domingo, 3 de dezembro de 2017

Não és o meu amor por me apetecer




Não és o meu amor por me apetecer
És porque te amo e assim desde logo
Guarda-te meu coração por te querer
És nele a robustez do intrépido fogo
.
Quero ter-te porque assim o desejo
Poder possuir-te, contigo caminhar
Trocar por amor um delicado beijo
Roubar-to se não o quiseres trocar
.
Quero-te em minha cama de amor
Formosa, como uma pétala de flor
Amar-te como nunca havia amado
.
Beijar-te, tocar-te com muito carinho
E na doçura de um molhado beijinho
Deslizar em teu corpo húmido, suado
.

22 comentários:

  1. Bom dia. Uau. Um poema lindo e bem sensual. Parabéns Poeta.

    Bjos
    Bom Domingo

    ResponderEliminar
  2. Declaração linda e intensa! abraços, ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Ricardo!
    Um poema repleto de sensualidade amor e paixão. Amei :)

    Beijo e um excelente Domingo.

    ResponderEliminar
  4. Obrigada pelo comentário, Ricardo e parabéns pela escrita doce e sensual.
    Bom domingo.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia Ricardo!
    A sensualidade exala o doce perfume do amor
    Muito lindo e romântico
    Um abraço e uma feliz semana

    ResponderEliminar
  6. Lindo demais. Um aplauso!

    Beijinhos e um super Domingo :)

    ResponderEliminar
  7. Belíssima sinfonia do amor!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Belíssimo poema que é uma declaração de amor maravilhosa.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  9. Excelente poema! Ode ao amor. O meu sincero aplauso!

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Delicioso e sensual poema. Lindo de ler
    Grande abraço amigo Ricardo

    ResponderEliminar
  11. Um lindíssimo poema de amor. Gostei de ler.
    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Uma linda declaração de amor em forma de soneto.
    Gostei muito.
    Obrigada pela presença na minha "CASA".

    Bom final de Domingo
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
  13. Nem sempre nos apetece o amor.Mas quando ele entra em nossos corações,nada ou ninguém o afasta.

    Amei a poesia romântica e luxuriosa ao mesmo tempo,Ricardo.

    Repito:és um poeta e dos melhores!

    Feliz final de domingo e semana

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderEliminar
  14. Adoro ler este Poeta! Adoro viajar através das suas magistrais palavras. :))

    Beijinhos m...

    ResponderEliminar
  15. Boa tarde! Quero agradecer pela visita e pelo belo comentário! Gostei muito do seu blog e gostei muito do poema, uma bela declaração de amor que mescla sensualidade e leveza. Volte sempre, vou adorar a sua visita!
    Tenha uma ótima semana!

    ResponderEliminar
  16. poema cativante.
    muito bem construído.

    abraço

    ResponderEliminar
  17. Ricardo.

    Leia meu último post que publiquei hoje,4 de dezembro! É importante!


    Vim aqui agradecer a visita e nem com meu nome posso comentar se entrar pelo Chrome,pois vou em fazer login,mas não estou logada.

    O Google Chrome agora está horrível,mesmo depois de reinstalar.

    No Mozilla Firefox está bem melhor.Tente entrar por ele!

    Estou visitando você usando o Mozilla Firefox que é bem melhor

    Espero que me ajude lendo meu último post.

    Beijos sabor carinho e obrigada

    Feliz terça-feira

    Donetzka

    ResponderEliminar
  18. Palavras sensuais e apaixonadas.
    Lindíssimo soneto.
    Um abraço
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  19. Amigo Ricardo
    Que belo soneto de amor tão sensual!
    A comparação da amada a uma pétala de flor é de uma sensibilidade e beleza fascinantes!
    Que bela homenagem a quem ama!
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar
  20. Sensual e delicado soneto.
    Adorei Ricardo.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  21. Parabéns pela sensibilidade e fulgor poético.
    Belo soneto!

    Beijinho.

    ResponderEliminar