sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Amor de longe



Se  soubesses quanto vale um abraço
Talvez o teu sorriso não duvidasse
Que no meu olhar, apenas o embaraço
Fez com que do sorriso não cuidasse
.
Talvez não seja bem a verdade
O que acabei de escrever
Mas se deixares falar a saudade
Sentirás como amar é sofrer
.
Não direi que será apenas a lonjura
Mas acredita que o sentimento
Por ti, meu amor, ainda perdura
E nunca se apagará pelo tempo
.
Nas palavras que levam o vento
Confesso todo o meu cansaço
Mesmo que só em pensamento
Com amor, te envio, um abraço
.

14 comentários:

  1. Linda poesia acabo de ler aqui! abraços, chica

    ResponderEliminar
  2. Oi Ricardo,
    Adorei sua poesia
    Tem o amor que move nossas vidas.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  3. Hola Ricardo, hermoso abrazo el de este poema, precioso.
    Feliz sábado.
    Un abrazo

    ResponderEliminar
  4. Dá-me um abraço, não é assim a música?
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  5. Um bonita declaração!! Muitos parabéns, Ricardo Valério!
    -
    Quando a saudade aumenta...
    -
    Beijos. Bom Carnaval, e uma excelente semana!

    ResponderEliminar
  6. Olá amigo, vim te deixar um abraço, e me deparo com seu lindo soneto sobre o abraçar, divinamente lindo!

    Desejo um radiante amanhecer e boa semana.

    Abraço!

    ResponderEliminar
  7. Sensibilidade amorosa e muito delicada...
    Gosto de o ler.

    Dias de encantamento e inspiração.
    Saudações poéticas.
    ~~~~~~

    ResponderEliminar
  8. Que hermoso poema. Un placer leerte. Saludos.

    ResponderEliminar

  9. Boa Noite!

    Depois de uma temporada afastada dos bloggers e sem o poetizando, o coração apertou com saudade e aqui estou com o convite para iniciarmos a segunda edição- nº 01.
    Ficarei feliz com sua participação neste projeto, pois você com poesias, pensamentos ou mensagens, enobrecerá a BC. Nos visite, e saibas mais sobe a BC, uma brincadeira sem competição.
    Nesta edição, postarei de 15 em 15 dias, ou seja duas vezes ao mês, para que haja tempo para todos participarem e visitar os amigos e amigas participantes .
    Espero, sugestões, pois este projeto já não é só do meu blogger e nosso!

    Com o pensamento do grande Vinicius de Moraes, fortaleço o convite, que é do fundo do meu coração.

    ”Com as lágrimas do tempo e a cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia”.


    Abraços da amiga Lourdes Duarte

    https://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. Emoção e sensibilidade, sublimemente expressas nesta bela poesia, que adorei descobrir e apreciar por aqui! Um grande abraço!
    Ana

    ResponderEliminar