sábado, 24 de novembro de 2012

Olhar .. o Mar



São água refletidas em teu olhar
São ondas feitas dos teus cabelos
Que me prendem à beira-mar
Desejando em cada onda, vê-los

São tuas faces belas como o luar
Que me prendem na noite escura
Desejando teu sorriso, beijar
Em  total  abandono e ternura

Olhar as estrelas, imaginar tua alma
Ver-te tão genuína, formosa e calma
Fazendo das trevas, bondosa claridade

Sendo  um anjo de amor e esperança
Em teu coração a minha paz,  descansa
E assim termina a minha franca saudade
.

3 comentários:

  1. existe palavras, pessoas que nos fazem assim divagar e encontrar acalmia
    beijos

    ResponderEliminar
  2. Lindo lindo...
    Gosto muito, essa tua veia poética,dava um livro,loooool

    Parabéns, Beijinho de, franca saudade
    :)

    ResponderEliminar