sexta-feira, 9 de março de 2018

Amor que não quiseste escrever em teu coração


Meu amor estará presente quando ficar sem chão
E nesse momento com carinho pegarei a tua mão
Te conduzirei pelos caminhos da íngreme encosta
Limparei tuas lágrimas que verteis em desalento
Beijarei o teu sorriso, em faíscas do pensamento
Das labaredas criadas por questões sem resposta
.
Não andarás sem rumo pois num abraço apertado
Será teu choro, chuva de verão, em amor fechado
Assopro de aragem que descansará em teu regaço
Serás a essência dos acordes de músicas originais
Onde meu sorrir viajará por entre luzes e cristais
A fim de beijar teus lábios desnudos de embaraço
.
Serão minhas promessas, folhas de papel escritas
Onde as minhas palavras que nunca foram ditas
Serão as preces que tua alma rezará por devoção
Verás que um dia nessas folhas brancas, escrevi
Todo a ternura que, em meu peito, sempre senti
Amor, que não quiseste escrever em teu coração
.

11 comentários:

  1. Boa tarde. Parabéns pelo poema de excelência. Adorei.


    PS: Ocorreu um erro, saída dum tema. Hoje o tema é do:-
    Gil António:- Fogo de Amor: O Infinito da Mélica Ternura
    .
    Bjos
    Votos de boa Sexta-Feira

    ResponderEliminar
  2. Passando e lendo um poema cheio de amor e encanto. Adorei as folhas em branco, escritas.
    .
    Querendo ler é só clicar.
    * Fogo de Amor: O Infinito da Mélica Ternura *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderEliminar
  3. Olá, Ricardo!
    O dia está melancólico, mas não impede de nos ofereceres EXCELENTES poema. O meu Aplauso para tão poderoso Poema.

    Beijo. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  4. COMENTÁRIO
    POEMA FEITO EM SEXTILHAS
    NÃO É MUITO FÁCIL DE FAZER
    QUANDO AMOR É DE COLAÇOS
    E COM A VONTADE DE O TER
    ENTRE DOIS SERÃO AS PARTILHAS
    DE SENTIMENTOS E ABRAÇOS 9
    LEYRENO
    09/03/2018

    ResponderEliminar
  5. Belo poema de amor!
    Parabéns, Ricardo!
    Abraço.

    ResponderEliminar
  6. Foi assim, escrevendo, que um dos meus cunhados se declarou à minha cunhada.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
  7. Promessas de amor são sempre promessas! Como saberemos amar quando todo sentimento for elevado na mais sensível fragilidade da razão do ser amado? Difícil é claro, ser encontrado, e encontrar o desejado. Vigiar constante os segredos do coração, alimentar sem medo os desejos do coração.
    Boa semana!!

    ResponderEliminar
  8. Passando e desejando uma feliz semana poética.
    .
    * Teus olhos negros ... Dor da minha fantasia *
    .
    Deixando cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. "Onde as minhas palavras que nunca foram ditas
    Serão as preces que tua alma rezará por devoção"
    Magnífico! Um poema de amor muito belo e profundo.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  10. Doce, romantico, maravilhoso. Gostei muito deste poema

    Abraço

    ResponderEliminar
  11. Foi assim, escrevendo, que um dos meus cunhados se declarou à minha cunhada.
    RoyalRuby
    Gclub

    ResponderEliminar