sexta-feira, 6 de julho de 2018

Penso em ti quando olho o mar



Olho o mar. O seu vai e vem, abre o horizonte
Olho a montanha. Sinto as vertigens do monte
Escrevo versos em poemas de letras silabadas
Piso o areal como quem lê decibéis de escrita
Solto a garganta em gritos em voz de desdita
Que revivem um amor de uma alma cativada
.
Frase letrada por versos de um amor constante
Que lembra o carinho de um beijo apaixonante
Dado ao entardecer de um tarde de total ilusão
Molham os lábios, em águas de sincera ternura
Como se os olhares, fossem trilhos de loucura
Como louco é o amor que carrego no coração
.
Não quero que me peças que um dia te esqueça
Nem que o meu amor por ti alguma vez arrefeça
Nem que deixe, algum dia, de te querer e amar
Quando se ama e entrega o coração ao destino
Só pode existir uma margem feita de caminho
Sendo esse encontrado quando feliz, olho o mar


8 comentários:

  1. Boa tarde!
    Poema Soberbo!! AMEI!

    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Muito lindo e o mar inspira!! abração,chica

    ResponderEliminar
  3. Já começa a apetecer os banhos do mar. Ouvir os sussuros das ondas e abrir o coração. Tal como o Poeta fez. :)) Muito bom.



    Bjos
    Votos de uma óptima Sexta - Feira.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia:- Um poema doce, fraterno, maravilhoso.
    .
    * Amor distante em fios de saudade *
    .
    Desejando um Sábado feliz.

    ResponderEliminar
  5. Poema lindo, acho que o mar é a maior fonte inspiradora.
    Uma feliz semana pra você.
    Bjos

    ResponderEliminar
  6. Olhar o mar e saber que o amor existe… Um poema magnífico!
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  7. Sensacional amigo e duma beleza ímpar!!!
    O mar é uma força da natureza tão poetizada!
    Adorei esta inspiração!
    Um abraço com carinho

    ResponderEliminar