domingo, 25 de março de 2018

Amor: És a razão do meu viver.


O meu  telefone está tocando
E eu não sei como o parar
A minha amada está chorando
Seu coração me está chamando
E eu não sei até quando
Não corro para a beijar
.
Na divergência sentida
Sinto minha vontade perdida
Sem saber para onde ir
Neste viver  de indulgência
Sofro com essa infiel aparência
Nas verdades que sei omitir
.
Já nem eu consigo saber
A forma como lhe dizer
Aquilo que estou sentindo
Decerto que me vou arrepender
Se ela desmaiar ou morrer
Se souber que estou mentindo
,
Olhando os seus seios içados
E beijo aqueles lábios rosados
Aquele olhar que me desorienta
E na essência do nosso beijo
Sinto que o seu corpo é só desejo
Não quero ser nem oito nem oitenta
.
E assim entre beijos e abraços
Esqueço os meus embaraços
Imaginando o que lhe dizer
Começando com ar divertido
Sussurro-lhe baixinho ao ouvido
Amor: és a razão do meu viver
.

9 comentários:

  1. Um poema brejeiro, bem feito e com imenso humor e amor.

    Este tipo de atitudes verifica-se, dizem, na adolescência, mas eu acho que homem e mulher, sobretudo homem, passa por estas fases, mesmo aos 40, 50ou aos 80. É tão engraçado verificar que o homem precisa sempre de duas mães, a biológica e a companheira.

    mas como dizer à amada contar certas mentirinhas ou certas verdades? não é preciso ficar perturbado, pke a mulher já entendeu tudo isso há mto, mas está dando espaço e tempo.

    um abraço, Ricardo!

    ResponderEliminar
  2. Poema com humor uma combinação excelente
    Abraço
    http://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Rimado e bem humorado, amor declarado, enfim...!
    Bem criativo, gostei!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  4. Fantasiar assim faz bem.Linda poesia! abraços, chica
    Royal1688
    Gclub

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, Ricardo!
    Trazes-nos um poema fantástico. Deliciei-me a lê-lo!! Muitos parabéns Poeta. AMEI


    Beijo e uma excelente semana

    ResponderEliminar
  6. Muito bom este poema que acaba com um bela declaração de amor.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  7. Adorei esse humor em um poema ao amor.
    Bjs Ricardo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Fabuloso!
    Um poema original inspirado em cenas do quotidiano com um toque romântico e emotivo muito peculiar.
    Adorei!

    Abraço!

    ResponderEliminar