica feliz

      Beijo

      Eliminar
  7. Que lindo poema amigo Ricardo, ah, as dores dos amores não correspondidos!
    Embora quando se ama demais nunca achamos que estamos seguros em relação ao amor do nosso amor, esse medo terrível de que um dia se possa perder!
    Abraços!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ivone

      Havendo um amor puro e sadio, existe confiança.... e existindo essa confiança... existe a felicidade

      Fica bem

      Abraço

      Eliminar
  8. haja romantismo meu amigo.. corrente de amor alimentando almas. abração

    ResponderEliminar
  9. Ricardo. Você é imbatível em poemas de amor.Esse,como os demais,é lindo ,delicado,apaixonante!


    Obrigada pela visita,meu amigo poeta.

    Beijos e ótimo domingo


    Donetzka

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Doinetyzka

      Obrigado pelo carinho

      Fique feliz

      Beijo

      Boa semana

      Eliminar
  10. Linda corrente que, no entanto, nao pode aprisionar! Abr. Praia nos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Chica

      A corrente, pela força do amor, já partiu

      Abraço

      Eliminar
  11. Um poema de amor fabuloso que saído do coração orgulharia qualquer mulher
    Que sorte tem a destinatária em ter um homem assim apaixonado por ela
    Beijos

    ResponderEliminar
  12. Mais um poema apaixonante!
    Parabéns amigo Ricardo.
    Bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Carmen Lúcia

      Palavras simpáticas que gostei de ler....

      Bjs

      Eliminar
  13. Olá Ricardo,

    Deixar-se acorrentar por um amor é muito sofrido, AINDA QUE este amor seja inteiramente correspondido.

    Muito lindo e pleno de romantismo.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Vera Lúcia

      E como desacorrentar um coração apaixonado?

      Fique feliz

      Abraço

      Eliminar
  14. Muito lindo, amigo!
    Parabens pelos sensiveis versos!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  15. Quanta intensidade, Ricardo! Lindo poema! Parabéns!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana Bailune

      Palavras bonitas que gostei...

      Fique feliz

      Eliminar
  16. Seus textos muito traduzem meus sentimentos.
    As vezes ou quase sempre sei que amo mais, doação de mais e recebimento de menos.
    Mas, no amor tem disso, infelizmente!
    bjo
    Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ritinha

      Sem dúvida... concordo contigo

      O Amor é complicado e não amamos quem queremos, mas sim, quem nosso coração quer..

      Na intensidade é a mesma coisa

      Fica felçiz

      Eliminar
  17. Sentir-se prisioneiro de um pode se bom ou pode ser mau..., se não se é correspondido...
    O poema é sempre bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Laura Santos

      Complicada a diferença, né????

      Fica feliz

      Eliminar