terça-feira, 28 de novembro de 2017

Meu coração suspira alto, em amor profundo

.
Meu coração suspira alto, em amor profundo
Minha alma vagueia em alheação destroçada
Navego por lágrimas molhadas deste mundo
Idealizando que vives em meu olhar de nada
.
Amei-te do alto da dor, coroa do sentimento
Caminhei através d'um acreditar desvairado
Foi o amor, frio mundo de deslumbramento
Em que vaguearam meus olhos apaixonados
.
Foi a luz do sol testemunha de doces beijos
Trocados por amor, em flagelados desejos
Pensando que nos teus lábios havia paixão
.
Foi a luz do luar, vigilante do meu carinho
Quando te confessava meu amor, baixinho
E tu sorrias dos desvarios do meu coração
.

9 comentários:

  1. Maravilhoso soneto Ricardo!
    O amor sempre presente.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Amei :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  3. Lindo de mais!
    Felicito o Poeta.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Olá, Ricardo.
    Muitos parabéns por mais um poema lindo...PODEROSO! AMEI.

    Beijo e um excelente dia.

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde, Ricardo-águialivre. Parabéns por mais um fascinante poema. Adorei :)

    Hoje: {Natureza Instigante, enamorada...}
    Bjos
    Boa terça-feira

    ResponderEliminar
  6. Mais um poema fascinante que leio aqui neste sedutor blogue.
    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Parabéns, caro Ricardo, por seu "Meu coração suspira alto, em amor profundo", um belo poema em homenagem ao amor.
    Um abraço.
    Pedro

    ResponderEliminar
  8. Um poema soberbamente bem escrito. Parabéns

    Abraço

    ResponderEliminar
  9. Adicionei o seu blog ao meu se puder fazer o mesmo obg

    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar